Autor Tópico: Pirata na zona da Foz (Porto) e Matosinhos  (Lida 4411 vezes)

pdf

  • Visitante
Pirata na zona da Foz (Porto) e Matosinhos
« em: Dezembro 25, 2016, 02:22:10 pm »
Voltou... agora em 91.5, pelos vistos. Está a dar música de natal...

Alguém na zona para confirmar?

Márcio Santos

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 104
Re: Pirata na zona da Foz (Porto) e Matosinhos
« Responder #1 em: Dezembro 25, 2016, 03:25:56 pm »
Será a Rádio Manobras?

Ao que parece, costuma emitir nessa frequência, ainda que de forma intermitente.

pdf

  • Visitante
Re: Pirata na zona da Foz (Porto) e Matosinhos
« Responder #2 em: Dezembro 25, 2016, 03:37:20 pm »
Será a Rádio Manobras?

Ao que parece, costuma emitir nessa frequência, ainda que de forma intermitente.

Pelo raio de acção não me parece ser. A Manobras tinha/tem o emissor em cima do Coliseu ou do edifício do Maus Hábitos, já não me recordo.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

augusto neto

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 130
Re: Pirata na zona da Foz (Porto) e Matosinhos
« Responder #3 em: Dezembro 25, 2016, 07:17:27 pm »
Infelizmente há pessoas que têm um espírito herdeiro da longa noite...
Deve estar à espera de ganhar medalhas por cada uma que denuncia o local...
Nem no Natal...
É por isso que raramente cá venho agora...
Cheira a Inquisição!

pdf

  • Visitante
Re: Pirata na zona da Foz (Porto) e Matosinhos
« Responder #4 em: Dezembro 25, 2016, 07:19:28 pm »
Infelizmente há pessoas que têm um espírito herdeiro da longa noite...
Deve estar à espera de ganhar medalhas por cada uma que denuncia o local...
Nem no Natal...
É por isso que raramente cá venho agora...
Cheira a Inquisição!

Medalhas? Denunciei o local como? Forneci as coordenadas exactas?

Há muito que nestes fóruns se relatam este tipo de captações. Qual é o problema? No meu caso é gosto pela rádio.

Será que você gosta mesmo de rádio ou opta por entrar em conflitos desnecessários?

A porta é a serventia da casa. E se quiser posso dar uma ajuda.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Luis Carvalho

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1366
  • Façam a TSF Grande Outra Vez!
Re: Pirata na zona da Foz (Porto) e Matosinhos
« Responder #5 em: Dezembro 25, 2016, 07:26:51 pm »
"Augusto Neto":

Isso atrever-me-ia a dizer eu: estamos no dia de Natal... Qual o problema de constatar um facto técnico? A haver uma emissão nos 91,5 MHz, então existe uma emissão nos 91,5 MHz. O resto sim, pode entrar no campo da especulação. Vá, queiram, por favor, ter calma.
« Última modificação: Dezembro 25, 2016, 08:19:40 pm por Luis Carvalho »
Cumprimentos,
Luís Carvalho

Administrador do "Fórum da Rádio"

364m

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 110
Re: Pirata na zona da Foz (Porto) e Matosinhos
« Responder #6 em: Dezembro 27, 2016, 03:46:47 pm »
Confesso que ainda não consegui entender o que leva alguns membros a classificar como "denúncia" o facto de se falar aqui ou ali de uma emissão de rádio "pirata". Eu como espírito livre que sou, tenho é pena de ao invés de 3 ou 4 não serem 30 ou 40. E só iremos chegar às 30 ou 40, se estas 3 ou 4 forem faladas e não o contrário, tal como aconteceu nos idos de 80 do século passado. E só devido a esse número houve condições políticas para alterar uma lei velha de dezenas de anos.

Muito mais comichão me dá quando vejo alguém a dizer que vai "montar" uma rádio online, cheio de pruridos a querer cumprir com os os "requisitos legais" e pagar à viva força taxas à SPA e outras que tais. Isto sim, é o que para mim representa a castração mental levada a cabo durante os anos da escuridão. Se os portugueses de antanho assim pensassem, não haveria democracia, não haveria Portugal... não haveria nada.

pdf

  • Visitante
Re: Pirata na zona da Foz (Porto) e Matosinhos
« Responder #7 em: Dezembro 27, 2016, 03:50:37 pm »
Confesso que ainda não consegui entender o que leva alguns membros a classificar como "denúncia" o facto de se falar aqui ou ali de uma emissão de rádio "pirata". Eu como espírito livre que sou, tenho é pena de ao invés de 3 ou 4 não serem 30 ou 40. E só iremos chegar às 30 ou 40, se estas 3 ou 4 forem faladas e não o contrário, tal como aconteceu nos idos de 80 do século passado. E só devido a esse número houve condições políticas para alterar uma lei velha de dezenas de anos.

Muito mais comichão me dá quando vejo alguém a dizer que vai "montar" uma rádio online, cheio de pruridos a querer cumprir com os os "requisitos legais" e pagar à viva força taxas à SPA e outras que tais. Isto sim, é o que para mim representa a castração mental levada a cabo durante os anos da escuridão. Se os portugueses de antanho assim pensassem, não haveria democracia, não haveria Portugal... não haveria nada.

