Autor Tópico: Rádios do interior do Alentejo  (Lida 1955 vezes)

CS

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 29
Rádios do interior do Alentejo
« em: Agosto 19, 2019, 09:28:45 pm »
Já sei que as gentes deste fórum nunca se cansam de falar sempre nas mesmas rádios de Lisboa e do Porto como se vivêssemos num país composto por duas ilhas em que operam estações de rádio.
Tenho andado pelo Alentejo profundo e vou tomando algumas notas sobre as rádios locais da região.

1) Rádio Portalegre: uma boa rádio com vários programas ao longo do dia. Poucas rádios no distrito mas dão conta do recado.
2) Rádio Campo Maior (95.9): basicamente um retransmissor da Rádio Elvas menos alguns noticiários e alguma música.
3) Rádio Despertar (94.5 Estremoz): boa música portuguesa mas parece que a rádio está meio parada, sem muitos programas.
4) Uni Rádio (99.0 Reguengos de Monsaraz): alguns enlatados de apanhados e outros programas vendidos às rádios.
5) Diana FM (94.1 Évora): boa surpresa, bela seleção musical que dá gosto ouvir.
6) Rádio Telefonia do Alentejo (103.2 Évora): uma rádio feita de alentejanos de Évora para alentejanos, digo no bom sentido. Uma rádio local no verdadeiro sentido da expressão.
7) Antena Sul (95.5 Viana do Alentejo): Record FM IURDesca com a designação de Antena Sul.
8) Rádio Elvas: também uma rádio local que vai trabalhando durante o dia em prol da região. À noite está em simultâneo com a Rádio Campo Maior e a Rádio Nova Antena a passarem música.
9) Rádio Nova Antena (101.3 Montemor o Novo): mistura entre Rádio Elvas e rádio de Montemor.
10) Rádio Pax (101.4 Beja): boa seleção musical de fado à noite
11) 97.5 Rádio Sim Alentejo. Pode ser Rádio Sim mas acho que o programa da tarde é mesmo feito no Alentejo (Évora?). Não é como a Sim No Ar ouça Sim Porto que é quase uma gaiola de papagaios com tiques lisbonenses.
12) Rádio Campanário (90.6 Vila Viçosa): parece-me também uma rádio sempre atenta ao que se passa na região.

Em resumo, gostei do que vi no Alentejo. Podem ter TSF, Cidade FM e Rádio Sim mas têm também ainda muitas rádios locais agradáveis de ouvir.
« Última modificação: Dezembro 27, 2023, 10:39:57 pm por AG »

WiZZ

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 26
Re: Rádios do interior do Alentejo
« Responder #1 em: Agosto 20, 2019, 08:34:54 am »
Bom post

Mais  rádios do Alentejo, eu desconheço o seu conteúdo:

> Rádio Singa (Ferreira do Alentejo)
> Radio Granada (Vendas Novas)
> Radio Vidigueira (Vidigueira)
> Radio Corval/RC Alentejo (são Pedro do corval)

No passado existiu a Radio Club de Redondo (Redondo), que é hoje a Cidade FM/Alentejo


livelx90

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 172
Re: Rádios do interior do Alentejo
« Responder #2 em: Agosto 20, 2019, 11:37:30 am »
Já agora passando o meu contributo também:

> Voz da Planície (Beja) - (Consigo ouvi-la muitas vezes aqui por Setúbal, visto que a frequência está praticamente livre para estes lados)
> Planície (Moura) - (O site apesar de atualizado, graficamente ainda mantém um design antigo, sem suporte para dispositivos móveis, e a emissão online muitas vezes não funciona, no entanto tem durante a tarde e noite uma playlist musical virada para o público mais jovem)

A Cidade FM Alentejo lembro-me que há alguns anos tinha emissão online pelo projecto ROLI (radios.com.pt).
Acho que era importante manterem a emissão, tanto que fosse para que os anunciantes conseguissem propagar a publicidade para fora do raio de alcance do emissor, no entanto a nível de audiência online acredito que não tivesse muitos ouvintes, pois grande parte destes, desta região deveria procurar pela emissão online provinda da capital.

Edit: A Rádio Guadalupe (Serpa) emitiu em 2011, acredito que em situação irregular.
Encontrei uma gravação: https://youtu.be/eSMP8CJyfw0
« Última modificação: Agosto 20, 2019, 11:56:26 am por livelx90 »

Luis Carvalho

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1409
  • Façam a TSF Grande Outra Vez!
Re: Rádios do interior do Alentejo
« Responder #3 em: Agosto 20, 2019, 11:54:06 pm »
- Rádio Borba (93,8 MHz) : Tem alguns programas de autor e uma playlist variada. A parte má é a cobertura fraca do emissor (só se ouve decentemente no concelho de Borba,  Vila Viçosa, mas também nas localidades de Terrugem (Elvas), Vimieiro (Arraiolos) e pouco mais).

- Rádio Singa (104,0 Ferreira do Alentejo): tem programa da manhã, não obstante retransmitir os noticiários da Antena 1; à tarde tem um programa de discos pedidos. Não a costumo ouvir, mas parece que nalguns dias os estúdios fecham cedo (rádio automatizada ao início da noite).

Cumprimentos,
Luís Carvalho

Administrador do "Fórum da Rádio"

Rádios

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 20
Re: Rádios do interior do Alentejo
« Responder #4 em: Agosto 21, 2019, 02:54:05 am »
Finalmente falamos do panorama das rádios no Alentejo.
Posso falar sobre a Rádio Singa na qual trabalhei no início do ano 2000, ainda não havia computador e onde tive o privilégio de passar músicas em vinil e a publicidade ainda era com cartuchos o que dava uma "trabalheira" a emissão fechava às 20h. A equipa sempre foi incansável, honesta e muito dedicada à rádio embora fosse escasso o dinheiro e os meios técnicos, embora hoje já com computador, faltam vozes, a equipa é pequena mas unida e trabalhadora, fazem por amor à rádio os discos pedidos são  um grande sucesso e o povo gosta deste tipo de programas, já agora falo no programa "Conversas de café" em que a equipa saí do estúdio e vai para as freguesias conversar com a população. Nas duas rádios de Beja é pecado fazer programas destes, "pensam" sempre que nas cidades as pessoas só gostam de músicas tipo M80 ou Comercial, quando ouço as locais do norte como a Barca FM vejo que se dedicam á população por aqui é pena que não seja assim, pensam que são rádios nacionais mas que só se ouvem em Beja e nos arredores.
Na voz da Planície onde também trabalhei, sempre com bons meios técnicos e bons profissionais superiores a mim em todos os sentidos, falta actualmente gente dentro da rádio e a playlist semelhante à M80 não é original de todo, só serve a região nos noticiários , programas de autor não existem só rubricas, não se arrisca e a audiência penso que tenha vindo a diminuir a Voz da Planície recordo que nos anos 90 tinha um programa da manhã que era um sucesso, acabaram os discos pedidos, que fiz com enorme orgulho e dos quais tenho saudades.gostava que a mesma (Voz da Planície), fosse um formato no seguimento da Rádio Portalegre que tem uma audiência invejável e uma variedade de programas bastante boa e sim serve a região. A Rádio Pax sempre foi o meu sonho desde miúdo, mas comecei primeiro na Rádio Singa e depois na Voz da Planície.A Rádio Pax talvez um dia chegue lá, mas falta o tempo. Falando na mesma (Pax) está vazia demais, só playlist e informação, só tem o programa da manhã com um dos melhores profissionais de Beja actualmente mas muito mal aproveitado, falta qualquer coisa aliás falta muito tanto na Rádio Voz da Planície como na Rádio Pax, aliás falta tudo, ambas com bons emissores e mal aproveitadas em todos os sentidos. Aqui por Beja, temos rádios sem meios mas com vontade de fazer mais e melhor como por exemplo:  Rádio Singa, Rádio Vidigueira, Rádio Castrense e depois temos a Rádio Pax e a Voz da Planície (bom estúdio) de salientar o último investimento, a Pax mantém o estúdio antigo, mas depois falta o investimento na playlist em programas e novas vozes. Tenho saudades de ouvir o "Meia Laranja" e o programa da manhã na Voz da Planície, na Pax tenho saudades de ouvir o "Chá com Torradas" , "Há horas assim" , "Hora de Ponta", "Sequências" e o "Pecado do Anjos" eram programas de autor com boa seleção músical e dicção por parte dos locutores.
Eram tempos em que todos os painéis estavam preenchidos das 7 da manhã à meia noite, até chegou a existirem programas de autor até às duas da manhã e com ouvintes no ar,  hoje é impensável com muita pena por parte de quem ouve, agora só se preenche o programa da manhã e por vezes é só o computador!!!!
Tenho que voltar às ondas hertzianas há vontade e saudades, mas falta o tempo e o bichinho anda por aqui.
Obrigado, mais alguma questão em que possa ajudar sobre o panorama radiofónico na região de Beja ??
« Última modificação: Agosto 21, 2019, 07:58:42 am por Rádios »

