Autor Tópico: Figuras radiofónicas do ano  (Lida 5478 vezes)

AG

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2593
  • NSTALGIA
Re: Figuras radiofónicas do ano
« Responder #30 em: Dezembro 30, 2023, 10:57:55 pm »
Globos d'Ouro da Rádio Nacional 2023
Rádio comercial: Rádio Comercial
Rádio alternativa: SBSR
Rádio generalista/informativa: Antena 1
Comunicador: Nélson Ferreira (Rádio Observador), Tiago Castro (SBSR)
Comunicadora: Manuela Paraíso (SBSR)
Jornalista masculino: João Alexandre (Antena 1)
Jornalista feminina: Vanessa Cruz (Rádio Observador) e Mariana Cunha Lima (Rádio Observador)
Programa/rubrica de debate político: Radicais Livres (Antena 1) e Geometria Variável (Antena 1)
Comentador político: Jaime Nogueira Pinto (Antena 1/Rádio Observador) e Raul Vaz (Antena 1)
Programa/rubrica cultural: Encontro com a Beleza (Rádio Observador)
Programa matutino: Destacável (Antena 1)
Programa vespertino: José Carlos Trindade (Antena 1)
Programa nocturno: «Uma Noite Em Forma de Assim» (Antena 1)
Programa desportivo: Último Terço (Antena 1)
Programa musical de autor: Máquina do Tempo (Antena 1) e A Floresta Encantada (SBSR)
Podcast: Podcast Plus do Observador - O Encantador de Ricos
Prémio Carreira: Fernando Alves
Prémio Saudade: António Sérgio, sempre!

Framboesas d'Ouro da Rádio Nacional 2023
Rádio comercial: RFM, Mega Hits, Cidade
Rádio alternativa: Radar
Comunicador: Rita Carmaneiro (Rádio Observador)
Rádio de informação/generalista: RR
Rubrica de entretenimento: qualquer um da M80
Jornalista: José Manuel Fernandes (Rádio Observador)
Programa de debate político: Bloco Central (TSF)
Comentador Político: Alberto Gonçalves (Rádio Observador)
Programa cultural: Isto não Passa na Rádio! (Rádio Observador)
Programa desportivo: Grandes Adeptos (Antena 1)
Programa matutino: Manhãs da M80 (M80), mas não há nenhuma que se salve para ser honesto
Programa vespertino: T3 (RR)
A Irrelevância: "Spotify Batida"

Memorias da Radio

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2927
Re: Figuras radiofónicas do ano
« Responder #31 em: Dezembro 31, 2023, 12:24:51 am »
Globos d'Ouro da Rádio Nacional 2023
Rádio comercial: Rádio Comercial
Rádio alternativa: Rádio Nova
Rádio generalista/informativa: Renascença
Comunicador: Paulo Fragoso (RFM)
Comunicadora: a eterna Sofia Morais (Smooth Fm)
Jornalista masculino: Miguel Viterbo Dias
Jornalista feminina: Inês Coelho (TSF - madrugadas)
Programa/rubrica de debate político: Vichysoisse (Observador)
Comentador político: Miguel Pinheiro (Observador)
Programa/rubrica cultural: Argonauta (Antena 2)
Programa matutino: Três da Manhã (Renascença)
Programa vespertino: Latitude 98.9 (Marta Santos e Paulo Arbiol - Rádio Nova)
Programa nocturno: "Francisco Mateus" (TSF - e sim, usei à anos 90)
Programa desportivo: não são atribuídos Globos por inexistência de escuta de um único viável, em 12 meses
Programa musical de autor: Em Transe (SBSR)
Podcast: Extremamente Desagradável (RR)
Prémio Carreira: Fernando Alves (TSF)
Prémio Saudade: António Sérgio

Framboesas d'Ouro da Rádio Nacional 2023
Rádio comercial: Mega Hits, fácil
Rádio alternativa: SBSR
Comunicador: Hugo Van der Ding
Rádio de informação/generalista: TSF
Rubrica de entretenimento: "Para Mim, Descabido" (Tiago Almeida - Mega Hits)
Jornalista: David Dinis
Programa de debate político: Café Duplo (TSF)
Comentador Político: João Soares (Não Alinhados - TSF)
Programa cultural: "David Ferreira a Contar... Consigo" (Antena 1)
Programa desportivo: "Memória de Elefante" (TSF)
Programa matutino: Snooze (Mega Hits)
Programa vespertino: Drive In (Mega Hits)
A Irrelevância: 101.1 Moita
« Última modificação: Dezembro 31, 2023, 12:26:38 am por Memorias da Radio »

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5103
  • Não calem os 105.3!
Re: Figuras radiofónicas do ano
« Responder #32 em: Janeiro 02, 2024, 03:53:43 am »
Vou pedir desculpa por chegar já em 2024 e por mudar aqui um pouco as categorias. Entendo que misturar realidades, quer de tipologia, quer geracionais, faz muito pouco sentido. Em qualquer caso, há “nomeações” que são injustas, por haver mais do que um ou uma excelente candidato(a) ao lugar. Os prémios refletem também o impacto dos “laureados” na rádio em 2023 e chamo a atenção que qualidade não é sinónimo de que reflita a minha escolha maioritária em tempo de escuta. Aqui fazemos isto "a brincar", mas entendo que seria muitíssimo importante, considerando o atual estado da rádio em Portugal, em que paradoxalmente nunca se ouviu tanta rádio, mas em que também a crise nunca foi tão profunda, que se pudesse mesmo pensar em retomar o bom hábito de premiar "a sério" os que põem o meio a mexer. Iria gerar mais vitalidade, e junto dos anunciantes, uma gala cai sempre bem.  ;D

Cá vão os meus Globos de Ouro para 2023:

CATEGORIA ESTAÇÕES:

Melhor Rádio musical Top’s: CIDADEFM
Melhor Rádio generalista/informativa: OBSRVDOR
Melhor Rádio musical estilos diferenciados: ANTENA 2
Melhor Rádio local musical: KISS FM (Albufeira – 95,8 e 101,2 MHz)
Melhor Rádio local generalista: DIANA-EV (Évora – 94,1 MHz)

CATEGORIA PERSONALIDADES ANIMAÇÃO:
Melhor Animador Jovem Masculino: Gonçalo Câmara (COMRCIAL)
Melhor Animadora Jovem Feminina: Teresa Oliveira (RR)
Melhor Animador Sénior Masculino: Paulo Fragoso (RFM)
Melhor Animador Sénior Feminina: Joana Gama (ANTENA 3)
Melhor Voz em Spot Masculino: Jorge Afonso (ANTENA 1)
Melhor Voz em Spot Feminina: Inês Brito Nogueira (MEGAHITS)
Melhor Voz de Estação Masculina: Paulo Rocha (ANTENA 1)
Melhor Voz de Estação Feminina: Filipa Galrão (RR)
Melhor Repórter Jovem Masculino: Renato Duarte (RR)
Melhor Repórter Feminina: Inês Bento (RFM)
Melhor Humorista Masculino: Carlos Coutinho Vilhena (COMRCIAL)
Melhor Humorista Feminina: Joana Marques (RR)
Melhor Diretor de Programas: Pedro Ribeiro (COMRCIAL)

CATEGORIA PERSONALIDADES INFORMAÇÃO:
Melhor Jornalista Jovem Masculino: Diogo Teixeira Pereira (OBSRVDOR)
Melhor Jornalista Jovem Feminina: Inês André de Figueiredo (OBSRVDOR)
Melhor Jornalista Sénior Masculino: José Pedro Frazão (RR)
Melhor Jornalista Sénior Feminina: Susana Madureira Martins (RR)
Melhor Pivot Jovem Masculino: Tomás Anjinho Chagas (RR)
Melhor Pivot Jovem Feminina: Beatriz Rodrigues Lopes (RFM)
Melhor Pivot Sénior Masculino: Miguel Coelho (RR)
Melhor Pivot Sénior Feminina: Carla Jorge de Carvalho (OBSRVDOR)
Melhor Moderador Masculino: Carlos Andrade (TSF)
Melhor Moderadora Feminina: Vanessa Cruz (OBSRVDOR)
Melhor Jornalista Investigação: Filipe Santa Bárbara por "Violeta" (TSF)
Melhor Jornalista Reportagem: Cláudia Godinho (ANTENA 1)
Melhor Jornalista Digital: Daniela Espírito Santo (RR)
Melhor Jornalista Desportivo: Inês Braga Sampaio (RR)
Melhor Diretor de Informação: Mário Galego (ANTENA 1)

CATEGORIA PROGRAMAS E RÚBRICAS:
Programas Linear:
Melhor Programa matutino Rádio Musical: Manhãs da Comercial (COMRCIAL)
Melhor Programa matutino Rádio Generalista/Informativa: As Três da Manhã (RR)
Melhor Programa entre pontas Rádio Musical: Vibrato (ANTENA 2)
Melhor Programa entre pontas Rádio Generalista/Informativa: Portugal em Direto (ANTENA 1)
Melhor Programa vespertino Rádio Musical: Toque de Saída (CIDADEFM)
Melhor Programa vespertino Rádio Generalista/Informativa: Tardes em Direto (OBSRVDOR)
Melhor Programa noturno Rádio Musical: Girls Night Out (MEGAHITS)
Melhor Programa noturno Rádio Generalista/Informativa: Uma Noite em Forma de Assim (ANTENA 1)

Programas Temáticos:
Melhor Programa de Informação: Da Capa à Contracapa (RR)
Melhor Programa Atualidade Política: Em Nome da Lei (RR)
Melhor Boletim Informativo: Noticiário Nacional (ANTENA 1)
Melhor Programa de Entrevista: A Minha Geração (ANTENA 3)
Melhor Programa Cultural: Destacável (ANTENA 1)
Melhor Programa Musical de Autor: Verdes Anos (ANTENA 1)
Melhor Programa Desportivo: Tarde Desportiva (ANTENA 1)
Melhor Programa Autoconhecimento: Voz de Cama (ANTENA 3)

Rubricas:
Melhor Rúbrica de Humor: Extremamente Desagradável (Joana Marques - RR)
Melhor Rúbrica de Informação: Sinais (Fernando Alves - TSF)
Melhor Rúbrica de Atualidade Política: O Bom, o Mau e o Vilão (Miguel Pinheiro - OBSRVDOR)
Melhor Rúbrica Cultural: GPS (Inês Lopes da Mota - NOVA)
Melhor Rúbrica Cultura Geral: Não Dormi a Pensar Nisto (Teresa Oliveira - RR)
Melhor Rúbrica Autoconhecimento: Porque sim não é resposta (Eduardo Sá – OBSRVDOR)
Melhor Rúbrica Musical: Confessions (MEGAHITS)
Melhor Rúbrica de Entrevista: Desculpa, mas Vais Ter de Perguntar (RR)

CATEGORIA MÚSICA PORTUGUESA:
Melhor Artista Masculino Nacional – Buba Espinho
Melhor Artista Feminina Nacional – Maro
Melhor Banda Nacional – Os Quatro e Meia
Melhor Canção: Maria Joana (Nuno Ribeiro, Marisa, Calema)

CATEGORIA MÉRITO E EXCELÊNCIA:
Prémio Revelação Jornalismo: Ex aequo Inês Lopes Mota (NOVA) e Tomás Anjinho Chagas (RR)
Prémio Revelação Animação: Ex aequo Jéssica Mendes dos Santos (RFM) e Francisca Cabral (MEGAHITS)
Prémio Revelação Música: Ex aequo Milhanas e Afonso Dubraz
Prémio Carreira Informação: Fernando Alves (TSF)
Prémio Carreira Entretenimento: Augusto Seabra (RADAR)
Prémio Saudade: José Duarte (ANTENA 1)