Até que enfim! Obrigado por dizer o que queria ter dito antes mas ainda não tinha encontrado as palavras certas. Gostar de rádio e da liberdade é descobrir uma emissão e fazer quilómetros extra para ver onde chega, e partilhar com os amigos do fórum o local aproximado e a frequência para partilhar a experiência.

Espírito herdeiro da longa noite têm os que querem abafar tudo à força!

De resto, penso o mesmo em relação a esses artistas das rádios online que querem começar a casa pelo telhado: tanta preocupação com taxas e taxinhas e depois vão acabar a passar música a metro.

augusto neto

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 130
Re: Pirata na zona da Foz (Porto) e Matosinhos
« Responder #8 em: Dezembro 28, 2016, 12:12:38 am »
Vou repetir o que já aqui escrevi para ver se entra de vez na cabeça de certas pessoas!

Andar a divulgar locais de emissão é o mesmo que as denunciar.
Nesta era de internet e aparelhos de localização se não se tiver cuidado caça-se facilmente este tipo de rádios.
Peguem no vosso rádio procurem e oiçam que é o mais sensato.
Quer gostem ou não deixem-nas existir.
Não estamos nem perto do que eu assisti recentemente em Inglaterra nomeadamente em Londres.
São mesmo muitas. E com programações espectaculares.
Sim, pensem um bocado antes de as divulgar, principalmente o local!!!
É apenas bom senso.

364m

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 110
Re: Pirata na zona da Foz (Porto) e Matosinhos
« Responder #9 em: Dezembro 28, 2016, 10:51:38 am »
Caro "augusto neto" já percebi que divergimos quanto ao método, porque parece que convergimos quanto ao gosto de haver muitas rádios (pelo menos em Londres), porque quanto a haver muitas rádios em Portugal não estou certo do seu desejo.

Assim sendo não vale a pena continuar a discussão porque nenhum vai mudar de opinião, e eu continuo a achar que a divulgação é essencial para esse crescimento. Faz parte da natureza humana e da construção da sociedade que foi fazendo ao longo de milénios. Assim se fizeram as grandes transformações filosófico-religiosas e políticas e assim se fizeram as transformações dos gostos e modos de vida. Muitas vezes por interiorização, outras por mero mimetismo... mas foi assim.

Acho que vale a pena fazer um pouco de história quanto às rádios piratas em Portugal. Quando começaram já havia aparelhos de detecção (radiogoniómetros) como hoje, julgo até que não houve grandes alterações neste domínio. Essas emissões eram detectadas e os "radialistas" perseguidos. Alguns foram apanhados e multados, outros conseguiram fugir com o material literalmente às costas, outros mandaram o material para o quintal do vizinho, outros não abriram a porta até "desmancharem a tenda", outros emitiam numa carrinha no meio do pinhal... há tantas histórias que nem vale a pena continuar. E as perseguições acabaram porque tornou-se humana e tecnicamente impossível: eram tantas que já não valia a pena. E porque é que de repente eram tantas? Pois... por isso mesmo!

Ao contrário do que as pessoas possam pensar esta não foi a primeira vaga de rádios piratas em Portugal. No final do anterior regime houve uma primeira tentativa de fazer rádios piratas em Portugal ainda em Onda Média. O que é que falhou? Aquilo que veio a existir anos mais tarde: a disseminação do novidade! O país estava sob ditadura e as pessoas tinham medo de dizer umas às outras que ouviam uma rádio pirata, o que soava a altamente conspirativo. Se tal não tivesse acontecido era provável que as coisas pudessem ter sido diferentes.

Termino por fim rendendo as minhas homenagens à primeira rádio pirata alentejana (e portuguesa?) desse tempo, a Rádio Clube de Alcácer do Sal onde pontificava o então jovem Armando Carvalheda.

pdf

  • Visitante
Re: Pirata na zona da Foz (Porto) e Matosinhos
« Responder #10 em: Janeiro 22, 2017, 04:08:17 pm »
A emitir neste momento. Também parece ser coisa de fim de semana...


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

pdf

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 526
Re: Pirata na zona da Foz (Porto) e Matosinhos
« Responder #11 em: Março 15, 2023, 06:40:36 pm »
Pirata de novo no ar em 97,3.

pdf

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 526
Re: Pirata na zona da Foz (Porto) e Matosinhos
« Responder #12 em: Abril 24, 2023, 07:08:17 pm »
Pirata em 97,3 MHz a passar Grândola Vila Morena em loop

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 4854
  • Não calem os 105.3!
Re: Pirata na zona da Foz (Porto) e Matosinhos
« Responder #13 em: Abril 24, 2023, 07:40:54 pm »
Pirata em 97,3 MHz a passar Grândola Vila Morena em loop
Melhor isso que a espúria da RECORD misturada com a RR...
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

pdf

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 526
Re: Pirata na zona da Foz (Porto) e Matosinhos
« Responder #14 em: Abril 24, 2023, 07:41:50 pm »
Pirata em 97,3 MHz a passar Grândola Vila Morena em loop
Melhor isso que a espúria da RECORD misturada com a RR...
Certo


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk