Autor Tópico: Interferências de estações estrangeiras sobre as rádios portuguesas no Algarve  (Lida 839 vezes)

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5110
  • Não calem os 105.3!

Em relação ao Barlavento Algarvio, as rádios do grupo R/Com, continuam a ser as que se captam melhor. Segue-se Bauer e RTP (não por esta ordem, porque há zonas em as rádios do grupo Bauer escutam-se melhor, e outras em que são as rádios do grupo RTP)

Os 104.9 da RFM concordo, são de facto excelentes, mas os 98.6 deixam-me muita reservas, têm muitas interferências da COR-MED6.
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

nelsonsoares

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 336

Em relação ao Barlavento Algarvio, as rádios do grupo R/Com, continuam a ser as que se captam melhor. Segue-se Bauer e RTP (não por esta ordem, porque há zonas em as rádios do grupo Bauer escutam-se melhor, e outras em que são as rádios do grupo RTP)

Os 104.9 da RFM concordo, são de facto excelentes, mas os 98.6 deixam-me muita reservas, têm muitas interferências da COR-MED6.
Apenas e somente no verão.
Se vier entre outubro e abril ao Algarve, dificilmente vai conseguir captar alguma coisa vinda de Marrocos (a não ser que a troposfera dê uma ajuda)

Luís Gonçalves

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 89
Os 99.7 da Cidade é que deviam pedir alteração de frequência da R.A.I Andalucia que emite nos 99.6 desde Huelva. A partir de Olhão, dependendo da propagação já começam a fazer moça na Cidadefm e em Tavira já se torna impossível escutar os 99.7.
Luís Gonçalves

nelsonsoares

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 336
Os 99.7 da Cidade é que deviam pedir alteração de frequência da R.A.I Andalucia que emite nos 99.6 desde Huelva. A partir de Olhão, dependendo da propagação já começam a fazer moça na Cidadefm e em Tavira já se torna impossível escutar os 99.7.
Se em Ayamonte, os 99.6FM já entram com uma pujança muito acima do normal, acredito que em Olhão já se sinta algum tipo de interferência dessa rádio (até pensava que o emissor desses 99.6 do Canal Sur estivessem mesmo em Ayamonte)

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5110
  • Não calem os 105.3!

Em relação ao Barlavento Algarvio, as rádios do grupo R/Com, continuam a ser as que se captam melhor. Segue-se Bauer e RTP (não por esta ordem, porque há zonas em as rádios do grupo Bauer escutam-se melhor, e outras em que são as rádios do grupo RTP)

Os 104.9 da RFM concordo, são de facto excelentes, mas os 98.6 deixam-me muita reservas, têm muitas interferências da COR-MED6.
Apenas e somente no verão.
Se vier entre outubro e abril ao Algarve, dificilmente vai conseguir captar alguma coisa vinda de Marrocos (a não ser que a troposfera dê uma ajuda)

Nelson, mesmo assim são 6 meses, e os mais relevantes em termos de população e para a Economia da região. Não sei se a RR estará a operar à potência máxima, se não está, pelo menos no Verão devia. Eu acho que não estará, sinceramente. Se não está, devia equacionar estudar uma frequência mais limpa, assim como a Antena 1. A Comercial também sobre interferências, mas, apesar de tudo, acho que se aguenta melhor. Repito, 6 meses não é assim tão pouco tempo.
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

nelsonsoares

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 336

Em relação ao Barlavento Algarvio, as rádios do grupo R/Com, continuam a ser as que se captam melhor. Segue-se Bauer e RTP (não por esta ordem, porque há zonas em as rádios do grupo Bauer escutam-se melhor, e outras em que são as rádios do grupo RTP)

Os 104.9 da RFM concordo, são de facto excelentes, mas os 98.6 deixam-me muita reservas, têm muitas interferências da COR-MED6.
Apenas e somente no verão.
Se vier entre outubro e abril ao Algarve, dificilmente vai conseguir captar alguma coisa vinda de Marrocos (a não ser que a troposfera dê uma ajuda)