Atento

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5859
Re: Rádios do interior do Alentejo
« Responder #5 em: Agosto 21, 2019, 09:24:35 am »
Finalmente falamos do panorama das rádios no Alentejo.
Posso falar sobre a Rádio Singa na qual trabalhei no início do ano 2000, ainda não havia computador e onde tive o privilégio de passar músicas em vinil e a publicidade ainda era com cartuchos o que dava uma "trabalheira" a emissão fechava às 20h. A equipa sempre foi incansável, honesta e muito dedicada à rádio embora fosse escasso o dinheiro e os meios técnicos, embora hoje já com computador, faltam vozes, a equipa é pequena mas unida e trabalhadora, fazem por amor à rádio os discos pedidos são  um grande sucesso e o povo gosta deste tipo de programas, já agora falo no programa "Conversas de café" em que a equipa saí do estúdio e vai para as freguesias conversar com a população. Nas duas rádios de Beja é pecado fazer programas destes, "pensam" sempre que nas cidades as pessoas só gostam de músicas tipo M80 ou Comercial, quando ouço as locais do norte como a Barca FM vejo que se dedicam á população por aqui é pena que não seja assim, pensam que são rádios nacionais mas que só se ouvem em Beja e nos arredores.
Na voz da Planície onde também trabalhei, sempre com bons meios técnicos e bons profissionais superiores a mim em todos os sentidos, falta actualmente gente dentro da rádio e a playlist semelhante à M80 não é original de todo, só serve a região nos noticiários , programas de autor não existem só rubricas, não se arrisca e a audiência penso que tenha vindo a diminuir a Voz da Planície recordo que nos anos 90 tinha um programa da manhã que era um sucesso, acabaram os discos pedidos, que fiz com enorme orgulho e dos quais tenho saudades.gostava que a mesma (Voz da Planície), fosse um formato no seguimento da Rádio Portalegre que tem uma audiência invejável e uma variedade de programas bastante boa e sim serve a região. A Rádio Pax sempre foi o meu sonho desde miúdo, mas comecei primeiro na Rádio Singa e depois na Voz da Planície.A Rádio Pax talvez um dia chegue lá, mas falta o tempo. Falando na mesma (Pax) está vazia demais, só playlist e informação, só tem o programa da manhã com um dos melhores profissionais de Beja actualmente mas muito mal aproveitado, falta qualquer coisa aliás falta muito tanto na Rádio Voz da Planície como na Rádio Pax, aliás falta tudo, ambas com bons emissores e mal aproveitadas em todos os sentidos. Aqui por Beja, temos rádios sem meios mas com vontade de fazer mais e melhor como por exemplo:  Rádio Singa, Rádio Vidigueira, Rádio Castrense e depois temos a Rádio Pax e a Voz da Planície (bom estúdio) de salientar o último investimento, a Pax mantém o estúdio antigo, mas depois falta o investimento na playlist em programas e novas vozes. Tenho saudades de ouvir o "Meia Laranja" e o programa da manhã na Voz da Planície, na Pax tenho saudades de ouvir o "Chá com Torradas" , "Há horas assim" , "Hora de Ponta", "Sequências" e o "Pecado do Anjos" eram programas de autor com boa seleção músical e dicção por parte dos locutores.
Eram tempos em que todos os painéis estavam preenchidos das 7 da manhã à meia noite, até chegou a existirem programas de autor até às duas da manhã e com ouvintes no ar,  hoje é impensável com muita pena por parte de quem ouve, agora só se preenche o programa da manhã e por vezes é só o computador!!!!
Tenho que voltar às ondas hertzianas há vontade e saudades, mas falta o tempo e o bichinho anda por aqui.
Obrigado, mais alguma questão em que possa ajudar sobre o panorama radiofónico na região de Beja ??