Quanto às framboesas, prefiro guardar para mim...  ;) Vou deixando aqui as dicas ao longo do ano...  ;D ;D

Jovem: <=35 anos; Sénior: >= 35 anos
« Última modificação: Janeiro 02, 2024, 03:59:34 am por pdnf »
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

O Bigode do Sala

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 629
Re: Figuras radiofónicas do ano
« Responder #33 em: Janeiro 02, 2024, 07:58:48 am »
Vou pedir desculpa por chegar já em 2024 e por mudar aqui um pouco as categorias. Entendo que misturar realidades, quer de tipologia, quer geracionais, faz muito pouco sentido. Em qualquer caso, há “nomeações” que são injustas, por haver mais do que um ou uma excelente candidato(a) ao lugar. Os prémios refletem também o impacto dos “laureados” na rádio em 2023 e chamo a atenção que qualidade não é sinónimo de que reflita a minha escolha maioritária em tempo de escuta. Aqui fazemos isto "a brincar", mas entendo que seria muitíssimo importante, considerando o atual estado da rádio em Portugal, em que paradoxalmente nunca se ouviu tanta rádio, mas em que também a crise nunca foi tão profunda, que se pudesse mesmo pensar em retomar o bom hábito de premiar "a sério" os que põem o meio a mexer. Iria gerar mais vitalidade, e junto dos anunciantes, uma gala cai sempre bem.  ;D

Cá vão os meus Globos de Ouro para 2023:

CATEGORIA ESTAÇÕES:

Melhor Rádio musical Top’s: CIDADEFM
Melhor Rádio generalista/informativa: OBSRVDOR
Melhor Rádio musical estilos diferenciados: ANTENA 2
Melhor Rádio local musical: KISS FM (Albufeira – 95,8 e 101,2 MHz)
Melhor Rádio local generalista: DIANA-EV (Évora – 94,1 MHz)

CATEGORIA PERSONALIDADES ANIMAÇÃO:
Melhor Animador Jovem Masculino: Gonçalo Câmara (COMRCIAL)
Melhor Animadora Jovem Feminina: Teresa Oliveira (RR)
Melhor Animador Sénior Masculino: Paulo Fragoso (RFM)
Melhor Animador Sénior Feminina: Joana Gama (ANTENA 3)
Melhor Voz em Spot Masculino: Jorge Afonso (ANTENA 1)
Melhor Voz em Spot Feminina: Inês Brito Nogueira (MEGAHITS)
Melhor Voz de Estação Masculina: Paulo Rocha (ANTENA 1)
Melhor Voz de Estação Feminina: Filipa Galrão (RR)
Melhor Repórter Jovem Masculino: Renato Duarte (RR)
Melhor Repórter Feminina: Inês Bento (RFM)
Melhor Humorista Masculino: Carlos Coutinho Vilhena (COMRCIAL)
Melhor Humorista Feminina: Joana Marques (RR)
Melhor Diretor de Programas: Pedro Ribeiro (COMRCIAL)

CATEGORIA PERSONALIDADES INFORMAÇÃO:
Melhor Jornalista Jovem Masculino: Diogo Teixeira Pereira (OBSRVDOR)
Melhor Jornalista Jovem Feminina: Inês André de Figueiredo (OBSRVDOR)
Melhor Jornalista Sénior Masculino: José Pedro Frazão (RR)
Melhor Jornalista Sénior Feminina: Susana Madureira Martins (RR)
Melhor Pivot Jovem Masculino: Tomás Anjinho Chagas (RR)
Melhor Pivot Jovem Feminina: Beatriz Rodrigues Lopes (RFM)
Melhor Pivot Sénior Masculino: Miguel Coelho (RR)
Melhor Pivot Sénior Feminina: Carla Jorge de Carvalho (OBSRVDOR)
Melhor Moderador Masculino: Carlos Andrade (TSF)
Melhor Moderadora Feminina: Vanessa Cruz (OBSRVDOR)
Melhor Jornalista Investigação: Filipe Santa Bárbara por "Violeta" (TSF)
Melhor Jornalista Reportagem: Cláudia Godinho (ANTENA 1)
Melhor Jornalista Digital: Daniela Espírito Santo (RR)
Melhor Jornalista Desportivo: Inês Braga Sampaio (RR)
Melhor Diretor de Informação: Mário Galego (ANTENA 1)

CATEGORIA PROGRAMAS E RÚBRICAS:
Programas Linear:
Melhor Programa matutino Rádio Musical: Manhãs da Comercial (COMRCIAL)
Melhor Programa matutino Rádio Generalista/Informativa: As Três da Manhã (RR)
Melhor Programa entre pontas Rádio Musical: Vibrato (ANTENA 2)
Melhor Programa entre pontas Rádio Generalista/Informativa: Portugal em Direto (ANTENA 1)
Melhor Programa vespertino Rádio Musical: Toque de Saída (CIDADEFM)
Melhor Programa vespertino Rádio Generalista/Informativa: Tardes em Direto (OBSRVDOR)
Melhor Programa noturno Rádio Musical: Girls Night Out (MEGAHITS)
Melhor Programa noturno Rádio Generalista/Informativa: Uma Noite em Forma de Assim (ANTENA 1)

Programas Temáticos:
Melhor Programa de Informação: Da Capa à Contracapa (RR)
Melhor Programa Atualidade Política: Em Nome da Lei (RR)
Melhor Boletim Informativo: Noticiário Nacional (ANTENA 1)
Melhor Programa de Entrevista: A Minha Geração (ANTENA 3)
Melhor Programa Cultural: Destacável (ANTENA 1)
Melhor Programa Musical de Autor: Verdes Anos (ANTENA 1)
Melhor Programa Desportivo: Tarde Desportiva (ANTENA 1)
Melhor Programa Autoconhecimento: Voz de Cama (ANTENA 3)

