Autor Tópico: Escutas em Portugal  (Lida 62014 vezes)

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 851
Re: Escutas em Portugal
« Responder #390 em: Outubro 24, 2023, 07:05:07 pm »
“Asantosc12”, está a exagerar quando compara o par 92.6/99.5 com os emissores de Montejunto, se bem que escreveu entre aspas. Pois, os emissores de Montejunto têm desempenhos e estabilidade bem superiores. Mas Montejunto está reservado aos centros emissores das estações de radiodifusão nacionais e da ex-Rede Regional Sul. Portanto, para a OBSRVDOR não resta outra alternativa que não seja remediar-se com emissores locais, os quais não foram projetados para dotar vastas áreas com as condições ótimas de sintonia. A opção 92.6/99.5, atendendo às limitações supracitadas, é a melhor escolha. Ainda por cima, o par de frequências não tem as interferências que vão sendo relatadas por aqui e que afetam os emissores do norte (excetuando as interferências de 92.6 Pampilhosa nas margens de cobertura de 92.6 Rio Maior, no litoral a norte da Marinha Grande).

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5110
  • Não calem os 105.3!
Re: Escutas em Portugal
« Responder #391 em: Outubro 24, 2023, 07:10:54 pm »
Também se deve referir que a pesquisa de frequências num dado local é arbitrária porque, 500 metros ao lado, pode obter resultados diferentes, quando se consideram emissores que não foram projetados para dotar de sinal a zona em questão.

O par 92.6/99.5 da OBSRVDOR são um achado para estação, que beneficia em muito o portefólio de emissores desta rádio, uma vez que têm um desempenho de cobertura que supera muitos outros emissores desta zona, e o sinal irradiado chega mais longe, mesmo atendendo à baixa potência dos mesmos.

Faço uma questão absolutamente transparente: é ou não verdade que a HIPER, que sai exatamente da mesma torre, chega ou não mais longe? Disse bem, a Observador não passa em condições mínimas de Vila Franca ou de Loures, as outras três (HIPER, Cidade FM e menos a Canção Nova) até passam para a margem sul. Na Linha de Évora, ali entre o Montijo e Vendas Novas é também a única que não chega, para norte morre mais cedo, ai sabemos o porquê. Essa questão dos 500m é verdade q.b.. Normalmente, há uma macro tendência, e depois as realidades micros.
Montejunto em lá a Alenquer e a +OESTE, mas continuo a achar que seria mais adequada a deslocalização, tendo por objetivo a maximização do alcance, fosse para Montejunto ou para Alcanena.
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 851
Re: Escutas em Portugal
« Responder #392 em: Outubro 24, 2023, 07:35:21 pm »
Caro “pdnf”, 92.6 OBSRVDOR chegam até à zona norte Vila Franca mas não incluem a cidade. Pergunto, para quê bombar sinal a toda a força se tem as frequências de 98.7 e 93.7 que servem Loures e a margem sul? Desconheço como serão as condições de receção de 98.7 em Vila Franca. O que importa é, à medida que o sinal dos emissores de Lisboa vai diminuindo, este par de emissores consiga revezar os outros dois. E consegue, com a exceção da zona de Sintra/Mafra, talvez Torres Vedras, no Oeste.

Relativamente às outras emissoras que refere, desconheço, não tenho o hábito de ouvir. Mas duvido que tenham um desempenho de cobertura muito diferente destas frequências, com a exceção dos emissores de Alcanena que, de facto, estão muito bem localizados e, por esse motivo, vencem os obstáculos  da Serra de Mira D'Aire para norte.

Memorias da Radio

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2931
Re: Escutas em Portugal
« Responder #393 em: Outubro 25, 2023, 02:52:41 am »
Também se deve referir que a pesquisa de frequências num dado local é arbitrária porque, 500 metros ao lado, pode obter resultados diferentes, quando se consideram emissores que não foram projetados para dotar de sinal a zona em questão.

O par 92.6/99.5 da OBSRVDOR são um achado para estação, que beneficia em muito o portefólio de emissores desta rádio, uma vez que têm um desempenho de cobertura que supera muitos outros emissores desta zona, e o sinal irradiado chega mais longe, mesmo atendendo à baixa potência dos mesmos.