Nelson, mesmo assim são 6 meses, e os mais relevantes em termos de população e para a Economia da região. Não sei se a RR estará a operar à potência máxima, se não está, pelo menos no Verão devia. Eu acho que não estará, sinceramente. Se não está, devia equacionar estudar uma frequência mais limpa, assim como a Antena 1. A Comercial também sobre interferências, mas, apesar de tudo, acho que se aguenta melhor. Repito, 6 meses não é assim tão pouco tempo.
Mas as interferências só se fazem sentir mais, a partir de Albufeira para Sotavento, e aí, já é possível captar, ainda que com alguma dificuldade, os emissores do Cerro de São Miguel em Faro/Olhão.
Para além disso, sempre ouvi dizer por pessoas ligadas à rádio da região, que em Marrocos, não existe uma potência delineada pela ANACOM de lá, e por isso, quase qualquer rádio injeta se necessário uns 15 ou 20 mil watts em cada emissor (também não sei até que ponto isto é verídico).
Juntando isso, ao efeito do mar, esse é o motivo das rádios marroquinas chegarem aqui quase metade do ano.
De qualquer das formas, continuo na minha, não acho que fosse necessário uma mudança de frequência, nem um aumento de potência, no máximo, uma microcobertura em Albufeira, que chegasse até perto de Vilamoura/Quarteira, já ajudaria a resolver (ou então reativarem o emissor de Onda Média em Vilamoura).
Mas desses 6 meses, só em Julho e Agosto é que as rádios marroquinas dão mais trabalho às portuguesas.
Por 2 meses, não creio que seja necessário isso tudo

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5110
  • Não calem os 105.3!
Os 99.7 da Cidade é que deviam pedir alteração de frequência da R.A.I Andalucia que emite nos 99.6 desde Huelva. A partir de Olhão, dependendo da propagação já começam a fazer moça na Cidadefm e em Tavira já se torna impossível escutar os 99.7.

Esses 99.6 já se ouvem em Albufeira, mas ai ainda são eles que sofrem a pressão da Cidade do Cerro de S. Miguel. Outros emissores que deixam bom sinal no Verão na zona de Albufeira (presumo que de Inverno não) são os de Xerez de La Frontera, nomeadamente os da RNE, melhor que os das privadas.


Mas as interferências só se fazem sentir mais, a partir de Albufeira para Sotavento, e aí, já é possível captar, ainda que com alguma dificuldade, os emissores do Cerro de São Miguel em Faro/Olhão.
Para além disso, sempre ouvi dizer por pessoas ligadas à rádio da região, que em Marrocos, não existe uma potência delineada pela ANACOM de lá, e por isso, quase qualquer rádio injeta se necessário uns 15 ou 20 mil watts em cada emissor (também não sei até que ponto isto é verídico).
Juntando isso, ao efeito do mar, esse é o motivo das rádios marroquinas chegarem aqui quase metade do ano.
De qualquer das formas, continuo na minha, não acho que fosse necessário uma mudança de frequência, nem um aumento de potência, no máximo, uma microcobertura em Albufeira, que chegasse até perto de Vilamoura/Quarteira, já ajudaria a resolver (ou então reativarem o emissor de Onda Média em Vilamoura).
Mas desses 6 meses, só em Julho e Agosto é que as rádios marroquinas dão mais trabalho às portuguesas.
Por 2 meses, não creio que seja necessário isso tudo