Rubricas:
Melhor Rúbrica de Humor: Extremamente Desagradável (Joana Marques - RR)
Melhor Rúbrica de Informação: Sinais (Fernando Alves - TSF)
Melhor Rúbrica de Atualidade Política: O Bom, o Mau e o Vilão (Miguel Pinheiro - OBSRVDOR)
Melhor Rúbrica Cultural: GPS (Inês Lopes da Mota - NOVA)
Melhor Rúbrica Cultura Geral: Não Dormi a Pensar Nisto (Teresa Oliveira - RR)
Melhor Rúbrica Autoconhecimento: Porque sim não é resposta (Eduardo Sá – OBSRVDOR)
Melhor Rúbrica Musical: Confessions (MEGAHITS)
Melhor Rúbrica de Entrevista: Desculpa, mas Vais Ter de Perguntar (RR)

CATEGORIA MÚSICA PORTUGUESA:
Melhor Artista Masculino Nacional – Buba Espinho
Melhor Artista Feminina Nacional – Maro
Melhor Banda Nacional – Os Quatro e Meia
Melhor Canção: Maria Joana (Nuno Ribeiro, Marisa, Calema)

CATEGORIA MÉRITO E EXCELÊNCIA:
Prémio Revelação Jornalismo: Ex aequo Inês Lopes Mota (NOVA) e Tomás Anjinho Chagas (RR)
Prémio Revelação Animação: Ex aequo Jéssica Mendes dos Santos (RFM) e Francisca Cabral (MEGAHITS)
Prémio Revelação Música: Ex aequo Milhanas e Afonso Dubraz
Prémio Carreira Informação: Fernando Alves (TSF)
Prémio Carreira Entretenimento: Augusto Seabra (RADAR)
Prémio Saudade: José Duarte (ANTENA 1)

Quanto às framboesas, prefiro guardar para mim...  ;) Vou deixando aqui as dicas ao longo do ano...  ;D ;D

Jovem: <=35 anos; Sénior: >= 35 anos

Umas escolhas bem escrutinadas e certamente todas merecem estarem aqui.
«O que acontece no Mundo é que toda a gente que nasce, nasce de alguma maneira poeta! Inventor de algo que não havia no Mundo antes de eles nascerem!
E inteiramente individual: cada um poeta que é!»

Agostinho da Silva

SamM

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 377
Re: Figuras radiofónicas do ano
« Responder #34 em: Janeiro 02, 2024, 05:12:19 pm »
Deixando o redutor de lado (nem sempre é possível), vou apresentar aquilo que vai sendo feito com alguma qualidade na rádio portuguesa...

Rádios generalistas:

ANTENA 1 informação

ANTENA Aberta

Reportagem ANTENA 1

Governo Sombra - TSF

Visto de Fora - RR

Contraditório - ANTENA 1

A força das coisas - ANTENA 2

A Ronda da Noite - ANTENA 2

O império dos sentidos - ANTENA 2

Jazz a 2 - ANTENA 2

Radicais Livres - ANTENA 1

Visão Global - ANTENA 1

Programa de debate da RR ao domingo, depois da Eucaristia dominical

Portugal em Direto - ANTENA 1

Rosa dos Ventos - ANTENA 1

Viva a música - ANTENA 1

Bairro Latino - ANTENA 1

À volta dos livros - ANTENA 1

A páginas tantas - ANTENA 1

E Deus criou o mundo - ANTENA 1

David Ferreira a contar - ANTENA 1

Ponto de partida - ANTENA 1

ANTENA 1 desporto

Tarde Desportiva - ANTENA 1

Bola Branca - RR

Eucaristia dominical - ANTENA 1 e RR

Esplendor de Portugal - ANTENA 1

Baile de máscaras - ANTENA 2

Ecos da Ribalta - ANTENA 2

Café Plaza - ANTENA 2

Quinta Essência - ANTENA 2

Portugalex - ANTENA 1 e ANTENA 3

Etc.

Melhor programa da Manhã - O Império dos Sentidos - ANTENA 2

Melhor jornalista: Nuno Rodrigues, Luís Soares, José Manuel Rosendo, Mário Rui Cardoso.

Melhor Relatador: Nuno Matos (A1), Paulo Sérgio (A1), Alexandre Afonso (A1), Rui Almeida (TSF), Pedro Azevedo (RR), Pedro Pinto (RR).

Melhor animador: Paulino Coelho, Augusto Fernandes, Jorge Afonso, Paulo Rocha (cansado), José Carlos Trindade (formatado e dependente dos enlatados), Sónia Santos, Filomena Crespo, Luís Caetano, Paulo Alves Guerra, João Pedro.
Armando Carvalhêda pela divulgação da música tradicional portuguesa...não só...mas também.

Rádios Musicais:

Nada de especial...

Playlist - fusão entre o melhor da ANTENA 3 e o melhor da Comercial

Alguns comunicadores:

André Santos

Tiago Ribeiro

José Coimbra

Fernando Alvim

Pedro Ribeiro

Inês Lopes Gonçalves

Rui Maria Pego

Vera Fernandes

Vasco Palmeirim


O pior da Rádio:

A) Todos os programas que promovam o facilitismo, a infantilização, as notícias falsas e as meias verdades com capa de pretensa intelectualidade...

B) O programa do provedor das rádios públicas, o seu autor João Paulo Guerra e equipa (tirando o técnico).


