Autor Tópico: Oxigénio e/ou Radar no Porto  (Lida 6655 vezes)

pdf

  • Visitante
Oxigénio e/ou Radar no Porto
« em: Agosto 25, 2016, 04:26:28 pm »
http://mundodaradio.org/old_/viewtopic.php?t=814

Este tópico acima foi iniciado por mim em 2008.

Embora já não resida no Porto e tenha acesso a mais rádios do meu agrado - em Lisboa recuperei o gosto de ouvir rádio, que há muito tinha abandonado na Invicta - nunca esqueço as origens e o paupérrimo cenário de alternativas que se vive por lá. Ligeiramente mitigado pela Vodafone FM, mas mesmo assim...

Continuam a achar que se justifica sacrificar uma MEOMusic para dar lugar a um conteúdo radiofónico com mais... substância na Invicta?

Ironia ou sinal dos tempos: Duas das "popularuchas" que menciono no tópico de 2008 já não existem - e eram as grandes "resistentes". Falo da Lidador, por onde mais tarde cheguei a passar, e da RC Matosinhos.
« Última modificação: Dezembro 27, 2023, 11:18:09 pm por AG »

guest6

  • Visitante
Re: Oxigénio e/ou Radar no Porto
« Responder #1 em: Agosto 25, 2016, 06:35:32 pm »
Pois eu continuo no Porto é suspiro pela Radar. Claro que a Meo não tem interesse nenhum, mas o dinheiro fala mais alto.

Enviado do meu VF-895N através de Tapatalk


guest22

  • Visitante
Re: Oxigénio e/ou Radar no Porto
« Responder #2 em: Agosto 25, 2016, 07:09:21 pm »
Oxigénio.

Off Topic: A MCR bem que podia mudar a Vodafone FM para os 105.8 MHz. Os 94.3 Mhz praticamente não se ouvem a sul de Gaia (devido à M80 em 94.4 Mhz) e em Santa Maria da Feira o sinal dessa frequência é nulo, enquanto que os 94.4 Mhz praticamente não são afectados pelos 94.3 Mhz, em especial na zona Oeste da cidade onde as frequências de Aveiro se ouvem sem qualquer problema.

AG

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2619
  • NSTALGIA
Re: Oxigénio e/ou Radar no Porto
« Responder #3 em: Agosto 25, 2016, 07:15:44 pm »
E mitigado pela Nostalgia também (pena a fraca cobertura), embora se tenha perdido uma das "popularuchas", a RCM. Até diria que, em relação ao cenário de 2008, melhorou bastante com a entrada da rádios da Nostalgia, da Vodafone FM e da mudança para muito melhor da programação da Rádio Nova.

Mas continuam de facto a fazer falta a Radar e a Oxigénio no Porto. Se me permitem especular, e não pensando muito, quiçá «dividir» a Rádio 5 que actualmente não interessa a ninguém pelas duas estações...

Ainda relação à Vodafone FM, para a malta que anda pelo Sul do Distrito do Porto e no Norte do Distrito de Aveiro, de facto, era útil emitir também nos 105,8 MHz (e que num bom autorádio sintoniza-se bem inclusive em Aveiro), que neste momento é uma redundância emitir a M80.

radiokilledtheMTVstar

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 3542
  • "Quintão e Costa, a dupla que o povo gosta!"
Re: Oxigénio e/ou Radar no Porto
« Responder #4 em: Agosto 25, 2016, 08:25:47 pm »
Já eu queria muito ter a Oxigénio, porque no Porto não há nada do género. A Radar não é assim tão diferente da Antena 3 e da Vodafone.

ZECA

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 209
Re: Oxigénio e/ou Radar no Porto
« Responder #5 em: Agosto 28, 2016, 12:29:12 am »
E já agora,  porque não fechar as três que restam no Porto e arrastar para o Porto todas as de Lisboa?  Assim é  que era. Lisboetizava-se por completo o Porto e matava-se o pouco que resta. Os poucos empregos que ainda restam no Porto em Rádio,  terminava-se com eles. Eu não sei se quem escreve aqui gosta mesmo da sua cidade,  sendo do Porto,  ou então pessoal de Lisboa que só vai ficar feliz quando vir tudo fechado no país e apenas Lisboa a reluzir no Fm. Já não há pachorra para tanto centralismo idiota. Tenham muitos de vós juízo.
« Última modificação: Agosto 28, 2016, 12:32:13 am por ZECA »

pdf

  • Visitante
Re: Oxigénio e/ou Radar no Porto
« Responder #6 em: Agosto 29, 2016, 02:08:53 pm »
E já agora,  porque não fechar as três que restam no Porto e arrastar para o Porto todas as de Lisboa?  Assim é  que era. Lisboetizava-se por completo o Porto e matava-se o pouco que resta. Os poucos empregos que ainda restam no Porto em Rádio,  terminava-se com eles. Eu não sei se quem escreve aqui gosta mesmo da sua cidade,  sendo do Porto,  ou então pessoal de Lisboa que só vai ficar feliz quando vir tudo fechado no país e apenas Lisboa a reluzir no Fm. Já não há pachorra para tanto centralismo idiota. Tenham muitos de vós juízo.