Porque é que as rádios locais vão desinvestindo, cortando com quase tudo aquilo que as liga à região?

Porque é que vai avançado a estratégia da música a metro em detrimento de programas de autor relativamente elaborados, próximos das populações locais? Essa estratégia visa reduzir custos, ou apenas é uma imitação rasca das cassetes nacionais (Comercial, RFM e M80)?
« Última modificação: Agosto 21, 2019, 09:27:38 am por Atento »

Julio Carvalho

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 3745
Re: Rádios do interior do Alentejo
« Responder #6 em: Agosto 21, 2019, 10:30:32 am »
É o paradigma em que vivemos. E ainda por cima é mais barato.

Por isso é que temos que apoiar os bons exemplos que ainda há, porque com uma realidade em que vivemos é preciso coragem. Mas muitas vezes quem faz, quem aposta, quem não tem medo é alvo de críticas ferozes, como se vê no caso nacional com a Observador.

No caso da região do meu nascimento, sempre que vou lá apoio, até monetariamente, apesar de reconhecer muito amadorismo. Mas apostam, não desistem, Insistem..

DScom

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 13
Re: Rádios do interior do Alentejo
« Responder #7 em: Fevereiro 09, 2020, 10:51:17 pm »
Sei que o tópico já tem uns meses, mas aproveito para um contributo por forma a que não fique no marasmo de algumas rádios locais :D

Relativamente à TLA RÁDIO que não vi aqui nada sobre a mesma no tópico! Trata-se de uma rádio local com estúdio e emissor em Aljustrel (Baixo Alentejo).
Emite nos 92.6 e em www.tlaradio.net. Tem o emissor voltado para o Alentejo Litoral e, pelo que me informei, não é permitido pela ANACOM a colocação de outra antena com outra direção!

Tem um programa da manhã que começa às 08h com locutora, passa vários géneros musicais, dá novidades e curiosidades e divulga os eventos que vão ocorrendo na região... depois tem os discos pedidos de manhã e de tarde. Onde há sempre muita participação.
Faz diretos de noticiário com a RR em algumas alturas do dia assim como a Bola Branca.
Ao fim de semana nomeadamente aos sábados tem um programa de tarde de música POP ROCK portuguesa com locutor, e ao domingo continua resistente aos relatos de futebol do Mineiro Aljustrelense durante a tarde.
Já teve locutor aos domingos de manhã com participações e divulgação de cante popular alentejano, mas a falta de recursos não permite mais pessoal.~

Em resumo, denota-se que há sempre grande participação de ouvintes nos programas com participação por telefone... o que me leva a crer que deviam haver mais programas que permitam a participação de quem nos ouve.
A falta de recursos financeiros são um dos dilemas das rádios locais porque as receitas provêm do comércio local, e se o mesmo decide apostar nas redes sociais, deixam de colaborar com a rádio local.
Para haver colaboradores, é necessário pagar-lhes e dentro da legalidade.
Os equipamentos do estúdio carecem sempre de manutenção e renovação, e isso tem custos associados.
E depois toda a burocracia associada às rádios tem de ser tratada por quem tem amor aquilo que faz, porque ERC, ANACOM, EDP, Empresas de Higiene e Segurança no Trabalho, AIRC, etc etc e sem esquecer os grandes papões dos diretos de autor que a sua atitude é uma vergonha no panorama das rádios, sobretudo daquelas que divulgam a economia e cultura local.


Se calahr os problemas da PAX e da VOZ DA PLANÍCIE não poderão ser a politização da comunicação social? Os Bejenses sabem quais as orientações da última, sobretudo.