Autor Tópico: Rádio Observador - frequências possíveis para cobertura da região Centro  (Lida 11925 vezes)

pdf

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 713
Re: Rádio Observador - frequências possíveis para cobertura da região Centro
« Responder #120 em: Março 26, 2024, 12:36:11 pm »
Sim, é possível, a algum custo, ir sempre a ouvir a Observador em toda a A1.

De salientar também as pressões da Benedita em 88,1 ali para os lados de Fátima.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5458
  • Foi a Rádio que fez Abril!
Re: Rádio Observador - frequências possíveis para cobertura da região Centro
« Responder #121 em: Março 26, 2024, 12:38:23 pm »
Sim, é possível, a algum custo, ir sempre a ouvir a Observador em toda a A1.

De salientar também as pressões da Benedita em 88,1 ali para os lados de Fátima.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Por acaso estranhei não as ter notado, a passar a Placa do mosteiro de Alcobaça lembrei-me disso mesmo.  ;)
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

Boxx

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 937
Re: Rádio Observador - frequências possíveis para cobertura da região Centro
« Responder #122 em: Março 26, 2024, 12:38:51 pm »
Sim, é possível, a algum custo, ir sempre a ouvir a Observador em toda a A1.

De salientar também as pressões da Benedita em 88,1 ali para os lados de Fátima.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Já tentei e é quase impossível entre Coimbra e a serra d’aire ter uma escuta com um mínimo de qualidade

Memorias da Radio

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 3075
Re: Rádio Observador - frequências possíveis para cobertura da região Centro
« Responder #123 em: Março 26, 2024, 01:10:26 pm »
É daqueles casos em que para se ter isso precisa de se ter tudo: 30/40cms de antena, antena amplificada, rádio muito bom, isolamento elétrico, etc etc etc...

Não é impossível, mas não é mesmo fácil.

pdf

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 713
Re: Rádio Observador - frequências possíveis para cobertura da região Centro
« Responder #124 em: Março 26, 2024, 01:36:53 pm »
Sim, é possível, a algum custo, ir sempre a ouvir a Observador em toda a A1.

De salientar também as pressões da Benedita em 88,1 ali para os lados de Fátima.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Já tentei e é quase impossível entre Coimbra e a serra d’aire ter uma escuta com um mínimo de qualidade

Sim, é a zona crítica. Mas em troços com campo aberto para norte a coisa aguenta-se minimamente.

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5458
  • Foi a Rádio que fez Abril!
Re: Rádio Observador - frequências possíveis para cobertura da região Centro
« Responder #125 em: Março 26, 2024, 02:57:55 pm »
Sim, é possível, a algum custo, ir sempre a ouvir a Observador em toda a A1.

De salientar também as pressões da Benedita em 88,1 ali para os lados de Fátima.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Já tentei e é quase impossível entre Coimbra e a serra d’aire ter uma escuta com um mínimo de qualidade

Sim, é a zona crítica. Mas em troços com campo aberto para norte a coisa aguenta-se minimamente.

Eu por acaso notei mesmo mais nas proximidades de Coimbra. Mas realmente, para nem ter tido perdas de sinal, nem entradas da Benedita, será que o emissor estava a funcionar? É certo que a Serra D'Aire faz barreira, mas ali a chegar a Pombal, talvez já fosse de sentir as tais interferências. Como referi, só a partir de Condeixa notei algumas ligeiras pipocas...
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

sintonia

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 159
Re: Rádio Observador - frequências possíveis para cobertura da região Centro
« Responder #126 em: Março 31, 2024, 11:02:12 pm »
[...] Observador em Fátima ainda nada.

Recordemos este seu comentário (acima) para o que vou escrever em seguida (abaixo):

[...] Quando se começa a subir para Minde, o sinal de Rio Maior degrada-se rapidamente, estava a preparar-me para mudar de estação e eis que fiquei surpreendido, o autorádio conseguiu ir buscar uma frequência alternativa, 98.4 Vila do Conde, com sinal absolutamente limpo. Fiquei surpreendido face à distância, mas também pela proximidade aos 98.3 da Antena 1. Passada aquela subida íngreme, a partir das instalações da NOC entrou 88.1 sempre com sinal até às Portagens dos Carvalhos, onde entram novamente os 98.4.
Claro que desconfio fortemente que o caso de 98.4 em Minde terá sido efeito de propagação. [...] Ao longo do distrito de Leiria, os 88.1 estiveram sempre impecáveis, incluindo com RT. Portanto, fiquei mais convencido com a opção Coimbra. Quem for da zona, ou tiver de ir a Lisboa ou ao Porto, se quiser fazer o teste...
[...]

Caro pdnf: a deslocalização dos 92.6 FM para o Caramouço, no topo da Serra de Aire, com os seus 679 metros de altitude e sua vista completamente limpa para grande parte do Ribatejo e da Beira Litoral, provavelmente resolveria muitos dos problemas de captação da Rádio Observador na região de Leiria. Talvez precisasse era de uma licença para emitir numa potência um pouco superior à actual. Desse modo, talvez o caso de Leiria e Fátima e arredores ficasse permanentemente resolvido. Os 99.5 FM manter-se iam na Serra dos Candeeiros para cobrir as falhas de Rio Maior. Do modo em que a situação está actualmente, a escolha de Coimbra em detrimento da região de Leiria parece-me um erro (por vários motivos que já citei anteriormente e muitos outros). E repito: assegurar uma auto-estrada e esquecer todas as cidades envolventes é, em bom rigor, um perfeito disparate.

Todavia, num ponto penso que estamos de acordo: é preciso resolver um problema existente na área envolvente às Serras de Aire e dos Candeeiros - correcto?

Memorias da Radio

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 3075
Re: Rádio Observador - frequências possíveis para cobertura da região Centro
« Responder #127 em: Abril 04, 2024, 10:28:59 pm »
Trocar os excepcionais 88.1, numa frequência que respira bem, porque a Antena 2 de Braga/Minhéu é relativamente fraca, essencial no Porto e Gaia, por uma Lafões que se escuta em Sá da Bandeira e pouco mais,  absolutamente pressionada pela Mega de Braga e até pela M80 de Leiria, que nunca chega com RDS sequer, é trocar vinho do bom, por água da torneira.
Não era tão mal pensado quanto se parece: há uns 15 anos ouvia-se na perfeição em Aveiro quer a frequência principal (93,0) quer a microcobertura (95,4), no Porto penso que 93,0 conseguiria alcançar a cidade. Mas nesse caso julgo que seria pertinente para a ROBS conseguir um emissor do distrito de Braga que chegasse bem à cidade invicta. Lá se vai o número mágico das "seis" frequências...

Uma frequência que seria mais interessante para a ROBS: 93,4 da Rádio São Miguel, de Penela. Chega bem a Coimbra e a Aveiro. Penso que num bom autorádio conseguiria comutar com 99,5 a partir de Leiria.

Vou relançar este tema: mudei de opinião... em caso de aluguer. Efetivamente a São Miguel, em conjunto com a 92.6 FM, parecem-me as melhores escolhas para, em condições mínimas de captação, conseguir ouvir se a Observador. A 94 é completamente para esquecer, não assegura os mínimos, e Sicó em performance prática... não está a servir. E como eles querem é aluguer, é isso. A transição na São Miguel será mais suave, 92.6 idem, na de Arganil um pouco mais aos saltos, mas as três são viáveis.

Outra hipótese interessante: Rádio Clube de Arganil, 88.5. Vai ser sempre uma troca difícil na zona de Fátima mas em termos de fecho de malha, estas parecem me ser as melhores escolhas *considerando não ser compra*, se não o for.

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5458
  • Foi a Rádio que fez Abril!
Re: Rádio Observador - frequências possíveis para cobertura da região Centro
« Responder #128 em: Abril 05, 2024, 02:49:10 am »
Trocar os excepcionais 88.1, numa frequência que respira bem, porque a Antena 2 de Braga/Minhéu é relativamente fraca, essencial no Porto e Gaia, por uma Lafões que se escuta em Sá da Bandeira e pouco mais,  absolutamente pressionada pela Mega de Braga e até pela M80 de Leiria, que nunca chega com RDS sequer, é trocar vinho do bom, por água da torneira.
Não era tão mal pensado quanto se parece: há uns 15 anos ouvia-se na perfeição em Aveiro quer a frequência principal (93,0) quer a microcobertura (95,4), no Porto penso que 93,0 conseguiria alcançar a cidade. Mas nesse caso julgo que seria pertinente para a ROBS conseguir um emissor do distrito de Braga que chegasse bem à cidade invicta. Lá se vai o número mágico das "seis" frequências...

Uma frequência que seria mais interessante para a ROBS: 93,4 da Rádio São Miguel, de Penela. Chega bem a Coimbra e a Aveiro. Penso que num bom autorádio conseguiria comutar com 99,5 a partir de Leiria.

Vou relançar este tema: mudei de opinião... em caso de aluguer. Efetivamente a São Miguel, em conjunto com a 92.6 FM, parecem-me as melhores escolhas para, em condições mínimas de captação, conseguir ouvir se a Observador. A 94 é completamente para esquecer, não assegura os mínimos, e Sicó em performance prática... não está a servir. E como eles querem é aluguer, é isso. A transição na São Miguel será mais suave, 92.6 idem, na de Arganil um pouco mais aos saltos, mas as três são viáveis.

Outra hipótese interessante: Rádio Clube de Arganil, 88.5. Vai ser sempre uma troca difícil na zona de Fátima mas em termos de fecho de malha, estas parecem me ser as melhores escolhas *considerando não ser compra*, se não o for.

A RCP-92.6, que seria mesmo muito interessante, não pode ser, porque é da Anadia, que é distrito de Aveiro, e nesse caso, lá se vai 88.1. Ok, não nego que ela chege a Espinho, e até ao sul de Gaia, a fazer pressão na Antena 2, mas daí para Norte, é totalmente para esquecer. A Antena 2 deve estar a emitir algures entre os 2Kw e os 5Kw (performance ligeiramente superior à da Nova Era 101.3, mas inferior, por exemplo, à da Festival 94.8 ou da Rádio Nova 98.9, quer para Norte, quer para Sul), mas se a RTP se lembra de fazer o mesmo que em Braga e por o emissor a carborar a sério, e em Gaia pode ir até aos 50Kw, é cilindrada, sem margem para qualquer dúvida. Falam muitas vezes na mudança para 103.9, mas não esquecer que fica a 0,2 da RFM em 104.1, é melhor que estar a 0,1 da Antena 2, mas ainda assim, em 103.9 já começa a existir algum sinal da RFM, pelo menos em Gaia, e sabemos que 98.4 não são suficientes. Perderam a oportunidade da Festival para a Cofina, o que resolvia isto em duas penadas, bastava ir buscar uma frequência para Coimbra, e ainda libertava 2, uma para o Alto Minho, outra para o Algarve.
Sobre a Lafões que também foi aflorada por mim, atenção que com o atual estado do emissor, que está a dar uma monumental coça à MegaHits de Braga, pode ser uma opção interessante.
Os emissores de Sicó, desconfio que nenhum deles esteja propriamente num estado maravilhoso, então o da Cardal é para esquecer. Quanto a Leiria, já havia refrerido, que na zona de Coimbra onde não se ouve 88.1, não chega nada da cidade do Lis. O emissor não é mau, é bom para a MegaHits que tem 90.0, e só precisa de algo que se ouça de Leiria ao Carregado, e isso a 94LEIRIA faz. A Observador precisa de algo mais sólido.
« Última modificação: Abril 05, 2024, 02:55:09 am por pdnf »
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.