Sim, Marrocos é uma espécie de país sem rei nem roque, como se viu recentemente aquando do terramoto. O monarca vive em Paris, nem sequer me acredito que exista uma autoridade de facto, de jure certamente haverá, que se preocupe com estas questões.
Agora, sobre o efeito nos 98.6, para te ser sincero até acho que são mais afetados em Portimão do que em Albufeira. Quem sai da praia do Amado em Portimão, vê as antenas da Fóia no alto da Serra de Monchique (https://www.google.com/maps/@37.1195446,-8.5506788,3a,42.5y,349.41h,89.76t/data=!3m6!1e1!3m4!1sDb_NOih77yV-ARLrC_XTXA!2e0!7i16384!8i8192?entry=ttu), estão mais ao menos escondidas atrás do poste de eletricidade do link acima, e chegava-me a acontecer, quer com o carro, quer com o telemóvel, de o RDS mudar para a COR-MED6. Andando em direção à praia da Rocha, chegou-me a ir buscar a Madeira, quer na RR, quer na RFM, mesmo com a Comercial em 88.1, tal a força da religiosa marroquina. Em Albufeira, já tens os 103.8 de S. Miguel, é zona de transição entre emissores, ambos se escutam, se não for um, vai o outro à chamada. É certo que os 103.8 também apanham com a ASWAT, mas menos que a da Fóia. O emissor da COR-MED6 é de Casablanca, mesmo junto ao mar, longitudinalmente, está no mesmo meridiano de Faro. O da ASWAT idem, mas está para o interior, em Settat, perde a pujança do efeito mar.
Sem dúvida a RR é a mais prejudicada de todas as nacionais no Algarve, a RFM a única estação que não sente de todo o efeito Marrocos, nos dois emissores. Na praia do Amado (Portimão), mesmo no areal, como escrevi aqui em agosto do ano passado, só há três rádios portuguesas que se ouvem bem, RFM 104.9 (na perfeição), Antena 3 101.9 e M80 107.1. A Antena 2 é escutável em 91.5 com algum desconforto, assim como a Alvor em 90.1, tudo o resto, dá mais Marrocos que Portugal, frizando que a minha experiência de escuta é no Verão.
Para que se tenha uma ideia, junto ao Pingo Doce do centro de Portimão chegou-me a acontecer o caricato do autoradio ir buscar 106.0 Lousã, isto por volta das 9h da manhã, sendo certo que o efeito Marrocos é muito mais sentido a partir da tarde.
« Última modificação: Outubro 25, 2023, 03:01:42 pm por pdnf »
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

Luis Carvalho

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1373
  • Façam a TSF Grande Outra Vez!
Solução ovo de Colombo: a RTP, a RR e a Bauer instalarem retransmissores das rádios nacionais na zona de Albufeira, que servisse a região de transição entre o Barlavento e o Sotavento algarvio, complementando os sinais da Fóia e de S. Miguel. Convinha, obviamente, que fosse numa elevação, que permitisse melhorar o conforto de escuta de Portimão até Albufeira, pelo menos.
Cumprimentos,
Luís Carvalho

Administrador do "Fórum da Rádio"

nelsonsoares

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 336
Os 99.7 da Cidade é que deviam pedir alteração de frequência da R.A.I Andalucia que emite nos 99.6 desde Huelva. A partir de Olhão, dependendo da propagação já começam a fazer moça na Cidadefm e em Tavira já se torna impossível escutar os 99.7.

Esses 99.6 já se ouvem em Albufeira, mas ai ainda são eles que sofrem a pressão da Cidade do Cerro de S. Miguel. Outros emissores que deixam bom sinal no Verão na zona de Albufeira (presumo que de Inverno não) são os de Xerez de La Frontera, nomeadamente os da RNE, melhor que os das privadas.


Mas as interferências só se fazem sentir mais, a partir de Albufeira para Sotavento, e aí, já é possível captar, ainda que com alguma dificuldade, os emissores do Cerro de São Miguel em Faro/Olhão.
Para além disso, sempre ouvi dizer por pessoas ligadas à rádio da região, que em Marrocos, não existe uma potência delineada pela ANACOM de lá, e por isso, quase qualquer rádio injeta se necessário uns 15 ou 20 mil watts em cada emissor (também não sei até que ponto isto é verídico).
Juntando isso, ao efeito do mar, esse é o motivo das rádios marroquinas chegarem aqui quase metade do ano.
De qualquer das formas, continuo na minha, não acho que fosse necessário uma mudança de frequência, nem um aumento de potência, no máximo, uma microcobertura em Albufeira, que chegasse até perto de Vilamoura/Quarteira, já ajudaria a resolver (ou então reativarem o emissor de Onda Média em Vilamoura).
Mas desses 6 meses, só em Julho e Agosto é que as rádios marroquinas dão mais trabalho às portuguesas.
Por 2 meses, não creio que seja necessário isso tudo