Faço uma questão absolutamente transparente: é ou não verdade que a HIPER, que sai exatamente da mesma torre, chega ou não mais longe? Disse bem, a Observador não passa em condições mínimas de Vila Franca ou de Loures, as outras três (HIPER, Cidade FM e menos a Canção Nova) até passam para a margem sul. Na Linha de Évora, ali entre o Montijo e Vendas Novas é também a única que não chega, para norte morre mais cedo, ai sabemos o porquê. Essa questão dos 500m é verdade q.b.. Normalmente, há uma macro tendência, e depois as realidades micros.
Montejunto em lá a Alenquer e a +OESTE, mas continuo a achar que seria mais adequada a deslocalização, tendo por objetivo a maximização do alcance, fosse para Montejunto ou para Alcanena.

A não chegada do emissor em melhores condições mais longe é uma opção técnica da engenharia da estação. Sou do tempo em que os 92.6 Rio Maior se sintonizavam com amplificador e antena interna, em mono, em Setúbal, na mesma exata localização em que estão hoje. Posso confirmar-te isso.

Por isso, não será mesmo por aí. Nesta o joao_s tem toda a razão, efetivamente não faz qualquer sentido quando há 2 emissores para Lisboa e margem sul. Aliás, entre o Montijo e Vendas Novas deve ouvir-se ou alternando entre ambas pela N4, ou só em 93.7.

modernices

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 365
Re: Escutas em Portugal
« Responder #394 em: Outubro 25, 2023, 09:12:46 am »
Deve ser mesmo opção estratégica da engenharia do Obs. Olhando para a rede verifico que a mesma está a ser projetada com régua e esquadro e noto também a transição suave entre emissores que o joao_s fala! Fico impressionadíssimo com o rigor que a mesma vai ganhando forma. E pelo que me fui informando por fontes ligadas ao setor tudo sai da cabeça de um único homem lá dentro. Pelo que me disseram a Observador contratou há uns tempos uma das pessoas que mais know how tem em Portugal nesta matéria. Só lamento Coimbra não estar ainda coberta por esta rádio!

Luis Carvalho

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1373
  • Façam a TSF Grande Outra Vez!
Re: Escutas em Portugal
« Responder #395 em: Outubro 25, 2023, 02:37:16 pm »
Também se deve referir que a pesquisa de frequências num dado local é arbitrária porque, 500 metros ao lado, pode obter resultados diferentes, quando se consideram emissores que não foram projetados para dotar de sinal a zona em questão.

O par 92.6/99.5 da OBSRVDOR são um achado para estação, que beneficia em muito o portefólio de emissores desta rádio, uma vez que têm um desempenho de cobertura que supera muitos outros emissores desta zona, e o sinal irradiado chega mais longe, mesmo atendendo à baixa potência dos mesmos.

Faço uma questão absolutamente transparente: é ou não verdade que a HIPER, que sai exatamente da mesma torre, chega ou não mais longe? Disse bem, a Observador não passa em condições mínimas de Vila Franca ou de Loures, as outras três (HIPER, Cidade FM e menos a Canção Nova) até passam para a margem sul. Na Linha de Évora, ali entre o Montijo e Vendas Novas é também a única que não chega, para norte morre mais cedo, ai sabemos o porquê. Essa questão dos 500m é verdade q.b.. Normalmente, há uma macro tendência, e depois as realidades micros.
Montejunto em lá a Alenquer e a +OESTE, mas continuo a achar que seria mais adequada a deslocalização, tendo por objetivo a maximização do alcance, fosse para Montejunto ou para Alcanena.

A não chegada do emissor em melhores condições mais longe é uma opção técnica da engenharia da estação. Sou do tempo em que os 92.6 Rio Maior se sintonizavam com amplificador e antena interna, em mono, em Setúbal, na mesma exata localização em que estão hoje. Posso confirmar-te isso.

Por isso, não será mesmo por aí. Nesta o joao_s tem toda a razão, efetivamente não faz qualquer sentido quando há 2 emissores para Lisboa e margem sul. Aliás, entre o Montijo e Vendas Novas deve ouvir-se ou alternando entre ambas pela N4, ou só em 93.7.

