Autor Tópico: Bauer Media Audio Portugal - rede de emissores  (Lida 85579 vezes)

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 851
Re: Bauer Media Audio Portugal - rede de emissores
« Responder #360 em: Julho 09, 2023, 06:06:24 pm »
(...)
Começando pelo offtopic:
Acho curioso não terem aproveitado para fazer o referido programa esta semana em Aveiro, quando o Conselho de Ministros esteve reunido em Aveiro na quinta-feira, e desde terça que quase todo o Governo está no distrito. Convém referir que tal ocorreu a propósito do Ciência 2023, que decorreu justamente na Universidade de Aveiro, de quarta a sexta, descentralizado pela primeira vez em mais de 20 anos, dado que até aqui tinha sido sempre em Lisboa, usualmente no Thalia. É o grande fórum anual da Ciência em Portugal. O Prof. Paulo Ferreira desconhecia que era de Telecomunicações, mas que é um excelente anfitrião, isso confirmo, e com intervenções cativantes, das que lhe escutei no evento, que diga-se, foi excelente.
Sendo o Reitor um conhecedor do FM, se calhar devia ter mais cuidado com este aspeto, há uma emissão pirata em 87.7 na Universidade.
(...)

Ainda a propósito do tema offtopic, o Prof. Dr. Paulo Ferreira foi, acima de tudo, um investigador de renome para a UA. Fez o Doutoramento antes dos 30, ganhou prémios internacionais prestigiantes para a UA e para o próprio, lembro-me de um que foi muito comentado em meio académico e que envolveu a IBM, publicou vários artigos científicos em publicações internacionais, entre outros. Esteve ligado à implementação do INESC na UA e a projetos científicos internacionais de grande envergadura, que traziam a Aveiro investigadores estrangeiros. A docência veio por acréscimo. Já nos anos 90, o estudo das tecnologias de comunicação analógicas era residual, para conhecimento do passado recente, digamos assim, as cadeiras focavam-se nas tendências tecnológicas do presente e antecipavam o futuro. Portanto, “Processamento de Sinal I” começava com tecnologias analógicas de comunicação do passado, entre as quais o FM, e rapidamente os conteúdos mudavam para as tecnologias digitais de comunicação que, depois, eram aprofundadas em “Processamento de Sinal II”. Não era dado destaque de monta ao FM e às outras analógicas.

Em Aveiro, tive alguns professores de excelência, por exemplo, Dr. Paulo Vila Real, natural do Porto, este absolutamente fora de série, quiçá o melhor Professor que conheci. Lecionava, entre outras, “Análise Matemática III”, matemática avançada fundamental para outras áreas, tais como, “Ondas”, “Eletromagnetismo”, tudo o que tem a ver com eletrónica e as outras áreas da ciência. A afluência de estudantes às aulas dele era absolutamente massiva. Uma aula que começasse às 9horas da manhã, tinha o anfiteatro cheio às 7h30, uma hora e meia antes de começar. Entenda-se cheio como literal, com pessoas sentadas nas escadas, no chão, onde houvesse espaço. Perante uma multidão de alunos, ouviam-se as moscas, e a voz de um verdadeiro mestre, digamos assim, que fazia da Matemática avançada algo de extremamente interessante e que toda a gente tinha vontade em aprender e dominar.

Já que estamos num fórum de rádio, e aqui se falam em hábitos de consumo, a rádio foi a companhia nos estudos de várias gerações, no trabalho e no treino individual. Servia como som ambiente para manter o foco, a concentração, nos estudos. Também foi assim comigo.

joao.rosa.10004

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 86
Re: Bauer Media Audio Portugal - rede de emissores
« Responder #361 em: Julho 09, 2023, 07:27:43 pm »
(...)
Começando pelo offtopic:
Acho curioso não terem aproveitado para fazer o referido programa esta semana em Aveiro, quando o Conselho de Ministros esteve reunido em Aveiro na quinta-feira, e desde terça que quase todo o Governo está no distrito. Convém referir que tal ocorreu a propósito do Ciência 2023, que decorreu justamente na Universidade de Aveiro, de quarta a sexta, descentralizado pela primeira vez em mais de 20 anos, dado que até aqui tinha sido sempre em Lisboa, usualmente no Thalia. É o grande fórum anual da Ciência em Portugal. O Prof. Paulo Ferreira desconhecia que era de Telecomunicações, mas que é um excelente anfitrião, isso confirmo, e com intervenções cativantes, das que lhe escutei no evento, que diga-se, foi excelente.
Sendo o Reitor um conhecedor do FM, se calhar devia ter mais cuidado com este aspeto, há uma emissão pirata em 87.7 na Universidade.
(...)

Ainda a propósito do tema offtopic, o Prof. Dr. Paulo Ferreira foi, acima de tudo, um investigador de renome para a UA. Fez o Doutoramento antes dos 30, ganhou prémios internacionais prestigiantes para a UA e para o próprio, lembro-me de um que foi muito comentado em meio académico e que envolveu a IBM, publicou vários artigos científicos em publicações internacionais, entre outros. Esteve ligado à implementação do INESC na UA e a projetos científicos internacionais de grande envergadura, que traziam a Aveiro investigadores estrangeiros. A docência veio por acréscimo. Já nos anos 90, o estudo das tecnologias de comunicação analógicas era residual, para conhecimento do passado recente, digamos assim, as cadeiras focavam-se nas tendências tecnológicas do presente e antecipavam o futuro. Portanto, “Processamento de Sinal I” começava com tecnologias analógicas de comunicação do passado, entre as quais o FM, e rapidamente os conteúdos mudavam para as tecnologias digitais de comunicação que, depois, eram aprofundadas em “Processamento de Sinal II”. Não era dado destaque de monta ao FM e às outras analógicas.

Em Aveiro, tive alguns professores de excelência, por exemplo, Dr. Paulo Vila Real, natural do Porto, este absolutamente fora de série, quiçá o melhor Professor que conheci. Lecionava, entre outras, “Análise Matemática III”, matemática avançada fundamental para outras áreas, tais como, “Ondas”, “Eletromagnetismo”, tudo o que tem a ver com eletrónica e as outras áreas da ciência. A afluência de estudantes às aulas dele era absolutamente massiva. Uma aula que começasse às 9horas da manhã, tinha o anfiteatro cheio às 7h30, uma hora e meia antes de começar. Entenda-se cheio como literal, com pessoas sentadas nas escadas, no chão, onde houvesse espaço. Perante uma multidão de alunos, ouviam-se as moscas, e a voz de um verdadeiro mestre, digamos assim, que fazia da Matemática avançada algo de extremamente interessante e que toda a gente tinha vontade em aprender e dominar.

Já que estamos num fórum de rádio, e aqui se falam em hábitos de consumo, a rádio foi a companhia nos estudos de várias gerações, no trabalho e no treino individual. Servia como som ambiente para manter o foco, a concentração, nos estudos. Também foi assim comigo.
Meu caro, penso que como eu o caro membro será um “ET” oriundo da UA.
Partilho consigo a excelência do corpo docente da referida Universidade onde entrei em 95.
Já agora para além do curso e Universidade em si, e como falamos de rádio, a existência do núcleo de radioamadores da UA e as maluquices e travessuras dos seus alunos.
Relembro a existência ainda hoje das antenas tv UHF polarização vertical ainda hoje existente em algumas casas onde se recebiam sinais provenientes do uplink terra-satélite dos jogos futebol, onde o audio era puro e duro do estádio sem tratamento. Jogos que na altura já passavam nos canais codificados. Grande parte dos seus alunos andam por esse mundo fora sem esquecer o CET/PT Inovação por onde andei também uns anos..
Li o seu texto, veio-me alguma nostalgia!
Abraço.

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 851
Re: Bauer Media Audio Portugal - rede de emissores
« Responder #362 em: Julho 10, 2023, 07:35:19 pm »
Meu caro, penso que como eu o caro membro será um “ET” oriundo da UA.
Partilho consigo a excelência do corpo docente da referida Universidade onde entrei em 95.
Já agora para além do curso e Universidade em si, e como falamos de rádio, a existência do núcleo de radioamadores da UA e as maluquices e travessuras dos seus alunos.
Relembro a existência ainda hoje das antenas tv UHF polarização vertical ainda hoje existente em algumas casas onde se recebiam sinais provenientes do uplink terra-satélite dos jogos futebol, onde o audio era puro e duro do estádio sem tratamento. Jogos que na altura já passavam nos canais codificados. Grande parte dos seus alunos andam por esse mundo fora sem esquecer o CET/PT Inovação por onde andei também uns anos..
Li o seu texto, veio-me alguma nostalgia!
Abraço.

João, boa tarde!

Também sou oriundo da UA, mas não de “ET” (Engenharia Eletrónica e Telecomunicações). No entanto, fiz várias cadeiras do DET (Dpto. de Eletrónica e Telecomunicações) e pertenci a grupos de trabalhos laboratoriais/preparação para exames com estudantes de “ET”. Os temas de conversa, em contexto académico/letivo, na esmagadora maioria, eram sobre assuntos de Eletrónica e de Telecomunicações. No âmbito de um fórum de rádio, cadeiras que o João fez e que não pertenciam ao currículo do meu curso: “Radiação e Antenas”, diziam os ET que era um ‘pincel’ (difícil), “Propagação Guiada”, “Fundamentos de Telecomunicações II”. Tive “Fundamentos de Telecomunicações I”, na qual se estudava redes, todos aqueles protocolos de encaminhamento, e GSM.

Muitos diplomados em “ET” trabalharam no CET (Centro de Estudos de Telecomunicações), mais tarde, PT Inovação. A história da UA está ligada a esta instituição. Na década de 90, o curso de EET tinha 100% de empregabilidade, ie, todos que concluíram os estudos nesse período, tinham trabalho garantido. Estávamos na década em que surgiram as primeiras operadoras de telemóvel (TMN, Telecel, Optimus), a formar os quadros iniciais. A Portugal Telecom contava com vários ET nos quadros intermédios e superiores. A Siemens recebia toda a gente da UA, que desta forma, iniciavam a carreira profissional. Quem se formou nesse período integra os quadros de várias empresas de renome nacionais e também internacionais. Há vários ET deste período a trabalhar no estrangeiro ou, cá, mas em projetos internacionais. Sabia que há ET na ANACOM? Facto. O curso de EET era bastante exigente, apenas 30% concluíam, mas o esforço compensava com as oportunidades que surgiam há posteriori. Os estudantes da UA, desse período, formavam grupos coesos de trabalho (por vezes grandes) para partilha, interajuda e preparação para exames. Estes hábitos mantinham-se depois de concluído o curso, independentemente do local em qua cada um trabalha. Havendo necessidade de esclarecimentos, pega-se no telefone e há alguém que esclarece. As redes de contactos mantinham-se.

No meu caso, em ambiente social, o grupo a que pertencia tinha cerca de 20 pessoas de núcleo duro, digamos assim, com alguns outros elementos que faziam ERASMUS em Aveiro. Espetacular! As pessoas provinham de ET e de vários outros cursos. As conversas, bastante dinâmicas, com múltiplas perspetivas e pontos de vista, eram bastante diversas. Parecia que tinham passado 5 minutos e passavam 3 ou 4 horas. As pessoas tinham necessidade em estar informadas para gerar dinâmicas de grupo e pontos de vista a discussão e não ficarem a um canto sem dizer nada.

Se fosse hoje, que estação de rádio seria selecionada para ouvirmos, sem exceção: a Observador, como é óbvio.

Bons tempos, sem dúvida!

AG

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2593
  • NSTALGIA
Re: Bauer Media Audio Portugal - rede de emissores
« Responder #363 em: Julho 31, 2023, 11:45:04 am »
Já estava há uns tempos para falar nisto: o emissor da M80 de Coimbra (98,4) apresenta ter cerca de um segundo de atraso em relação ao de Leiria (93,0) e Montejunto (96,4) e ao de Aveiro (94,4). Além disso continua a ter uma equalização de som bastante fraca.
Continua igual passado este tempo todo.

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5110
  • Não calem os 105.3!
Re: Bauer Media Audio Portugal - rede de emissores
« Responder #364 em: Agosto 01, 2023, 02:27:32 am »
Uma coisa curiosa também, é que na zona de Albufeira, os emissores da Fóia são todos eles preferíveis a S.Miguel, exceção feita à M80 que tem mais força em 106.1 do que em 107.1. Inclusivé, dentro de edifícios é o único que chega com som stereo das frequências de Faro, o que me faz pensar que há mesmo diferenças na otimização. Por contraponto, a da Fóia, sendo a menos pressionada de todas por Marrocos, é a que apresenta um desempenho mais fraco.
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

Luís Gonçalves

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 89
Re: Bauer Media Audio Portugal - rede de emissores
« Responder #365 em: Agosto 01, 2023, 03:03:29 am »
Os emissores da Foia têm uma área de cobertura muito maior que os de S.Miguel em todas as direções. Foia cobre perfeitamente todo o Algarve de Sagres a Olhão e costa alentejana , sendo os emissores de S miguel meros retransmissores para o sotavento. Mesmo assim não asseguram cobertura satisfatória no interior em Alcoutim ou Mértola, por exemplo. Pela IC27 a RFM 89.6 apresenta muitas falhas por não ter emissor em Mértola e pela pressão do C.Fiesta 89.5 Almonaster la Real, um canhão de emissor. Foia poderia ajudar mas surgiu recentemente uma R. Maria nos 104.8 a emitir de Villablanca. Mesmo a M80 com freq. limpa a partir de Odeleite até depois de Mértola tem uma escuta muito instável. As únicas estações com boa sintonia são as 3 antenas com retransmissores em Alcoutim e Mértola, e a Comercial que tem um emissor em Mértola nos 95.8.
Luís Gonçalves

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5110
  • Não calem os 105.3!
Re: Bauer Media Audio Portugal - rede de emissores
« Responder #366 em: Agosto 02, 2023, 12:28:45 am »
Os emissores da Foia têm uma área de cobertura muito maior que os de S.Miguel em todas as direções. Foia cobre perfeitamente todo o Algarve de Sagres a Olhão e costa alentejana , sendo os emissores de S miguel meros retransmissores para o sotavento. Mesmo assim não asseguram cobertura satisfatória no interior em Alcoutim ou Mértola, por exemplo. Pela IC27 a RFM 89.6 apresenta muitas falhas por não ter emissor em Mértola e pela pressão do C.Fiesta 89.5 Almonaster la Real, um canhão de emissor. Foia poderia ajudar mas surgiu recentemente uma R. Maria nos 104.8 a emitir de Villablanca. Mesmo a M80 com freq. limpa a partir de Odeleite até depois de Mértola tem uma escuta muito instável. As únicas estações com boa sintonia são as 3 antenas com retransmissores em Alcoutim e Mértola, e a Comercial que tem um emissor em Mértola nos 95.8.
Ou seja, a R/Com precisa de olhar para o Algarve e para as pressões vindas de Marrocos e Espanha, e colocar retransmissores onde os mesmos são devidos. Em Albufeira, interior de Edificios quer Monchique, quer Faro, são audíveis perfeitamente, locais incluídas, mas o piloto Stereo é mais dífícil de ativar em São Miguel, mas todas as outras funções ativam, incluindo o RT e o relógio.
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5110
  • Não calem os 105.3!
Re: Bauer Media Audio Portugal - rede de emissores
« Responder #367 em: Agosto 05, 2023, 07:12:34 pm »
Acabei de passar Pombal e a Comercial logo na passagem da área de serviço já mudou para 97.8 e assim continuou, só voltando para a Lousã, já depois do nó de Pombal, mas o som a ir a mono demasiadas vezes e com ruídos de falha de sinal.
Mais uma vez, tenho ideia que nesta zona não existiam problemas para as nacionais da Lousã, e, efetivamente, as demais aguentam-se. Em contraponto, a Comercial na A1 aguenta-se em Minde com Montejunto, sem ter de ir a Portalegre, o que não acontecia.
« Última modificação: Agosto 05, 2023, 07:14:42 pm por pdnf »
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

Memorias da Radio

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2931
Re: Bauer Media Audio Portugal - rede de emissores
« Responder #368 em: Agosto 05, 2023, 07:56:51 pm »
Acabei de passar Pombal e a Comercial logo na passagem da área de serviço já mudou para 97.8 e assim continuou, só voltando para a Lousã, já depois do nó de Pombal, mas o som a ir a mono demasiadas vezes e com ruídos de falha de sinal.
Mais uma vez, tenho ideia que nesta zona não existiam problemas para as nacionais da Lousã, e, efetivamente, as demais aguentam-se. Em contraponto, a Comercial na A1 aguenta-se em Minde com Montejunto, sem ter de ir a Portalegre, o que não acontecia.

Devem estar a operar com emissor de reserva na Lousã para uma dessas. O perfil de captação parece similar ao da SmoothFM de Santo António da Neve (???), que já na zona de Pombal apresenta falhas, salvo as devidas distâncias.

AG

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2593
  • NSTALGIA
Re: Bauer Media Audio Portugal - rede de emissores
« Responder #369 em: Agosto 05, 2023, 08:01:37 pm »
Realmente posso confirmar que o emissor da Lousã da RC não parece estar a 100% da sua capacidade. Aqui em Aveiro o AF faz mudar rapidamente para os 92,2 ou 97,7, não era muito habitual há uns tempos.

estvmkt

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2121
Re: Bauer Media Audio Portugal - rede de emissores
« Responder #370 em: Agosto 06, 2023, 10:42:31 am »
Esses 92.2 nunca percebi. Cobrir Aveiro sim mas na zona da Lourenço Peixinho tem falhas...
Nas traseiras tem falhas dentro de edifícios.
Ja a RFM não,emite bem...

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5110
  • Não calem os 105.3!
Re: Bauer Media Audio Portugal - rede de emissores
« Responder #371 em: Agosto 06, 2023, 12:03:18 pm »
Realmente posso confirmar que o emissor da Lousã da RC não parece estar a 100% da sua capacidade. Aqui em Aveiro o AF faz mudar rapidamente para os 92,2 ou 97,7, não era muito habitual há uns tempos.
Exatamente. A subir a A1, estabilizou nos 97.7 logo antes do nó de Águeda. As nacionais normalmente trocam para o Monte da Virgem só na zona do Pingo Doce de Santa Maria da Feira, as Antenas um bocadinho após. Isto no sentido Lisboa-Porto. Na A1 não há apoio de 92.2. Confirmo que os 97.4 da RFM são também mais eficazes que os 92.2 da Comercial. Posso dizer que com um carro sem AF já vim desde Aveiro a Perosinho em 97.4 sem sentir falhas, só mesmo ao entrar em Canelas é que morreu de repente.
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

estvmkt

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2121
Re: Bauer Media Audio Portugal - rede de emissores
« Responder #372 em: Agosto 06, 2023, 02:19:48 pm »
Ao descer das Talhadas para Sever ja apanhei a Comercial nos 97.7...
Estes sinto que estão otimizados para sul...
Lousã desconfio que foi avaria...

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5110
  • Não calem os 105.3!
Re: Bauer Media Audio Portugal - rede de emissores
« Responder #373 em: Agosto 06, 2023, 09:49:11 pm »
Às portas de Aveiro, na transição entre a Torreira e São Jacinto, Comercial fixa nos 97.7. 90.8 com alguns ruídos, todas as nacionais já vêm desde Arada na Lousã, exceção feita à RR que apesar de anunciar a frequência para Ovar os 106.0, ainda despica demasiado com a Antena Minho. No caso da Comercial não há Geice e no local, que visito com frequência, já era Lousã.
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5110
  • Não calem os 105.3!
Re: Bauer Media Audio Portugal - rede de emissores
« Responder #374 em: Agosto 07, 2023, 12:31:49 pm »
Desculpando o double post, complementar que na costa de Gaia não há qualquer sinal da Comercial da Lousã, só dá mesmo Geice FM com uma força incrível, sinal stereo, totalmente limpo, e radiotext. Até a TSF consegue furar a RVSTirso. Portanto, sim, a Comercial está mais fraca para Norte. Resta saber se foi avaria ou opção estratégica, até admito esta última, uma vez que tem a pressão da emissora da Viana, que fará com que o sinal nunca venha a ser limpo.
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.