Sim, Marrocos é uma espécie de país sem rei nem roque, como se viu recentemente aquando do terramoto. O monarca vive em Paris, nem sequer me acredito que exista uma autoridade de facto, de jure certamente haverá, que se preocupe com estas questões.
Agora, sobre o efeito nos 98.6, para te ser sincero até acho que são mais afetados em Portimão do que em Albufeira. Quem sai da praia do Amado em Portimão, vê as antenas da Fóia no alto da Serra de Monchique (https://www.google.com/maps/@37.1195446,-8.5506788,3a,42.5y,349.41h,89.76t/data=!3m6!1e1!3m4!1sDb_NOih77yV-ARLrC_XTXA!2e0!7i16384!8i8192?entry=ttu), estão mais ao menos escondidas atrás do poste de eletricidade do link acima, e chegava-me a acontecer, quer com o carro, quer com o telemóvel, de o RDS mudar para a COR-MED6. Andando em direção à praia da Rocha, chegou-me a ir buscar a Madeira, quer na RR, quer na RFM, mesmo com a Comercial em 88.1, tal a força da religiosa marroquina. Em Albufeira, já tens os 103.8 de S. Miguel, é zona de transição entre emissores, ambos se escutam, se não for um, vai o outro à chamada. É certo que os 103.8 também apanham com a ASWAT, mas menos que a da Fóia. O emissor da COR-MED6 é de Casablanca, mesmo junto ao mar, longitudinalmente, está no mesmo meridiano de Faro. O da ASWAT idem, mas está para o interior, em Settat, perde a pujança do efeito mar.
Sem dúvida a RR é a mais prejudicada de todas as nacionais no Algarve, a RFM a única estação que não sente de todo o efeito Marrocos, nos dois emissores. Na praia do Amado (Portimão), mesmo no areal, como escrevi aqui em agosto do ano passado, só há três rádios portuguesas que se ouvem bem, RFM 104.9 (na perfeição), Antena 3 101.9 e M80 107.1. A Antena 2 é escutável em 91.5 com algum desconforto, assim como a Alvor em 90.1, tudo o resto, dá mais Marrocos que Portugal, frizando que a minha experiência de escuta é no Verão.
Para que se tenha uma ideia, junto ao Pingo Doce do centro de Portimão chegou-me a acontecer o caricato do autoradio ir buscar 106.0 Lousã, isto por volta das 9h da manhã, sendo certo que o efeito Marrocos é muito mais sentido a partir da tarde.
Em relação aos 99.7 da Cidade, o emissor não está no Cerro de São Miguel, mas sim no Cerro do Alfeição (um pouco mais para Barlavento).
Em relação ao que relataste, eu sou de Portimão, excetuando os 4 anos que andei pelo norte (3 no Porto e 1 em Mirandela), sempre vivi aqui.
Nunca lidei com nenhuma situação desse género por aqui.
Há efetivamente dificuldades no verão em captar as rádios portuguesas no Algarve, mas concretamente em Portimão, e tendo em conta a proximidade que tem à Serra de Monchique, nunca tive problemas do género.
Para ser sincero, onde começo a ter esses problemas de conflitos Portugal vs Marrocos entre rádios nas mesmas frequências, é entre Armação de Pêra e Albufeira, por alguma distância da Serra de Monchique, a esta região.

Solução ovo de Colombo: a RTP, a RR e a Bauer instalarem retransmissores das rádios nacionais na zona de Albufeira, que servisse a região de transição entre o Barlavento e o Sotavento algarvio, complementando os sinais da Fóia e de S. Miguel. Convinha, obviamente, que fosse numa elevação, que permitisse melhorar o conforto de escuta de Portimão até Albufeira, pelo menos.
Não diria melhor.
Mas mesmo assim, para ser sincero, acho que é evitável.
Provavelmente há zonas do país em que é mais necessário emissores desses 3 grupos, do que em Albufeira.
Mas é só uma opinião, e vale aquilo que vale.
« Última modificação: Outubro 25, 2023, 05:33:05 pm por nelsonsoares »

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5110
  • Não calem os 105.3!
Os 99.7 da Cidade é que deviam pedir alteração de frequência da R.A.I Andalucia que emite nos 99.6 desde Huelva. A partir de Olhão, dependendo da propagação já começam a fazer moça na Cidadefm e em Tavira já se torna impossível escutar os 99.7.

Esses 99.6 já se ouvem em Albufeira, mas ai ainda são eles que sofrem a pressão da Cidade do Cerro de S. Miguel. Outros emissores que deixam bom sinal no Verão na zona de Albufeira (presumo que de Inverno não) são os de Xerez de La Frontera, nomeadamente os da RNE, melhor que os das privadas.