Não creio que a prioridade a nível de cobertura dos 92,6 seja a de servir Setúbal, quando a cidade da Luísa Todi e do poeta Bocage deve ser servida, provavelmente com falhas, pela dupla 98,7 + 93,7 MHz, se o objectivo da estação de Rio Maior é servir o Ribatejo e a região Oeste.
Cumprimentos,
Luís Carvalho

Administrador do "Fórum da Rádio"

Lmviana

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 47
Re: Escutas em Portugal
« Responder #396 em: Outubro 25, 2023, 04:54:57 pm »
Visto que agora temos uma empresa só dedicada a torres de transmissão, deviam era consultar a celnex se não estava interessada em explorar o DAB, já que ninguém avança... E contínuo a achar que a licença DAB devia estar em conjunto com a licença TDT

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 851
Re: Escutas em Portugal
« Responder #397 em: Outubro 25, 2023, 10:18:12 pm »
“modernices”, também importa relevar os profissionais fazem os possíveis para possibilitar as melhores condições de receção, com os recursos disponíveis. Vou corroborar o seu texto, apresentando um exemplo do par de emissores que conheço melhor, 92.6/99.5. A microcobertura (99.5) é aquela que prevalece na sede do concelho, na restante área do concelho, prevalece 92.6. Esta necessidade acarreta outros benefícios que se observam no exterior do concelho, quando os emissores estão devidamente afinados para funcionarem em conjunto. Quando estes emissores começaram a difundir RDS da OBSRVDOR, na zona de Óbidos, no momento em que sai da A15 para a A8 e da A8 para o IP6, notavam-se ruídos e comutações sucessivas entre ambas as frequências. Neste local, a orografia apresenta algumas características complexas à propagação dos sinais de rádio. Os emissores de Montejunto, ali perto, apresentam falhas de sinal neste mesmo local. As duas últimas vezes que fiz este trajeto, a receção no local foi totalmente limpa, sem indícios de ruído. Portanto, houve intervenção no par 92.6/99.5, apresentando-se este sistema otimizado. Não há ruídos na zona de Óbidos, nem na estrada nacional que liga Óbidos à A-da-Gorda, via onde os emissores de Montejunto, próximos, falham.

Também concordo que Coimbra deva ser candidata prioritária para a próxima frequência da estação. A somar aos residentes, a todos os que convergem para a metrópole no dia-a-dia, é inegável a influência que a cidade tem nos órgãos de poder nacionais, intermédios e regionais, assim como todos aqueles que surgem no espaço mediático oriundos da metrópole, incluindo a OBSRVDOR.

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 851
Re: Escutas em Portugal
« Responder #398 em: Outubro 25, 2023, 10:23:48 pm »
Não é possível editar texto após publicação, assim corrige-se o seguinte:

Onde se lê "...fazem os possíveis para possibilitar as melhores condições de receção...”, deverá ler-se “...fazem os possíveis para dotar as melhores condições de receção...”, etc.

pdf

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 603
Re: Escutas em Portugal
« Responder #399 em: Outubro 25, 2023, 10:39:14 pm »
Visto que agora temos uma empresa só dedicada a torres de transmissão, deviam era consultar a celnex se não estava interessada em explorar o DAB, já que ninguém avança... E contínuo a achar que a licença DAB devia estar em conjunto com a licença TDT
Explorar torres de comunicações (predominantemente celular) e explorar redes DAB são coisas um pouco diferentes.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

ruicleto

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 614
Re: Escutas em Portugal
« Responder #400 em: Outubro 26, 2023, 12:46:26 pm »
Visto que agora temos uma empresa só dedicada a torres de transmissão, deviam era consultar a celnex se não estava interessada em explorar o DAB, já que ninguém avança... E contínuo a achar que a licença DAB devia estar em conjunto com a licença TDT
Explorar torres de comunicações (predominantemente celular) e explorar redes DAB são coisas um pouco diferentes.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Concordo com a ideia de explorar o operador de TDT (MEO) para difundir DAB+, o qual já tem uma rede nacional instalada de emissores e retransmissores, e que poderá ser um atrativo financeiro juntamente com a difusão da TDT...
Outra solução será o grupo RTP, que tem uma invejável rede nacional de emissores, a incluir antenas DAB+ e albergar, também, outros grupos de radiodifusão, tal como já o fez até 2011, quando difundiu em DAB sem qualquer sucesso, face à, naquela ocasião, inexistência em Portugal de recetores disponíveis e da não realização de uma campanha de divulgação da tecnologia.

