Autor Tópico: Rádios locais do Algarve  (Lida 5454 vezes)

SamM

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 399
Rádios locais do Algarve
« em: Setembro 04, 2018, 11:20:03 am »
Passados cerca de 8 ou 9 anos, e após o fecho de algumas rádios na região de Faro e Olhão, verifica-se que, apesar do ressurgimento económico, essas mesmas estações e consequentemente o público alvo a que se dirigiam não foi recuperado.

Em 2010 operavam na região central do Algarve as frequencias da RCS (101,6 fm), que agora difunde a TSF em detrimento da anterior frequencia em Faro (90,9 fm), a Rádio Atlantico (92.2 fm Olhão), em 102.3 fm a Rádio Restauração e em 100.1 a Rádio Clube São Brás.

Nesta área geográfica de três concelhos residem mais de 100 mil pessoas e apenas resiste a RUA Fm, rádio de cariz universitário, com evidentes restrições de conteudos programáticos, devido ao objectivo a que foi criada.

Para terem uma ideia, dada a inexistencia de rádios locais, os eventos culturais e desportivos nestes concelhos não tem cobertura nem divulgação em rádio e se não forem eventuais protocolos com rádios nacionais para eventos de massas, tudo fica "esquecido" e dependente da divulgação nas plataformas online.


Mais do que debater o que originou esta decadência é tentar entender quais as razões que fazem com que ninguem avance e possa cobrir este vazio radiofónico nesta importante área...
« Última modificação: Setembro 04, 2018, 03:25:44 pm por SamM »

goncalopes

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 35
Re: Rádios locais do Algarve
« Responder #1 em: Novembro 10, 2018, 12:13:31 am »
O Algarve neste momento tem as seguintes rádios:
Rádio Solar - Albufeira
Rádio Gilão
Total FM
Rádio Horizonte
Alvor FM
Rádio Guadiana
RUA FM

Por isso,  não posso dizer que o Algarve não tenha algumas rádios, agora se não divulgam os eventos, será por falta de interesse, falta de comunicação, etc.

Doutor

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 20
Re: Rádios locais do Algarve
« Responder #2 em: Novembro 15, 2018, 12:39:50 am »
Acrescento mais duas rádio Portimão e rádio foia

SamM

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 399
Re: Rádios locais do Algarve
« Responder #3 em: Novembro 16, 2018, 10:58:12 am »
O Algarve neste momento tem as seguintes rádios:
Rádio Solar - Albufeira
Rádio Gilão
Total FM
Rádio Horizonte
Alvor FM
Rádio Guadiana
RUA FM

Por isso,  não posso dizer que o Algarve não tenha algumas rádios, agora se não divulgam os eventos, será por falta de interesse, falta de comunicação, etc.

Se verificar no tema, apenas a RUA Fm é da área geografica que falo, e esta rádio, dado o seu cariz universatário não cobre as necessidadades da população em muitas áreas.

O Algarve é uma região bairrista e as outras rádio (tambem por falta de meios), não cobrem eventos de outros municipios que não o deles.

nelsonsoares

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 409
Re: Rádios locais do Algarve
« Responder #4 em: Maio 09, 2019, 04:29:31 pm »
O Algarve neste momento tem as seguintes rádios:
Rádio Solar - Albufeira
Rádio Gilão
Total FM
Rádio Horizonte
Alvor FM
Rádio Guadiana
RUA FM

Por isso,  não posso dizer que o Algarve não tenha algumas rádios, agora se não divulgam os eventos, será por falta de interesse, falta de comunicação, etc.

Se verificar no tema, apenas a RUA Fm é da área geografica que falo, e esta rádio, dado o seu cariz universatário não cobre as necessidadades da população em muitas áreas.

O Algarve é uma região bairrista e as outras rádio (tambem por falta de meios), não cobrem eventos de outros municipios que não o deles.