Porque é que o zeca, em vez de estar há anos a chorar e sempre a reclamar do mesmo, não se junta com amigos, compram uma rádio local de volta e faz uma rádio a seu gosto?

guest6

  • Visitante
Re: Oxigénio e/ou Radar no Porto
« Responder #7 em: Agosto 29, 2016, 02:21:56 pm »
Porque é que o zeca, em vez de estar há anos a chorar e sempre a reclamar do mesmo, não se junta com amigos, compram uma rádio local de volta e faz uma rádio a seu gosto?
Caro Pedro, se vários conhecidos e amigos meus da área (alguns catedráticos e com livros publicados sobre Rádio... ) dizem que lançar uma rádio no Porto ( e não só... ) neste momento é um suicídio econômico, haverá outro alguém que se "atire" do precipício? Claro que sei bem qual é o "tom" da sua resposta, mas as coisas e as pessoas são o que são...!!! Cumprimentos. 

pdf

  • Visitante
Re: Oxigénio e/ou Radar no Porto
« Responder #8 em: Agosto 31, 2016, 11:42:48 am »
Porque é que o zeca, em vez de estar há anos a chorar e sempre a reclamar do mesmo, não se junta com amigos, compram uma rádio local de volta e faz uma rádio a seu gosto?
Caro Pedro, se vários conhecidos e amigos meus da área (alguns catedráticos e com livros publicados sobre Rádio... ) dizem que lançar uma rádio no Porto ( e não só... ) neste momento é um suicídio econômico, haverá outro alguém que se "atire" do precipício? Claro que sei bem qual é o "tom" da sua resposta, mas as coisas e as pessoas são o que são...!!! Cumprimentos.

É que chega a custar. Sempre defendi as locais, já trabalhei numa e gostava de as ter a todas. Mas essa situação não é sustentável...

A culpa, a existir, nem é de quem compra nem do tirano lisboeta, é de quem vende. Ninguém ataca quem vende...

ZECA

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 209
Re: Oxigénio e/ou Radar no Porto
« Responder #9 em: Setembro 01, 2016, 12:25:30 am »
O meu lema sempre foi este: Se querem vender ou comprar,  nada a opor, porém devem cumprir com a sua função local. Rádio local é para ser local e não um retransmissor. Se não for assim,  fecha-se a frequência até que alguém pegue nela. Depois de vendida,  jamais o concelho a recupera e exemplos não faltam. Porque razao Portugal é o paraíso do centralismo?

ZECA

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 209
Re: Oxigénio e/ou Radar no Porto
« Responder #10 em: Setembro 01, 2016, 12:28:24 am »
PDF,  pelos vistos os ares de Lisboa já mecheram consigo e por isso,  que se lixem as rádios no Porto.

pdf

  • Visitante
Re: Oxigénio e/ou Radar no Porto
« Responder #11 em: Setembro 01, 2016, 06:09:31 pm »
PDF,  pelos vistos os ares de Lisboa já mecheram consigo e por isso,  que se lixem as rádios no Porto.

Oh Zeca claro que não. Eu faço questão de ir ao Porto todas as semanas e é impossível deixar de gostar das origens, mas também sei ver que só se vende quem se deixa vender. E neste momento, por muito bairrismo que se queira ter, é mais atractivo vender a frequência para colocar um gira-discos centralizado e low cost.

ZECA

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 209
Re: Oxigénio e/ou Radar no Porto
« Responder #12 em: Setembro 02, 2016, 08:46:07 am »
É o que dizem todos.. "Vou todos os fins de semana ao Porto" mas mal chegam a Gaia,  o discurso é a favor do centralismo, ou porque precisam de ter esse discurso para alimentar o tacho em Lisboa ou porque quando ligados ao meio Rádio,  algum benefício vão retirar daí. Não faltam exemplos de personagens ligadas à rádios locais e regionais no Porto na era de 90, que depois de fecharem no Porto,  foi vê-los com um bom cargo em Lisboa,  como contrapartida da venda.  Não o vejo a dizer,  PDF,  que se a frequência é local,  tem de ser local e quem compra teria que emitir da localidade com estúdio no concelho. Curioso. O discurso é sempre o mesmo: Fecha-se no Porto para retransmitir a espetacular Rádio de Lisboa que ainda falta lá colocar. PDF,  serás mais um que beneficiou com o fecho de uma Lidador,  uma de Matosinhos,  de Gondomar,  de Valongo?  È que em vez de impulsionar a Rádio feita no Porto,  também te vejo a juntar aqueles que mais rádios de Lisboa querem ver no Porto. Se não reside agora no Porto,  porque razão queres ver no Porto mais rádios de Lisboa? Curioso..
« Última modificação: Setembro 02, 2016, 08:49:26 am por ZECA »

pdf

  • Visitante
Re: Oxigénio e/ou Radar no Porto
« Responder #13 em: Setembro 02, 2016, 10:12:44 am »
Vejo aí uma série de acusações infundadas e escusadas, por isso optarei por não responder. :)

Em relação ao tópico, alguém tem mais alguma coisa a dizer?

ZECA

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 209
Re: Oxigénio e/ou Radar no Porto
« Responder #14 em: Setembro 05, 2016, 01:34:55 pm »
Caro PDF,  não o acusei,  apenas lhe fiz uma perguntei. Uma pergunta não é uma acusação.