nelsonsoares

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 336
Re: Escutas em Portugal
« Responder #401 em: Outubro 27, 2023, 09:40:05 am »
Visto que agora temos uma empresa só dedicada a torres de transmissão, deviam era consultar a celnex se não estava interessada em explorar o DAB, já que ninguém avança... E contínuo a achar que a licença DAB devia estar em conjunto com a licença TDT
Explorar torres de comunicações (predominantemente celular) e explorar redes DAB são coisas um pouco diferentes.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Concordo com a ideia de explorar o operador de TDT (MEO) para difundir DAB+, o qual já tem uma rede nacional instalada de emissores e retransmissores, e que poderá ser um atrativo financeiro juntamente com a difusão da TDT...
Outra solução será o grupo RTP, que tem uma invejável rede nacional de emissores, a incluir antenas DAB+ e albergar, também, outros grupos de radiodifusão, tal como já o fez até 2011, quando difundiu em DAB sem qualquer sucesso, face à, naquela ocasião, inexistência em Portugal de recetores disponíveis e da não realização de uma campanha de divulgação da tecnologia.
Em Espanha até rádios regionais estão na TDT.
A nossa vai pelo mesmo caminho da TDT da Suíça...
A diferença, é que sem os salários deles, e com uma das televisões mais caras da Europa...

estvmkt

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2121
Re: Escutas em Portugal
« Responder #402 em: Outubro 29, 2023, 02:56:56 pm »
Outra aberração do espectro: 105.4 vs 105.5,TSF Marofa vs TCI Viseu.
Na A25,dentro do concelho de Viseu e em Prime,por exemplo,RCI nem 104.8 nem 105.5 entram. E os 105.4 interferem na RCI...
Outra aberração 99.1 da Elmo de Pinhel vs 99.1 Foz do Mondego.
Por fim 96.4 Montejunto vs 96.4 Gardunha,M80 vs Antena 1.
Mas escolhas que no verão dão resultado a coisas bem engracadas de se ver.
Poderia colocar 98.3 de Montejunto vs 98.4 de Coimbra,Antena 1 vs M80...
E 103.4 3 frequencias da RR...
Por vezes nem sei se capto Muro ou Gardunha quando sintonizo 103.4...

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5110
  • Não calem os 105.3!
Re: Escutas em Portugal
« Responder #403 em: Outubro 30, 2023, 12:51:50 am »

E 103.4 3 frequencias da RR...
Por vezes nem sei se capto Muro ou Gardunha quando sintonizo 103.4...

Sendo a mesma estação, é menos problemático, não se pode evitar todas as esporádicas, isso é evidente. Mas no caso da RR, é engraçado o caso de 103.4 Muro vs Monsanto lá por Gaia no Verão, distingue-se pelo processamento de som (e pelo andar que a coisa leva, por ter o RT correto ou não).
Outro caso desses são os 88.0 Antena 2 Sameiro e Minhéu (aparte de uma série de micros no Minho) na mesa frequência.
Pior que os 98.3 Montejunto vs 98.4 Coimbra, são mesmo emissores de Coimbra nas mesmas frequências do Muro. Isso dá asneira, e da grossa.
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5110
  • Não calem os 105.3!
Re: Escutas em Portugal
« Responder #404 em: Novembro 23, 2023, 12:28:09 am »
O que se ouve no Castelo de São Jorge em Lisboa, num dos pontos que tem possibilidade de se ouvirem emissões de várias direções:

87.6 - RDS (RDS)
87.9 - ANTENA 1 LOUSÃ (RDS)
88.1 - COMRCIAL FÓIA
88.2 - ULTRA FM (RDS)
88.4 - ANTENA 1 OSSA (RDS)
88.7 - ANTENA 2 MONTEJUNTO (RDS)
88.9 - ANTENA 1 FÓIA (RDS) // 88.9 - ANTENA 2 BANÁTICA (RDS) - apesar de estar em linha de vista para a Banática, a Fóia divide a frequência
89.1 - LEZIRIA (RDS)
89.3 - ANTENA 2 LOUSÃ (RDS)
89.5 - TSF MONSANTO (RDS)
89.9 - RFM ARRÁBIDA (RDS)
90.2 - RR MONTEJUNTO (RDS) // 90.2 - espúria rfm monsanto - como o Pedro já referiu, a RR com sinal fraquíssimo, apesar de logar.
90.4 - SBSR MONSANTO (RDS)
90.6 - ANTENA 2 GRÂNDOLA (RDS)
90.9 - POPULAR (RDS)
91.2 - RCSINTRA (RDS) - demora a fixar o RDS significativamente
91.5 - ANTENA 2 FÓIA - com ligeiras interferências da CIDADEFM MONSANTO.
91.6 - CIDADEFM MONSANTO (RDS)
91.7 - RFM LOUSÃ - com ligeiras interferências da CIDADEFM. A Cidade leva de cima e de baixo.
92.0 - AMALIA LOURES (RDS)
92.4 - MEGAHITS MONSANTO (RDS)
92.6 - ALJUSTRL (RDS) - sobrepõe-se totalmente à OBSRVDOR RIO MAIOR (!!!)
92.8 - XL FM (RDS)
93.2 - RFM MONSANTO (RDS)
93.5 - ALENQUER - sinal fraco
93.7 - OBSRVDOR AMADORA (RDS)
93.9 - TDS ALCÁCER DO SAL (RDS)
94.2 - +OESTE  - sinal fraco // 94.2 - espúria rr monsanto
94.4 - ANTENA 2 MONSANTO (RDS)
94.7 - RSORRAIA - sinal totalmente limpo, mas não loga RDS, estará a operar este serviço?
95.0 - POSITIVA (RDS)
95.3 - TROPICAL (RDS)
95.7 - ANTENA 1 MONSANTO (RDS)
96.2 - ESTADIO (RDS)
96.4 - M80 MONTEJUNTO (RDS)
96.6 - SMOOTH MONSANTO (RDS)
96.8 - COMRCIAL GRÂNDOLA (RDS)
97.4 - COMRCIAL MONSANTO (RDS)
97.8 - RADAR (RDS)
98.1 - MARGINAL (RDS)
98.3 - ANTENA 1 MONTEJUNTO (RDS) // 98.3 - espúria megahits monsanto
98.7 - OBSRVDOR SEIXAL (RDS)
99.2 - ANTENA 1 GRÂNDOLA (RDS)
99.4 - ANTENA 1 BANÁTICA (RDS)
99.8 - COMRCIAL MONTEJUNTO (RDS)
100.0 - ANTENA 3 BANÁTICA (RDS)
100.3 - ANTENA 3 MONSANTO (RDS)
100.6 - AMÁLIA SETÚBAL (RDS)
100.8 - SUDOESTE (RDS)
101.1 - BATIDAFM ARROTEIA
101.3 - R N A (RDS)
101.5 - AFRICA MONSANTO (RDS)
101.9 - ANTENA 3 FÓIA (RDS) // 101.9 - ORBITAL (RDS) - mesmo caso de 88.9
102.2 - RMARIA (RDS)
102.4 - ANTENA 3 MENDRO (RDS)
102.6 - OXIGENIO (RDS)
103.0 - SMOOTH ARROTEIA (RDS)
103.4 - RR MONSANTO (RDS)
103.6 - ANTENA 3 GRÂNDOLA (RDS)
103.9 - SESIMBRA (RDS)
104.3 - M80 MONSANTO (RDS)
104.9 - RFM FÓIA (RDS)
105.2 - ANTENA 3 MONTEJUNTO (RDS)
105.4 - 105.4 FM (RDS)
105.6 - RCMafra (RDS)
105.8 - RR ARRÁBIDA (RDS)
106.0 - RR LOUSÃ (RDS)
106.2 - CIDADEFM ARROTEIA (RDS)
106.4 - CAPSAO (RDS)
106.8 - RFM MONTEJUNTO (RDS)
107.1 - M80 FÓIA
107.2 - BATIDAFM AMADORA - M80 e BATIDAFM interferem-se mutuamente
107.4 - TSF LOUSÃ (RDS)
107.5 - M80 GRÂNDOLA (RDS) - a M80 sofre interferências significativas da TSF. Deveria ter outra frequência, porque a TSF chega até na margem sul.
107.7 - RECORD SINTRA (RDS)
107.9 - ANTENA 3 TRÓIA - é consistente, é a única frequência de Tróia que chega a vários locais de Lisboa

A única frequência da Fóia que não chega é a RR, pressionada pela Rádio Observador, pelo que também para Norte, tal como acontece para Sul, é a frequência de Monchique mais pressionada.
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.