Eu conheço muito bem a região, porque sou algarvio.
Sou de Portimão, faço relatos de futebol um pouco por todo o Algarve.
Eu vou dar o exemplo da programação desportiva no Algarve, pois estou mais por dentro.
No Algarve atualmente há 3 rádios a transmitir futebol:
A Rádio Alvor (que faz os relatos de futebol e de futsal do Portimonense, e os relatos de futebol do Esperança de Lagos)
A Rádio Fóia (que faz os relatos de futebol e acompanha todos os jogos da Primeira Divisão Distrital da Associação de Futebol do Algarve, mais uns quantos jogos da Segunda Divisão Distrital)
E a Rádio Santo António (que faz alguns relatos dos jogos do Lusitano de Vila Real de Santo António no Distrital Algarvio, para além da fraca cobertura do emissor de Castro Marim dos 103.3Mhz, e da inexistência de emissão online por parte desta rádio).
Como podemos verificar, há muitos clubes históricos do futebol algarvio, que não têm sequer qualquer tipo de acompanhamento em rádios locais no Algarve (a Rádio Fóia dantes acompanhava aos domingos os jogos no Algarve das equipas algarvias nos Campeonatos Nacionais, mas atualmente apenas se remete ao "Distritalão").
Eu tenho ligações à Rádio Universitária do Algarve (RUA FM).
Fui o último relatador da RUA FM, na altura em que a Rádio Universitária do Algarve ainda apostava no futebol (coisa que agora a atual direção prefere não o fazer).
Eu acompanhei durante quase uma época os jogos todos do Farense no Algarve (jogos em casa, em Olhão e em Portimão, pois na altura o Olhanense e o Portimonense ainda estavam ambos na Segunda Liga).
E por muitos que nós não queiramos, a Rádio Universitária do Algarve não é alternativa para aquela região.
E pior que isso, é que não há qualquer tipo de alternativa à RUA FM.
A Total FM poderia fazer esse serviço local, mas prefere bombardear as suas emissões com música a metro, sem qualquer tipo de locução.
Até dá pena a Total FM com a cobertura que tem em praticamente todo o Algarve, não fazer um serviço local/regional em prol das populações da zona da capital algarvia.
Voltando à questão dos relatos de futebol, o Farense na sua época dourada (anos 90), chegou a ter 6 rádios locais a acompanhá-lo para todo o lado.
Atualmente nem uma rádio acompanha o Farense.
E isso porque a Rádio Universitária do Algarve não pode ter publicidade comercial, e ninguém de direito parece ter interesse em que haja relatos de futebol do Farense na única rádio de Faro, derivado às limitações já faladas.
O Olhanense que é outro histórico do futebol algarvio, também não tem nenhuma rádio a fazer os seus relatos.
O Louletano igual...
Posso frisar que chegou a criar-se um movimento em Faro, com apoio do poder político, para que a ERC abrisse um concurso para uma rádio local em Faro.
Mas com a Entidade Reguladora existente em Portugal, é praticamente impossível isso acontecer.
E é por isso que na zona de Faro/Olhão e São Brás de Alportel existe uma grande lacuna de rádios locais nesta região.

nelsonsoares

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 409
Re: Rádios locais do Algarve
« Responder #5 em: Maio 09, 2019, 04:49:31 pm »
O Algarve neste momento tem as seguintes rádios:
Rádio Solar - Albufeira
Rádio Gilão
Total FM
Rádio Horizonte
Alvor FM
Rádio Guadiana
RUA FM

Por isso,  não posso dizer que o Algarve não tenha algumas rádios, agora se não divulgam os eventos, será por falta de interesse, falta de comunicação, etc.

Se verificar no tema, apenas a RUA Fm é da área geografica que falo, e esta rádio, dado o seu cariz universatário não cobre as necessidadades da população em muitas áreas.

O Algarve é uma região bairrista e as outras rádio (tambem por falta de meios), não cobrem eventos de outros municipios que não o deles.

Eu conheço muito bem a região, porque sou algarvio.
Sou de Portimão, faço relatos de futebol um pouco por todo o Algarve.
Eu vou dar o exemplo da programação desportiva no Algarve, pois estou mais por dentro.
No Algarve atualmente há 3 rádios a transmitir futebol:
A Rádio Alvor (que faz os relatos de futebol e de futsal do Portimonense, e os relatos de futebol do Esperança de Lagos)
A Rádio Fóia (que faz os relatos de futebol e acompanha todos os jogos da Primeira Divisão Distrital da Associação de Futebol do Algarve, mais uns quantos jogos da Segunda Divisão Distrital)
E a Rádio Santo António (que faz alguns relatos dos jogos do Lusitano de Vila Real de Santo António no Distrital Algarvio, para além da fraca cobertura do emissor de Castro Marim dos 103.3Mhz, e da inexistência de emissão online por parte desta rádio).
Como podemos verificar, há muitos clubes históricos do futebol algarvio, que não têm sequer qualquer tipo de acompanhamento em rádios locais no Algarve (a Rádio Fóia dantes acompanhava aos domingos os jogos no Algarve das equipas algarvias nos Campeonatos Nacionais, mas atualmente apenas se remete ao "Distritalão").
Eu tenho ligações à Rádio Universitária do Algarve (RUA FM).
Fui o último relatador da RUA FM, na altura em que a Rádio Universitária do Algarve ainda apostava no futebol (coisa que agora a atual direção prefere não o fazer).
Eu acompanhei durante quase uma época os jogos todos do Farense no Algarve (jogos em casa, em Olhão e em Portimão, pois na altura o Olhanense e o Portimonense ainda estavam ambos na Segunda Liga).
E por muitos que nós não queiramos, a Rádio Universitária do Algarve não é alternativa para aquela região.
E pior que isso, é que não há qualquer tipo de alternativa à RUA FM.
A Total FM poderia fazer esse serviço local, mas prefere bombardear as suas emissões com música a metro, sem qualquer tipo de locução.
Até dá pena a Total FM com a cobertura que tem em praticamente todo o Algarve, não fazer um serviço local/regional em prol das populações da zona da capital algarvia.
Voltando à questão dos relatos de futebol, o Farense na sua época dourada (anos 90), chegou a ter 6 rádios locais a acompanhá-lo para todo o lado.
Atualmente nem uma rádio acompanha o Farense.
E isso porque a Rádio Universitária do Algarve não pode ter publicidade comercial, e ninguém de direito parece ter interesse em que haja relatos de futebol do Farense na única rádio de Faro, derivado às limitações já faladas.
O Olhanense que é outro histórico do futebol algarvio, também não tem nenhuma rádio a fazer os seus relatos.
O Louletano igual...
Posso frisar que chegou a criar-se um movimento em Faro, com apoio do poder político, para que a ERC abrisse um concurso para uma rádio local em Faro.
Mas com a Entidade Reguladora existente em Portugal, é praticamente impossível isso acontecer.
E é por isso que na zona de Faro/Olhão e São Brás de Alportel existe uma grande lacuna de rádios locais nesta região.

E em termos desportivos (sem ser futebol), a Rádio Gilão que durante muitos anos fez relatos de futebol, futsal e andebol, atualmente só dá ciclismo (desporto rei da cidade de Tavira).
A Rádio Horizonte Algarve, atualmente é igual à Gilão (exceto o facto de não ter transmitido futebol, futsal e andebol antes, como a Gilão).
Creio mesmo que a Rádio Horizonte Algarve há uns tempos até transmitia em direto algumas provas de desportos motorizados (mais concretamente o rally de Portugal, com o programa pilotos e máquinas, que passava também em simultâneo na altura na Solar FM e na Algarve FM).
A Solar FM nunca apostou em futebol, mas chegou a fazer uns relatos pontualmente do Imortal e do Ferreiras no Distrital Algarvio, quando a Fóia não transmitia relatos (que só acontecia quando havia jornadas aos feriados que não coincidiam com fins de semana).
A Rádio Lagoa durante alguns anos fez relatos, mas atualmente não tem desporto.
Há cerca de duas épocas, chegou a ter um protocolo com o Grupo Desportivo Lagoa, em que o Diretor de Marketing do Lagoa entrava em direto, só para dar informações dos jogos do Lagoa.
A Rádio Restauração é que foi a última rádio da zona de Faro/Olhão/São Brás (a Rádio tinha emissor em Olhão) a ter uma grande emissão desportiva.
Acompanhava precisamente os 3 históricos algarvios que eu falei, e que agora não têm possibilidade de ter relatos dos seus jogos, pelo o fecho desta mesma rádio (acompanhavam o Louletano, Farense e Olhanense para todo o lado).
Até a própria Algarve FM que tinha uma emissão desportiva, em que acompanhavam os melhores jogos do Distrital Algarvio, mais as equipas do barlavento algarvio nos campeonatos nacionais quando jogavam em casa, tiveram que acabar com o desporto, quando a Rádio foi vendida à IURD.
Atualmente, olhando para o panorama de rádios no Algarve, é triste.
Creio que de todas as rádios que emitem no Algarve, só 3 é que têm os estúdios digitalizados (a RUA FM, a Rádio Gilão, e creio que a Rádio Guadiana (mas sem certezas desta última).
As restantes rádios vão sobrevivendo com mesas de mistura e de som, muitas delas com mais de 30 anos "nas pernas".

SamM

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 399
Re: Rádios locais do Algarve
« Responder #6 em: Julho 24, 2019, 02:21:59 pm »
Perante esta boa explicação do Nélson Soares, constata-se que existe um enorme vazio no espectro radiofónico no Algarve.... Até podem existir algumas frequencias a laborar, mas "bem espremida a coisa", não conseguem assegurar o que o serviço público deixou de fazer...

Não cobrem eventos de ambito regional/local da natureza social, nem sequer desportiva, não promovem a interacção dos ouvintes, etc... Deste vazio apenas se salvam a Rádio Gilão (a espaços) e no campo desportivo a Alvor e a Foia. Para uma região com 500 mil habitantes parece-me muito pouco!

Seria muito interessante perceber porque a ANACOM/ERC não atribui uma licença para Faro... Que interesses se movem?

Além disso, há cerca de 7 ou 8 anos foram descontinuadas as emissoes regionais da RDP, um autentico atentado a quem ainda promovia reportagens de ambito regional de qualidade, a juntar à supressão da emissão continua regional que era feita pela RDP e que ocupou as frequencias que agora são da Antena 3.