Para quem diz tão mal das rádios públicas, estamos bem entendidos... :)

Atento

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5620
Re: Figuras radiofónicas do ano
« Responder #35 em: Janeiro 02, 2024, 05:33:56 pm »
Notas positivas

1- O fim do inenarrável programa da manhã da Antena1

2- A nova programação da Antena1

3- A contratação de novos jornalistas para a informação da Antena1 alguns provenientes da Rádio Observador

4- Nova Programação da Antena1 com gente credível nos principais horários

5- Desporto Antena1

6- Antena 2

7- Rádio Observador



Notas muito negativas

1- Renascença

2- TSF

3- Antena 3 - uma rádio fechada, pesada, cinzenta,  cristalizada

4- O meio radiofónico português

5- A maioria das rádios locais

6- Pedro Leal e a seita que o rodeia na RR


7- Nuno Reis e a seita que o rodeia na Antena 3.

O Bigode do Sala

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 629
Re: Figuras radiofónicas do ano
« Responder #36 em: Janeiro 02, 2024, 06:33:20 pm »
Notas positivas

1- O fim do inenarrável programa da manhã da Antena1

2- A nova programação da Antena1

3- A contratação de novos jornalistas para a informação da Antena1 alguns provenientes da Rádio Observador

4- Nova Programação da Antena1 com gente credível nos principais horários

5- Desporto Antena1

6- Antena 2

7- Rádio Observador



Notas muito negativas

1- Renascença

2- TSF

3- Antena 3 - uma rádio fechada, pesada, cinzenta,  cristalizada

4- O meio radiofónico português

5- A maioria das rádios locais

6- Pedro Leal e a seita que o rodeia na RR


7- Nuno Reis e a seita que o rodeia na Antena 3.

E o amigo Atento não consegue dizer algumas categorias de destaque?
«O que acontece no Mundo é que toda a gente que nasce, nasce de alguma maneira poeta! Inventor de algo que não havia no Mundo antes de eles nascerem!
E inteiramente individual: cada um poeta que é!»

Agostinho da Silva

Julio Carvalho

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 3737
Re: Figuras radiofónicas do ano
« Responder #37 em: Janeiro 02, 2024, 06:35:01 pm »
Não vou fazer uma resenha dos melhores acontecimentos e figuras da rádio, porque a minha memória só abarca os últimos três meses.
E assinalo a afirmação da Observador, só é pena as constantes repetições ao fim de semana, logo numa altura que os programas e rubricas têm podcasts. Repetir uma vez, até entendo, repetir mais de uma vez, é demasiado exaustivo.
Depois o meu profundo lamento para o que está a acontecer à TSF e espero bem que este ano, a TSF, mesmo com menos conteúdo, possa sobreviver, com bons noticiários, melhores dos que os que têm actualmente.
Outros lamentos, o fim do em Nome da Lei e Conversas Cruzadas na RR.
E quanto ao resto, numa altura difícil, continuam a surgir bons narradores de futebol, nas diversas rádios.
E pronto, nada me apraz acrescentar, referindo que concordo com muitas das escolhas dos outros foristas.

Luis P Borges

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 164
Re: Figuras radiofónicas do ano
« Responder #38 em: Janeiro 02, 2024, 08:30:01 pm »

Não creio ter sido um bom ano para a Rádio em Portugal, pessimo para a TSF.

Gostando mais da área alternativa. Para mim a melhor rádio alternativa foi/é a SBSR sem concorrente, a Radar ficou orfâ, depois da saida da equipa maravilha que a fazia tão bem. As novas vozes são péssimas, a música, de certo modo manteve-se, bem como as rúbricas. Destaco na Radar o programa de Augusto Seabra: 'Radio Activo'. E o próprio Augusto Seabra, na categoria regresso à Rádio, regresso em grande, já tinha saudades de ouvir um programa assim.

Rádio Generalista, estava com esperança que a Antena 1 levantasse voo depois das mudanças de direção, quer a da programação quer a da Informação, mas são, um flop. Para os recursos que a Antena 1 tem, esperava-se muito mais, e não dá aos ouvintes aquilo que deveria dar, distrai os ouvintes, não trás nada de novo, vamos ver este ano de 2024, como as direções são recentes, pode ser que estejam a preparar uma programação que esteja a altura daquilo que os ouvintes merecem. Algo positivo na 1, a música, o Nuno Galopimt rouxe outro modelo de música, a Antena 1, está muito melhor em relação à música.

Pior Rádio para mim, a RFM. Música Tóxica. Por vezes passo pela RFM, mas, tamanha é a toxidade musical, que tenho logo de mudar de estação.

Categoria Locutores: Paulo Lázaro (SBSR) gosto muito da locução dele, para além da continuidade, tem dois bons programas na SBSR: 'Memórias' e 'Espuma'. Também da SBSR,  Ricardo Mariano, está a fazer um excelente fim de tarde, boas escolhas musicais, e boa locução, para além de 'Vidro Azul' que continua a cintilar.

Atento

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5620
Re: Figuras radiofónicas do ano
« Responder #39 em: Janeiro 02, 2024, 08:51:25 pm »
Notas positivas

1- O fim do inenarrável programa da manhã da Antena1

2- A nova programação da Antena1

3- A contratação de novos jornalistas para a informação da Antena1 alguns provenientes da Rádio Observador

4- Nova Programação da Antena1 com gente credível nos principais horários

5- Desporto Antena1

6- Antena 2

7- Rádio Observador



Notas muito negativas

1- Renascença

2- TSF

3- Antena 3 - uma rádio fechada, pesada, cinzenta,  cristalizada

4- O meio radiofónico português

5- A maioria das rádios locais

6- Pedro Leal e a seita que o rodeia na RR


7- Nuno Reis e a seita que o rodeia na Antena 3.

E o amigo Atento não consegue dizer algumas categorias de destaque?

Poder posso...

Mas vamos ter um afunilamento, pois a rádio tendencialmente de palavra está quase restringida à antena1 e Observador...

Vamos então a isso

Programas de debate/Informação /Cultura

Radicais Livres - Antena1
Contraditório  - Antena1
Túnel de Acesso - Antena1
Portugal  em Direto - Antena1
O Resto É História  - Observador
Quinta Essência- Antena 2
A Ronda da Noite - Antena 2
Visão Global - Antena1
E Deus Criou o Mundo - Antena1
Antena Aberta - Antena1
Tarde Desportiva  - Antena1
Na Ponte - Antena1
Refeitório  - Antena1
Programa da Manhã  - Antena1
360° - Observador
Uma Noite em Forma de Assim - Antena1
Tarde Antena1 com José Carlos Trindade
José Candeias e a sua transversalidade

Destacável com Aurélio Gomes

Notas muito positivas - menos tempo de antena para Noémia Gonçalves e o afastamento definitivo de Mónica Mendes.

Jornalistas jovens com consistência: Sara Araújo de Almeida,  Inês Ameixa e Gonçalo Costa Martins (todos da Antena1).

Mais haveria a dizer,  mas quem vai lendo os meus escritos já sabe quais os pontos positivos e negativos...




AG

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2593
  • NSTALGIA
Re: Figuras radiofónicas do ano
« Responder #40 em: Janeiro 02, 2024, 10:00:26 pm »

Não creio ter sido um bom ano para a Rádio em Portugal, pessimo para a TSF.

Gostando mais da área alternativa. Para mim a melhor rádio alternativa foi/é a SBSR sem concorrente, a Radar ficou orfâ, depois da saida da equipa maravilha que a fazia tão bem. As novas vozes são péssimas, a música, de certo modo manteve-se, bem como as rúbricas. Destaco na Radar o programa de Augusto Seabra: 'Radio Activo'. E o próprio Augusto Seabra, na categoria regresso à Rádio, regresso em grande, já tinha saudades de ouvir um programa assim.

Rádio Generalista, estava com esperança que a Antena 1 levantasse voo depois das mudanças de direção, quer a da programação quer a da Informação, mas são, um flop. Para os recursos que a Antena 1 tem, esperava-se muito mais, e não dá aos ouvintes aquilo que deveria dar, distrai os ouvintes, não trás nada de novo, vamos ver este ano de 2024, como as direções são recentes, pode ser que estejam a preparar uma programação que esteja a altura daquilo que os ouvintes merecem. Algo positivo na 1, a música, o Nuno Galopimt rouxe outro modelo de música, a Antena 1, está muito melhor em relação à música.

Pior Rádio para mim, a RFM. Música Tóxica. Por vezes passo pela RFM, mas, tamanha é a toxidade musical, que tenho logo de mudar de estação.

Categoria Locutores: Paulo Lázaro (SBSR) gosto muito da locução dele, para além da continuidade, tem dois bons programas na SBSR: 'Memórias' e 'Espuma'. Também da SBSR,  Ricardo Mariano, está a fazer um excelente fim de tarde, boas escolhas musicais, e boa locução, para além de 'Vidro Azul' que continua a cintilar.
Tudo certo, sou ouvinte assíduo do Ricardo Mariano mais do que o Paulo Lázaro, até pelo horário. No entanto as rubricas deste são imperdíveis. De qualquer forma, dois excelentes radialistas.

A Radar ficou muito a perder desde que perdeu a equipa maravilha. Mesmo a selecção musical piorou bastante, na minha opinião.

O Bigode do Sala

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 629
Re: Figuras radiofónicas do ano
« Responder #41 em: Janeiro 02, 2024, 11:17:04 pm »
Notas positivas

1- O fim do inenarrável programa da manhã da Antena1

2- A nova programação da Antena1

3- A contratação de novos jornalistas para a informação da Antena1 alguns provenientes da Rádio Observador

4- Nova Programação da Antena1 com gente credível nos principais horários

5- Desporto Antena1

6- Antena 2

7- Rádio Observador



Notas muito negativas

1- Renascença

2- TSF

3- Antena 3 - uma rádio fechada, pesada, cinzenta,  cristalizada

4- O meio radiofónico português

5- A maioria das rádios locais

6- Pedro Leal e a seita que o rodeia na RR


7- Nuno Reis e a seita que o rodeia na Antena 3.

E o amigo Atento não consegue dizer algumas categorias de destaque?

Poder posso...

Mas vamos ter um afunilamento, pois a rádio tendencialmente de palavra está quase restringida à antena1 e Observador...

Vamos então a isso

Programas de debate/Informação /Cultura

Radicais Livres - Antena1
Contraditório  - Antena1
Túnel de Acesso - Antena1
Portugal  em Direto - Antena1
O Resto É História  - Observador
Quinta Essência- Antena 2
A Ronda da Noite - Antena 2
Visão Global - Antena1
E Deus Criou o Mundo - Antena1
Antena Aberta - Antena1
Tarde Desportiva  - Antena1
Na Ponte - Antena1
Refeitório  - Antena1
Programa da Manhã  - Antena1
360° - Observador
Uma Noite em Forma de Assim - Antena1
Tarde Antena1 com José Carlos Trindade
José Candeias e a sua transversalidade

Destacável com Aurélio Gomes

Notas muito positivas - menos tempo de antena para Noémia Gonçalves e o afastamento definitivo de Mónica Mendes.

Jornalistas jovens com consistência: Sara Araújo de Almeida,  Inês Ameixa e Gonçalo Costa Martins (todos da Antena1).

Mais haveria a dizer,  mas quem vai lendo os meus escritos já sabe quais os pontos positivos e negativos...

Apesar de tudo o que de mau gravita na RTP, a maioria das suas escolhas (muitas, que concordo) são da Antena 1.


Não creio ter sido um bom ano para a Rádio em Portugal, pessimo para a TSF.

Gostando mais da área alternativa. Para mim a melhor rádio alternativa foi/é a SBSR sem concorrente, a Radar ficou orfâ, depois da saida da equipa maravilha que a fazia tão bem. As novas vozes são péssimas, a música, de certo modo manteve-se, bem como as rúbricas. Destaco na Radar o programa de Augusto Seabra: 'Radio Activo'. E o próprio Augusto Seabra, na categoria regresso à Rádio, regresso em grande, já tinha saudades de ouvir um programa assim.

Rádio Generalista, estava com esperança que a Antena 1 levantasse voo depois das mudanças de direção, quer a da programação quer a da Informação, mas são, um flop. Para os recursos que a Antena 1 tem, esperava-se muito mais, e não dá aos ouvintes aquilo que deveria dar, distrai os ouvintes, não trás nada de novo, vamos ver este ano de 2024, como as direções são recentes, pode ser que estejam a preparar uma programação que esteja a altura daquilo que os ouvintes merecem. Algo positivo na 1, a música, o Nuno Galopimt rouxe outro modelo de música, a Antena 1, está muito melhor em relação à música.

Pior Rádio para mim, a RFM. Música Tóxica. Por vezes passo pela RFM, mas, tamanha é a toxidade musical, que tenho logo de mudar de estação.

Categoria Locutores: Paulo Lázaro (SBSR) gosto muito da locução dele, para além da continuidade, tem dois bons programas na SBSR: 'Memórias' e 'Espuma'. Também da SBSR,  Ricardo Mariano, está a fazer um excelente fim de tarde, boas escolhas musicais, e boa locução, para além de 'Vidro Azul' que continua a cintilar.
Tudo certo, sou ouvinte assíduo do Ricardo Mariano mais do que o Paulo Lázaro, até pelo horário. No entanto as rubricas deste são imperdíveis. De qualquer forma, dois excelentes radialistas.

A Radar ficou muito a perder desde que perdeu a equipa maravilha. Mesmo a selecção musical piorou bastante, na minha opinião.

Soube aqui pelo pdnf que o Augusto Seabra regressou à rádio com um programa de autor na Radar.
Hoje, vim no regresso a casa a escutar a primeira emissão e posso dizer que me remontou aos 15 anos, quando «descobri» a Antena 3. Na altura fazia o Linha da Frente e o Índice A3.30 com a Ana Galvão.
Uma voz e um conhecimento musical como este não pode estar arredado do éter 14 anos.
« Última modificação: Janeiro 02, 2024, 11:22:09 pm por O Bigode do Sala »
«O que acontece no Mundo é que toda a gente que nasce, nasce de alguma maneira poeta! Inventor de algo que não havia no Mundo antes de eles nascerem!
E inteiramente individual: cada um poeta que é!»

Agostinho da Silva

SamM

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 377
Re: Figuras radiofónicas do ano
« Responder #42 em: Janeiro 02, 2024, 11:28:44 pm »
Globos d'Ouro da Rádio Nacional 2023

Rádio comercial: RFM
Rádio alternativa: Antena3
Rádio generalista/informativa: Antena 1
Rádio local: Horizonte Algarve
Comunicador: Hugo Van der Ding (Antena 3), Tiago Ribeiro (Antena3)
Comunicadora: Joana Cruz (RFM)
Jornalista masculino: Ricardo Alexandre (TSF)
Jornalista feminina: Inês Ameixa (Antena 1)
Programa/Rubrica de Humor: Vamos todos Morrer (Antena 3)
Programa/rubrica de debate político: Conversa Capital (Antena 1) e Geometria Variável (Antena 1)
Comentador político: Raul Vaz (Antena 1)
Programa/rubrica cultural: David Ferreira a Contar
Programa matutino: Manhãs da 3
Programa vespertino: Já se Faz Tarde (Rádio Comercial)
Programa noturno: Uma Noite em Forma Assim (Antena 1)
Programa desportivo: Visão de Jogo (TSF) e Antena 1 Desporto
Programa musical de autor: Caixa de ritmos (Antena 3) e Coyote (Antena3)
Podcast: Voz de Cama (Antena 3)
Prémio Carreira: Álvaro Costa
Prémio Saudade: José Duarte
« Última modificação: Janeiro 02, 2024, 11:30:41 pm por SamM »

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5103
  • Não calem os 105.3!
Re: Figuras radiofónicas do ano
« Responder #43 em: Janeiro 02, 2024, 11:59:54 pm »
Apesar de tudo o que de mau gravita na RTP, a maioria das suas escolhas (muitas, que concordo) são da Antena 1.

Estava a escrever a minha avaliação e dei comigo a pensar que, com todos os defeitos que pomos às rádios da RDP e da R/Com, é lá que ainda estão grande parte das boas práticas e de saber fazer. Por contraponto, o grupo Baeur, tem alguns bons profissionais, isso é inegavel, tem méritos de conseguir criar produtos que são um sucessso audiométrico, todavia, diria que se lhe acontecesse um processo similar ao que está a ocorrer com o GMG não ia haver nenhuma preocupação, o que não seria o caso com qualquer uma dos outros dois. Apesar do "sucesso", comete erros tão básicos quanto deixar fugir profissionais com futuro promissor, palavra é o mínimo dos mínimos. Para mim foi desepcionante concluir que oiço a M80 até com alguma regularidade, mas dando todas as voltas possíveis, não consigo encontrar uma categoria em que pudesse premear aquela rádio ou um dos seus profissionais. No caso da Comercial, safam-se as manhãs e as noites com o Gonçalo. Neste momento, diria que o produto com mais qualidade da Bauer é mesmo a Cidade FM, apesar de eu não ser um fã incondicional da playlist. Mas vejo ali imenso talento, pessoas que cresceram muito nos últimos anos. O Toque que para mim, há uns anos atrás era inaudível, hoje acho que são mesmo as melhores tardes das musicais, e atenção que eu sou fã de primeira linha da Catarina Palma.  ;D ;D Isto para dizer que, sim, RTP devia fazer muito mais, mas já tem coisas bem feitas. R/Com idem. A Observador é mesmo a grande pedrada no charco, uma rádio muito bem feita.

Soube aqui pelo pdnf que o Augusto Seabra regressou à rádio com um programa de autor na Radar.
Hoje, vim no regresso a casa a escutar a primeira emissão e posso dizer que me remontou aos 15 anos, quando «descobri» a Antena 3. Na altura fazia o Linha da Frente e o Índice A3.30 com a Ana Galvão.
Uma voz e um conhecimento musical como este não pode estar arredado do éter 14 anos.
Eu estava em Lisboa quando foi a estreia do programa na RADAR mas não consegui ouvir nem gravar. Entretanto, disponibilizaram em podcast, não sendo eu um homem das alternativas, do que ouvi, gostei bastante. É, sem dúvida, uma voz ímpar.
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

Atento

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5620
Re: Figuras radiofónicas do ano
« Responder #44 em: Janeiro 03, 2024, 11:04:59 pm »
Notas positivas

1- O fim do inenarrável programa da manhã da Antena1

2- A nova programação da Antena1

3- A contratação de novos jornalistas para a informação da Antena1 alguns provenientes da Rádio Observador

4- Nova Programação da Antena1 com gente credível nos principais horários

5- Desporto Antena1

6- Antena 2

7- Rádio Observador



Notas muito negativas

1- Renascença

2- TSF

3- Antena 3 - uma rádio fechada, pesada, cinzenta,  cristalizada

4- O meio radiofónico português

5- A maioria das rádios locais

6- Pedro Leal e a seita que o rodeia na RR


7- Nuno Reis e a seita que o rodeia na Antena 3.

E o amigo Atento não consegue dizer algumas categorias de destaque?

Poder posso...

Mas vamos ter um afunilamento, pois a rádio tendencialmente de palavra está quase restringida à antena1 e Observador...

Vamos então a isso

Programas de debate/Informação /Cultura

Radicais Livres - Antena1
Contraditório  - Antena1
Túnel de Acesso - Antena1
Portugal  em Direto - Antena1
O Resto É História  - Observador
Quinta Essência- Antena 2
A Ronda da Noite - Antena 2
Visão Global - Antena1
E Deus Criou o Mundo - Antena1
Antena Aberta - Antena1
Tarde Desportiva  - Antena1
Na Ponte - Antena1
Refeitório  - Antena1
Programa da Manhã  - Antena1
360° - Observador
Uma Noite em Forma de Assim - Antena1
Tarde Antena1 com José Carlos Trindade
José Candeias e a sua transversalidade

Destacável com Aurélio Gomes

Notas muito positivas - menos tempo de antena para Noémia Gonçalves e o afastamento definitivo de Mónica Mendes.

Jornalistas jovens com consistência: Sara Araújo de Almeida,  Inês Ameixa e Gonçalo Costa Martins (todos da Antena1).

Mais haveria a dizer,  mas quem vai lendo os meus escritos já sabe quais os pontos positivos e negativos...

Apesar de tudo o que de mau gravita na RTP, a maioria das suas escolhas (muitas, que concordo) são da Antena 1.


Não creio ter sido um bom ano para a Rádio em Portugal, pessimo para a TSF.

Gostando mais da área alternativa. Para mim a melhor rádio alternativa foi/é a SBSR sem concorrente, a Radar ficou orfâ, depois da saida da equipa maravilha que a fazia tão bem. As novas vozes são péssimas, a música, de certo modo manteve-se, bem como as rúbricas. Destaco na Radar o programa de Augusto Seabra: 'Radio Activo'. E o próprio Augusto Seabra, na categoria regresso à Rádio, regresso em grande, já tinha saudades de ouvir um programa assim.

Rádio Generalista, estava com esperança que a Antena 1 levantasse voo depois das mudanças de direção, quer a da programação quer a da Informação, mas são, um flop. Para os recursos que a Antena 1 tem, esperava-se muito mais, e não dá aos ouvintes aquilo que deveria dar, distrai os ouvintes, não trás nada de novo, vamos ver este ano de 2024, como as direções são recentes, pode ser que estejam a preparar uma programação que esteja a altura daquilo que os ouvintes merecem. Algo positivo na 1, a música, o Nuno Galopimt rouxe outro modelo de música, a Antena 1, está muito melhor em relação à música.

Pior Rádio para mim, a RFM. Música Tóxica. Por vezes passo pela RFM, mas, tamanha é a toxidade musical, que tenho logo de mudar de estação.

Categoria Locutores: Paulo Lázaro (SBSR) gosto muito da locução dele, para além da continuidade, tem dois bons programas na SBSR: 'Memórias' e 'Espuma'. Também da SBSR,  Ricardo Mariano, está a fazer um excelente fim de tarde, boas escolhas musicais, e boa locução, para além de 'Vidro Azul' que continua a cintilar.
Tudo certo, sou ouvinte assíduo do Ricardo Mariano mais do que o Paulo Lázaro, até pelo horário. No entanto as rubricas deste são imperdíveis. De qualquer forma, dois excelentes radialistas.

A Radar ficou muito a perder desde que perdeu a equipa maravilha. Mesmo a selecção musical piorou bastante, na minha opinião.

Soube aqui pelo pdnf que o Augusto Seabra regressou à rádio com um programa de autor na Radar.
Hoje, vim no regresso a casa a escutar a primeira emissão e posso dizer que me remontou aos 15 anos, quando «descobri» a Antena 3. Na altura fazia o Linha da Frente e o Índice A3.30 com a Ana Galvão.
Uma voz e um conhecimento musical como este não pode estar arredado do éter 14 anos.


A minha acutilância com a Antena1 tem a ver com certas figurinhas que tentam lançar areia na engrenagem...
E , às  vezes, decisões amplamente estúpidas como no ano passado continuarem a insistir em não acompanhar o Braga e a tolice de alguns indivíduos profundamente irritantes a atacar o desporto em antena...