Mas as interferências só se fazem sentir mais, a partir de Albufeira para Sotavento, e aí, já é possível captar, ainda que com alguma dificuldade, os emissores do Cerro de São Miguel em Faro/Olhão.
Para além disso, sempre ouvi dizer por pessoas ligadas à rádio da região, que em Marrocos, não existe uma potência delineada pela ANACOM de lá, e por isso, quase qualquer rádio injeta se necessário uns 15 ou 20 mil watts em cada emissor (também não sei até que ponto isto é verídico).
Juntando isso, ao efeito do mar, esse é o motivo das rádios marroquinas chegarem aqui quase metade do ano.
De qualquer das formas, continuo na minha, não acho que fosse necessário uma mudança de frequência, nem um aumento de potência, no máximo, uma microcobertura em Albufeira, que chegasse até perto de Vilamoura/Quarteira, já ajudaria a resolver (ou então reativarem o emissor de Onda Média em Vilamoura).
Mas desses 6 meses, só em Julho e Agosto é que as rádios marroquinas dão mais trabalho às portuguesas.
Por 2 meses, não creio que seja necessário isso tudo

Sim, Marrocos é uma espécie de país sem rei nem roque, como se viu recentemente aquando do terramoto. O monarca vive em Paris, nem sequer me acredito que exista uma autoridade de facto, de jure certamente haverá, que se preocupe com estas questões.
Agora, sobre o efeito nos 98.6, para te ser sincero até acho que são mais afetados em Portimão do que em Albufeira. Quem sai da praia do Amado em Portimão, vê as antenas da Fóia no alto da Serra de Monchique (https://www.google.com/maps/@37.1195446,-8.5506788,3a,42.5y,349.41h,89.76t/data=!3m6!1e1!3m4!1sDb_NOih77yV-ARLrC_XTXA!2e0!7i16384!8i8192?entry=ttu), estão mais ao menos escondidas atrás do poste de eletricidade do link acima, e chegava-me a acontecer, quer com o carro, quer com o telemóvel, de o RDS mudar para a COR-MED6. Andando em direção à praia da Rocha, chegou-me a ir buscar a Madeira, quer na RR, quer na RFM, mesmo com a Comercial em 88.1, tal a força da religiosa marroquina. Em Albufeira, já tens os 103.8 de S. Miguel, é zona de transição entre emissores, ambos se escutam, se não for um, vai o outro à chamada. É certo que os 103.8 também apanham com a ASWAT, mas menos que a da Fóia. O emissor da COR-MED6 é de Casablanca, mesmo junto ao mar, longitudinalmente, está no mesmo meridiano de Faro. O da ASWAT idem, mas está para o interior, em Settat, perde a pujança do efeito mar.
Sem dúvida a RR é a mais prejudicada de todas as nacionais no Algarve, a RFM a única estação que não sente de todo o efeito Marrocos, nos dois emissores. Na praia do Amado (Portimão), mesmo no areal, como escrevi aqui em agosto do ano passado, só há três rádios portuguesas que se ouvem bem, RFM 104.9 (na perfeição), Antena 3 101.9 e M80 107.1. A Antena 2 é escutável em 91.5 com algum desconforto, assim como a Alvor em 90.1, tudo o resto, dá mais Marrocos que Portugal, frizando que a minha experiência de escuta é no Verão.
Para que se tenha uma ideia, junto ao Pingo Doce do centro de Portimão chegou-me a acontecer o caricato do autoradio ir buscar 106.0 Lousã, isto por volta das 9h da manhã, sendo certo que o efeito Marrocos é muito mais sentido a partir da tarde.
Em relação aos 99.7 da Cidade, o emissor não está no Cerro de São Miguel, mas sim no Cerro do Alfeição (um pouco mais para Barlavento).
Em relação ao que relataste, eu sou de Portimão, excetuando os 4 anos que andei pelo norte (3 no Porto e 1 em Mirandela), sempre vivi aqui.
Nunca lidei com nenhuma situação desse género por aqui.
Há efetivamente dificuldades no verão em captar as rádios portuguesas no Algarve, mas concretamente em Portimão, e tendo em conta a proximidade que tem à Serra de Monchique, nunca tive problemas do género.
Para ser sincero, onde começo a ter esses problemas de conflitos Portugal vs Marrocos entre rádios nas mesmas frequências, é entre Armação de Pêra e Albufeira, por alguma distância da Serra de Monchique, a esta região.

Solução ovo de Colombo: a RTP, a RR e a Bauer instalarem retransmissores das rádios nacionais na zona de Albufeira, que servisse a região de transição entre o Barlavento e o Sotavento algarvio, complementando os sinais da Fóia e de S. Miguel. Convinha, obviamente, que fosse numa elevação, que permitisse melhorar o conforto de escuta de Portimão até Albufeira, pelo menos.
Não diria melhor.
Mas mesmo assim, para ser sincero, acho que é evitável.
Provavelmente há zonas do país em que é mais necessário emissores desses 3 grupos, do que em Albufeira.
Mas é só uma opinião, e vale aquilo que vale.

Certíssimo nunca vamos ter a perfeição, como o Luís refere e bem, há sempre um prédio, um obstáculo, uma zona de sombra.
Com quem conhece o terreno, não contesto, naturalmente, porque sim, pode ser o caso de ser uma semana de forte propagação, se o dizes, acredito que não seja essa a situação.
PS: Meti na cabeça que é a RUA que está na Alfeição, é difícil lembrar-me são 600km de distância.  ;D ;D
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

pdf

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 603
Interferências de estações estrangeiras sobre as rádios portuguesas no Algarve
« Responder #10 em: Outubro 25, 2023, 10:29:02 pm »
Acho que isto é um não problema. São situações pontuais.

O espectro nunca vai estar 100% sem colisões. Há inúmeros casos destes fronteira fora.

Agrava-se obviamente em meses de propagação.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

sintonia

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 159
Na zona costeira do Barlavento Algarvio, a partir do sol posto, as rádios marroquinas chegam a ouvir-se melhor (com som mais nítido e sem interferências) do que qualquer uma das rádios locais/regionais e nacionais com emissão na região.
Qualquer dia já falo e rezo e canto em árabe com tanta audição de rádio vinda de Marrocos ;D

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5110
  • Não calem os 105.3!
Na zona costeira do Barlavento Algarvio, a partir do sol posto, as rádios marroquinas chegam a ouvir-se melhor (com som mais nítido e sem interferências) do que qualquer uma das rádios locais/regionais e nacionais com emissão na região.
Qualquer dia já falo e rezo e canto em árabe com tanta audição de rádio vinda de Marrocos ;D

Há dois anos seguidos que vou para o Algarve, um ano para Portimão, outro para Albufeira, e nem é preciso chegar à noite, diria que mais ao menos a partir das 15h se começa a sentir muito isso. À noite então, é uma Festa. As únicas que estão bem protegidas são a RFM em 104.9 (a única que se puve perfeitamente, por exemplo na Praia do Amado em Portimão) e a Antena 3 e M80. A RR então, é uma desgraça, empastelada pela CORMED-6, ouve-se mais a reza para Meca do que o Terço. Era a que mais urgentemente, a meu ver, necessitava de uma nova frequência.
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

sintonia

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 159
A RR então, é uma desgraça, empastelada pela CORMED-6, ouve-se mais a reza para Meca do que o Terço.

Ó homem, com frases destas não canso de me rir! ;D ;D ;D

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5110
  • Não calem os 105.3!
A RR então, é uma desgraça, empastelada pela CORMED-6, ouve-se mais a reza para Meca do que o Terço.

Ó homem, com frases destas não canso de me rir! ;D ;D ;D

O termo empastelamento é mesmo "técnico", salvo erro vem dos tempos da OC e do Bloco de Leste em que a URSS metia em cima de emissores do Ocidente a dar música para evitar que os locais ouvissem o que se passava do lado de lá do Muro de Berlim. Certamente coincidência, pelo aproximar do fim de tarde, mas quando começava a dar o Terço, começava a ficar mesmo muito difícil ouvir a RR. Devo ainda ter ai algures perdido no telefone um áudio em que no meio do em nome do... aparece um Allãh! É que a rádio que está em 98.6 é justamente a Emissora Islâmica Marroquina, que apesar de ser pública, é a rádio religiosa de Marrocos, o equivalente, mais do que à RR, à Rádio Maria.

Uma curiosidade que hei de tirar um dia: em Marrocos, na costa, ouvir-se-ão os emissores da Fóia e de São Miguel?
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.