Atento

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5880
Re: Rádios locais do Algarve
« Responder #7 em: Julho 24, 2019, 03:02:19 pm »
Perante esta boa explicação do Nélson Soares, constata-se que existe um enorme vazio no espectro radiofónico no Algarve.... Até podem existir algumas frequencias a laborar, mas "bem espremida a coisa", não conseguem assegurar o que o serviço público deixou de fazer...

Não cobrem eventos de ambito regional/local da natureza social, nem sequer desportiva, não promovem a interacção dos ouvintes, etc... Deste vazio apenas se salvam a Rádio Gilão (a espaços) e no campo desportivo a Alvor e a Foia. Para uma região com 500 mil habitantes parece-me muito pouco!

Seria muito interessante perceber porque a ANACOM/ERC não atribui uma licença para Faro... Que interesses se movem?

Além disso, há cerca de 7 ou 8 anos foram descontinuadas as emissoes regionais da RDP, um autentico atentado a quem ainda promovia reportagens de ambito regional de qualidade, a juntar à supressão da emissão continua regional que era feita pela RDP e que ocupou as frequencias que agora são da Antena 3.

Cobria que eventos a RDP Algarve, ou as emissões regionais de desdobramento da ANTENA 1?

Passar música a metro e dizer que mais logo há qualquer coisa no Teatro, ou na Praça X não significa,absolutamente nada.

SamM

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 399
Re: Rádios locais do Algarve
« Responder #8 em: Julho 24, 2019, 03:27:17 pm »
Perante esta boa explicação do Nélson Soares, constata-se que existe um enorme vazio no espectro radiofónico no Algarve.... Até podem existir algumas frequencias a laborar, mas "bem espremida a coisa", não conseguem assegurar o que o serviço público deixou de fazer...

Não cobrem eventos de ambito regional/local da natureza social, nem sequer desportiva, não promovem a interacção dos ouvintes, etc... Deste vazio apenas se salvam a Rádio Gilão (a espaços) e no campo desportivo a Alvor e a Foia. Para uma região com 500 mil habitantes parece-me muito pouco!

Seria muito interessante perceber porque a ANACOM/ERC não atribui uma licença para Faro... Que interesses se movem?

Além disso, há cerca de 7 ou 8 anos foram descontinuadas as emissoes regionais da RDP, um autentico atentado a quem ainda promovia reportagens de ambito regional de qualidade, a juntar à supressão da emissão continua regional que era feita pela RDP e que ocupou as frequencias que agora são da Antena 3.

Cobria que eventos a RDP Algarve, ou as emissões regionais de desdobramento da ANTENA 1?

Passar música a metro e dizer que mais logo há qualquer coisa no Teatro, ou na Praça X não significa,absolutamente nada.


Do que me recordo, havia informação regional com reportagens no local, quer de ambito nacional, mas também desportivo, entrevistas de estudio e reportagens especiais de coberturas de eventos. Não me parece pouco, e o pior é que ninguem assegura isso no momento.

Atento

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5880
Re: Rádios locais do Algarve
« Responder #9 em: Julho 24, 2019, 03:30:47 pm »
Perante esta boa explicação do Nélson Soares, constata-se que existe um enorme vazio no espectro radiofónico no Algarve.... Até podem existir algumas frequencias a laborar, mas "bem espremida a coisa", não conseguem assegurar o que o serviço público deixou de fazer...

Não cobrem eventos de ambito regional/local da natureza social, nem sequer desportiva, não promovem a interacção dos ouvintes, etc... Deste vazio apenas se salvam a Rádio Gilão (a espaços) e no campo desportivo a Alvor e a Foia. Para uma região com 500 mil habitantes parece-me muito pouco!

Seria muito interessante perceber porque a ANACOM/ERC não atribui uma licença para Faro... Que interesses se movem?

Além disso, há cerca de 7 ou 8 anos foram descontinuadas as emissoes regionais da RDP, um autentico atentado a quem ainda promovia reportagens de ambito regional de qualidade, a juntar à supressão da emissão continua regional que era feita pela RDP e que ocupou as frequencias que agora são da Antena 3.

Cobria que eventos a RDP Algarve, ou as emissões regionais de desdobramento da ANTENA 1?

Passar música a metro e dizer que mais logo há qualquer coisa no Teatro, ou na Praça X não significa,absolutamente nada.


Do que me recordo, havia informação regional com reportagens no local, quer de ambito nacional, mas também desportivo, entrevistas de estudio e reportagens especiais de coberturas de eventos. Não me parece pouco, e o pior é que ninguem assegura isso no momento.

Faz mais o Portugal em Direto da ANTENA 1 em 45 minutos do que essas horas vazias fantasmagóricas, com animadores de quinta categoria...


Leia com atenção esta entrevista...

https://www.barlavento.pt/destaque/edgar-canelas-a-voz-do-algarve-na-antena1

« Última modificação: Julho 24, 2019, 03:34:08 pm por Atento »

SamM

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 399
Re: Rádios locais do Algarve
« Responder #10 em: Julho 24, 2019, 03:52:13 pm »
Perante esta boa explicação do Nélson Soares, constata-se que existe um enorme vazio no espectro radiofónico no Algarve.... Até podem existir algumas frequencias a laborar, mas "bem espremida a coisa", não conseguem assegurar o que o serviço público deixou de fazer...

Não cobrem eventos de ambito regional/local da natureza social, nem sequer desportiva, não promovem a interacção dos ouvintes, etc... Deste vazio apenas se salvam a Rádio Gilão (a espaços) e no campo desportivo a Alvor e a Foia. Para uma região com 500 mil habitantes parece-me muito pouco!

Seria muito interessante perceber porque a ANACOM/ERC não atribui uma licença para Faro... Que interesses se movem?

Além disso, há cerca de 7 ou 8 anos foram descontinuadas as emissoes regionais da RDP, um autentico atentado a quem ainda promovia reportagens de ambito regional de qualidade, a juntar à supressão da emissão continua regional que era feita pela RDP e que ocupou as frequencias que agora são da Antena 3.

Cobria que eventos a RDP Algarve, ou as emissões regionais de desdobramento da ANTENA 1?

Passar música a metro e dizer que mais logo há qualquer coisa no Teatro, ou na Praça X não significa,absolutamente nada.


Do que me recordo, havia informação regional com reportagens no local, quer de ambito nacional, mas também desportivo, entrevistas de estudio e reportagens especiais de coberturas de eventos. Não me parece pouco, e o pior é que ninguem assegura isso no momento.

Faz mais o Portugal em Direto da ANTENA 1 em 45 minutos do que essas horas vazias fantasmagóricas, com animadores de quinta categoria...


Leia com atenção esta entrevista...

https://www.barlavento.pt/destaque/edgar-canelas-a-voz-do-algarve-na-antena1


Discordo totalmente do que diz, eu estou fora da capital e sei do falo e sinto, e é corroborado por outros ouvintes.

No Algarve as emissões eram asseguradas por profissionais capazes, com larga experiencia, alguns com passagens já pela TV como Francisco Piedade, Helna Figueiras, e locutores como a Carla Cássio por exemplo. O que alega V. Exa. é totalmente avulso e sem dados concretos em relação à situação na região.

Já havia lido a entrevista do Edgar Canelas há meses e esta só vem mostrar o desprezo e abandono a que estão votados aqueles estudios.... Lamenta-se!

Atento

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5880
Re: Rádios locais do Algarve
« Responder #11 em: Julho 24, 2019, 04:21:33 pm »
Perante esta boa explicação do Nélson Soares, constata-se que existe um enorme vazio no espectro radiofónico no Algarve.... Até podem existir algumas frequencias a laborar, mas "bem espremida a coisa", não conseguem assegurar o que o serviço público deixou de fazer...

Não cobrem eventos de ambito regional/local da natureza social, nem sequer desportiva, não promovem a interacção dos ouvintes, etc... Deste vazio apenas se salvam a Rádio Gilão (a espaços) e no campo desportivo a Alvor e a Foia. Para uma região com 500 mil habitantes parece-me muito pouco!

Seria muito interessante perceber porque a ANACOM/ERC não atribui uma licença para Faro... Que interesses se movem?

Além disso, há cerca de 7 ou 8 anos foram descontinuadas as emissoes regionais da RDP, um autentico atentado a quem ainda promovia reportagens de ambito regional de qualidade, a juntar à supressão da emissão continua regional que era feita pela RDP e que ocupou as frequencias que agora são da Antena 3.

Cobria que eventos a RDP Algarve, ou as emissões regionais de desdobramento da ANTENA 1?

Passar música a metro e dizer que mais logo há qualquer coisa no Teatro, ou na Praça X não significa,absolutamente nada.


Do que me recordo, havia informação regional com reportagens no local, quer de ambito nacional, mas também desportivo, entrevistas de estudio e reportagens especiais de coberturas de eventos. Não me parece pouco, e o pior é que ninguem assegura isso no momento.

Faz mais o Portugal em Direto da ANTENA 1 em 45 minutos do que essas horas vazias fantasmagóricas, com animadores de quinta categoria...


Leia com atenção esta entrevista...

https://www.barlavento.pt/destaque/edgar-canelas-a-voz-do-algarve-na-antena1


Discordo totalmente do que diz, eu estou fora da capital e sei do falo e sinto, e é corroborado por outros ouvintes.

No Algarve as emissões eram asseguradas por profissionais capazes, com larga experiencia, alguns com passagens já pela TV como Francisco Piedade, Helna Figueiras, e locutores como a Carla Cássio por exemplo. O que alega V. Exa. é totalmente avulso e sem dados concretos em relação à situação na região.

Já havia lido a entrevista do Edgar Canelas há meses e esta só vem mostrar o desprezo e abandono a que estão votados aqueles estudios.... Lamenta-se!


Abandono???

Francisco Piedade seguiu outro caminho...

Foi correspondente em Timor...

Etc.
Etc.

O Portugal em Direto fazia e ainda faz mais do que essas horas fantasmagóricas de outros tempos...

O Portugal em Direto regional que eu defendo que deve regressar fazia mais e melhor do que essa treta regional que nada acrescentava...apenas trazia gastos e prejudicava as,audiências.

Luis Carvalho

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1413
  • Façam a TSF Grande Outra Vez!
Re: Rádios locais do Algarve
« Responder #12 em: Julho 24, 2019, 04:29:08 pm »
O Algarve neste momento tem as seguintes rádios:
Rádio Solar - Albufeira
Rádio Gilão
Total FM
Rádio Horizonte
Alvor FM
Rádio Guadiana
RUA FM

Por isso,  não posso dizer que o Algarve não tenha algumas rádios, agora se não divulgam os eventos, será por falta de interesse, falta de comunicação, etc.

Se verificar no tema, apenas a RUA Fm é da área geografica que falo, e esta rádio, dado o seu cariz universatário não cobre as necessidadades da população em muitas áreas.

O Algarve é uma região bairrista e as outras rádio (tambem por falta de meios), não cobrem eventos de outros municipios que não o deles.

Eu conheço muito bem a região, porque sou algarvio.
Sou de Portimão, faço relatos de futebol um pouco por todo o Algarve.
Eu vou dar o exemplo da programação desportiva no Algarve, pois estou mais por dentro.
No Algarve atualmente há 3 rádios a transmitir futebol:
A Rádio Alvor (que faz os relatos de futebol e de futsal do Portimonense, e os relatos de futebol do Esperança de Lagos)
A Rádio Fóia (que faz os relatos de futebol e acompanha todos os jogos da Primeira Divisão Distrital da Associação de Futebol do Algarve, mais uns quantos jogos da Segunda Divisão Distrital)
E a Rádio Santo António (que faz alguns relatos dos jogos do Lusitano de Vila Real de Santo António no Distrital Algarvio, para além da fraca cobertura do emissor de Castro Marim dos 103.3Mhz, e da inexistência de emissão online por parte desta rádio).
Como podemos verificar, há muitos clubes históricos do futebol algarvio, que não têm sequer qualquer tipo de acompanhamento em rádios locais no Algarve (a Rádio Fóia dantes acompanhava aos domingos os jogos no Algarve das equipas algarvias nos Campeonatos Nacionais, mas atualmente apenas se remete ao "Distritalão").
Eu tenho ligações à Rádio Universitária do Algarve (RUA FM).
Fui o último relatador da RUA FM, na altura em que a Rádio Universitária do Algarve ainda apostava no futebol (coisa que agora a atual direção prefere não o fazer).
Eu acompanhei durante quase uma época os jogos todos do Farense no Algarve (jogos em casa, em Olhão e em Portimão, pois na altura o Olhanense e o Portimonense ainda estavam ambos na Segunda Liga).
E por muitos que nós não queiramos, a Rádio Universitária do Algarve não é alternativa para aquela região.
E pior que isso, é que não há qualquer tipo de alternativa à RUA FM.
A Total FM poderia fazer esse serviço local, mas prefere bombardear as suas emissões com música a metro, sem qualquer tipo de locução.
Até dá pena a Total FM com a cobertura que tem em praticamente todo o Algarve, não fazer um serviço local/regional em prol das populações da zona da capital algarvia.
Voltando à questão dos relatos de futebol, o Farense na sua época dourada (anos 90), chegou a ter 6 rádios locais a acompanhá-lo para todo o lado.
Atualmente nem uma rádio acompanha o Farense.
E isso porque a Rádio Universitária do Algarve não pode ter publicidade comercial, e ninguém de direito parece ter interesse em que haja relatos de futebol do Farense na única rádio de Faro, derivado às limitações já faladas.
O Olhanense que é outro histórico do futebol algarvio, também não tem nenhuma rádio a fazer os seus relatos.
O Louletano igual...
Posso frisar que chegou a criar-se um movimento em Faro, com apoio do poder político, para que a ERC abrisse um concurso para uma rádio local em Faro.
Mas com a Entidade Reguladora existente em Portugal, é praticamente impossível isso acontecer.
E é por isso que na zona de Faro/Olhão e São Brás de Alportel existe uma grande lacuna de rádios locais nesta região.

E em termos desportivos (sem ser futebol), a Rádio Gilão que durante muitos anos fez relatos de futebol, futsal e andebol, atualmente só dá ciclismo (desporto rei da cidade de Tavira).
A Rádio Horizonte Algarve, atualmente é igual à Gilão (exceto o facto de não ter transmitido futebol, futsal e andebol antes, como a Gilão).
Creio mesmo que a Rádio Horizonte Algarve há uns tempos até transmitia em direto algumas provas de desportos motorizados (mais concretamente o rally de Portugal, com o programa pilotos e máquinas, que passava também em simultâneo na altura na Solar FM e na Algarve FM).
A Solar FM nunca apostou em futebol, mas chegou a fazer uns relatos pontualmente do Imortal e do Ferreiras no Distrital Algarvio, quando a Fóia não transmitia relatos (que só acontecia quando havia jornadas aos feriados que não coincidiam com fins de semana).
A Rádio Lagoa durante alguns anos fez relatos, mas atualmente não tem desporto.
Há cerca de duas épocas, chegou a ter um protocolo com o Grupo Desportivo Lagoa, em que o Diretor de Marketing do Lagoa entrava em direto, só para dar informações dos jogos do Lagoa.
A Rádio Restauração é que foi a última rádio da zona de Faro/Olhão/São Brás (a Rádio tinha emissor em Olhão) a ter uma grande emissão desportiva.
Acompanhava precisamente os 3 históricos algarvios que eu falei, e que agora não têm possibilidade de ter relatos dos seus jogos, pelo o fecho desta mesma rádio (acompanhavam o Louletano, Farense e Olhanense para todo o lado).
Até a própria Algarve FM que tinha uma emissão desportiva, em que acompanhavam os melhores jogos do Distrital Algarvio, mais as equipas do barlavento algarvio nos campeonatos nacionais quando jogavam em casa, tiveram que acabar com o desporto, quando a Rádio foi vendida à IURD.
Atualmente, olhando para o panorama de rádios no Algarve, é triste.
Creio que de todas as rádios que emitem no Algarve, só 3 é que têm os estúdios digitalizados (a RUA FM, a Rádio Gilão, e creio que a Rádio Guadiana (mas sem certezas desta última).
As restantes rádios vão sobrevivendo com mesas de mistura e de som, muitas delas com mais de 30 anos "nas pernas".
E a Rádio Portimão (106,5 MHz)?

Enviado do meu View2 Plus através do Tapatalk

Cumprimentos,
Luís Carvalho

Administrador do "Fórum da Rádio"

SamM

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 399
Re: Rádios locais do Algarve
« Responder #13 em: Julho 24, 2019, 04:59:38 pm »
A Rádio Portimão não tem cobertura de antena "decente". Resume-se ao concelho de Portimão praticamente.

Do que li do Nelson Soares, é também mais do mesmo, não tem niveis aceitáveis de acompanhamento de eventos sociais e desportivos.
« Última modificação: Julho 24, 2019, 05:46:09 pm por SamM »

nelsonsoares

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 409
Re: Rádios locais do Algarve
« Responder #14 em: Agosto 10, 2019, 11:38:00 am »
O Algarve neste momento tem as seguintes rádios:
Rádio Solar - Albufeira
Rádio Gilão
Total FM
Rádio Horizonte
Alvor FM
Rádio Guadiana
RUA FM

Por isso,  não posso dizer que o Algarve não tenha algumas rádios, agora se não divulgam os eventos, será por falta de interesse, falta de comunicação, etc.

Se verificar no tema, apenas a RUA Fm é da área geografica que falo, e esta rádio, dado o seu cariz universatário não cobre as necessidadades da população em muitas áreas.

O Algarve é uma região bairrista e as outras rádio (tambem por falta de meios), não cobrem eventos de outros municipios que não o deles.

Eu conheço muito bem a região, porque sou algarvio.
Sou de Portimão, faço relatos de futebol um pouco por todo o Algarve.
Eu vou dar o exemplo da programação desportiva no Algarve, pois estou mais por dentro.
No Algarve atualmente há 3 rádios a transmitir futebol:
A Rádio Alvor (que faz os relatos de futebol e de futsal do Portimonense, e os relatos de futebol do Esperança de Lagos)
A Rádio Fóia (que faz os relatos de futebol e acompanha todos os jogos da Primeira Divisão Distrital da Associação de Futebol do Algarve, mais uns quantos jogos da Segunda Divisão Distrital)
E a Rádio Santo António (que faz alguns relatos dos jogos do Lusitano de Vila Real de Santo António no Distrital Algarvio, para além da fraca cobertura do emissor de Castro Marim dos 103.3Mhz, e da inexistência de emissão online por parte desta rádio).
Como podemos verificar, há muitos clubes históricos do futebol algarvio, que não têm sequer qualquer tipo de acompanhamento em rádios locais no Algarve (a Rádio Fóia dantes acompanhava aos domingos os jogos no Algarve das equipas algarvias nos Campeonatos Nacionais, mas atualmente apenas se remete ao "Distritalão").
Eu tenho ligações à Rádio Universitária do Algarve (RUA FM).
Fui o último relatador da RUA FM, na altura em que a Rádio Universitária do Algarve ainda apostava no futebol (coisa que agora a atual direção prefere não o fazer).
Eu acompanhei durante quase uma época os jogos todos do Farense no Algarve (jogos em casa, em Olhão e em Portimão, pois na altura o Olhanense e o Portimonense ainda estavam ambos na Segunda Liga).
E por muitos que nós não queiramos, a Rádio Universitária do Algarve não é alternativa para aquela região.
E pior que isso, é que não há qualquer tipo de alternativa à RUA FM.
A Total FM poderia fazer esse serviço local, mas prefere bombardear as suas emissões com música a metro, sem qualquer tipo de locução.
Até dá pena a Total FM com a cobertura que tem em praticamente todo o Algarve, não fazer um serviço local/regional em prol das populações da zona da capital algarvia.
Voltando à questão dos relatos de futebol, o Farense na sua época dourada (anos 90), chegou a ter 6 rádios locais a acompanhá-lo para todo o lado.
Atualmente nem uma rádio acompanha o Farense.
E isso porque a Rádio Universitária do Algarve não pode ter publicidade comercial, e ninguém de direito parece ter interesse em que haja relatos de futebol do Farense na única rádio de Faro, derivado às limitações já faladas.
O Olhanense que é outro histórico do futebol algarvio, também não tem nenhuma rádio a fazer os seus relatos.
O Louletano igual...
Posso frisar que chegou a criar-se um movimento em Faro, com apoio do poder político, para que a ERC abrisse um concurso para uma rádio local em Faro.
Mas com a Entidade Reguladora existente em Portugal, é praticamente impossível isso acontecer.
E é por isso que na zona de Faro/Olhão e São Brás de Alportel existe uma grande lacuna de rádios locais nesta região.

E em termos desportivos (sem ser futebol), a Rádio Gilão que durante muitos anos fez relatos de futebol, futsal e andebol, atualmente só dá ciclismo (desporto rei da cidade de Tavira).
A Rádio Horizonte Algarve, atualmente é igual à Gilão (exceto o facto de não ter transmitido futebol, futsal e andebol antes, como a Gilão).
Creio mesmo que a Rádio Horizonte Algarve há uns tempos até transmitia em direto algumas provas de desportos motorizados (mais concretamente o rally de Portugal, com o programa pilotos e máquinas, que passava também em simultâneo na altura na Solar FM e na Algarve FM).
A Solar FM nunca apostou em futebol, mas chegou a fazer uns relatos pontualmente do Imortal e do Ferreiras no Distrital Algarvio, quando a Fóia não transmitia relatos (que só acontecia quando havia jornadas aos feriados que não coincidiam com fins de semana).
A Rádio Lagoa durante alguns anos fez relatos, mas atualmente não tem desporto.
Há cerca de duas épocas, chegou a ter um protocolo com o Grupo Desportivo Lagoa, em que o Diretor de Marketing do Lagoa entrava em direto, só para dar informações dos jogos do Lagoa.
A Rádio Restauração é que foi a última rádio da zona de Faro/Olhão/São Brás (a Rádio tinha emissor em Olhão) a ter uma grande emissão desportiva.
Acompanhava precisamente os 3 históricos algarvios que eu falei, e que agora não têm possibilidade de ter relatos dos seus jogos, pelo o fecho desta mesma rádio (acompanhavam o Louletano, Farense e Olhanense para todo o lado).
Até a própria Algarve FM que tinha uma emissão desportiva, em que acompanhavam os melhores jogos do Distrital Algarvio, mais as equipas do barlavento algarvio nos campeonatos nacionais quando jogavam em casa, tiveram que acabar com o desporto, quando a Rádio foi vendida à IURD.
Atualmente, olhando para o panorama de rádios no Algarve, é triste.
Creio que de todas as rádios que emitem no Algarve, só 3 é que têm os estúdios digitalizados (a RUA FM, a Rádio Gilão, e creio que a Rádio Guadiana (mas sem certezas desta última).
As restantes rádios vão sobrevivendo com mesas de mistura e de som, muitas delas com mais de 30 anos "nas pernas".
E a Rádio Portimão (106,5 MHz)?

Enviado do meu View2 Plus através do Tapatalk
A Rádio Portimão tem um emissor de 400w, e cobre apenas o concelho, e pouco mais.
Para além do emissor estar num local não muito favorável.
A nível de programação, se calhar fazem um trabalho mais local que algumas outras rádios algarvias, mas nada de especial.
Eu estou a estudar no norte, e oiço muitas as rádios locais do norte. E não tem qualquer tipo de comparação com as rádios locais do Algarve...
Claro que no norte há mais indústria, há mais publicidade, mas no Algarve falta uma rádio que se dedique a 100% à região.