Autor Tópico: Pirata na região de Estarreja  (Lida 17527 vezes)

ouvinte

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 382
Re: Pirata na região de Estarreja
« Responder #30 em: Dezembro 05, 2021, 10:48:03 pm »
A voz que se vai ouvindo é bem conhecida de São João da Madeira...
Acho completamente "sem noção" esta malta que se aventura com este grau de exposição.
É, para mim, para lá de estúpido.

Fazem entrevistas ao circo que está na terra, fecham alegados contratos de publicidade... não tarda estão a pedir um apoiozinho a uma junta de freguesia

edit: Já agora, o sinal horário que ouvi é o mesmo da extinta Rádio Regional Saojoanense.
« Última modificação: Dezembro 05, 2021, 11:11:44 pm por ouvinte »

Luis Carvalho

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1413
  • Façam a TSF Grande Outra Vez!
Re: Pirata na região de Estarreja
« Responder #31 em: Dezembro 05, 2021, 11:07:58 pm »
A voz que se vai ouvindo é bem conhecida de São João da Madeira...
Acho completamente "sem noção" esta malta que se aventura com este grau de exposição.
É, para mim, para lá de estúpido.

Fazem entrevistas ao circo que está na terra, fecham alegados contratos de publicidade... não tarde estão a pedir um apoiozinho a uma junta de freguesia

edit: Já agora, o sinal horário que ouvi é o mesmo da extinta Rádio Regional Saojoanense.

Já nem é um acto de rebeldia, é querer manter uma rádio pirata à margem da lei, sem se preocupar com a exposição. Um dia recebem a visita da PSP/GNR e vão ter a agradável surpresa de verem apreendidos os equipamentos e serem detidos... Eles lá sabem, mas parece-me que estão a brincar com o fogo.
Cumprimentos,
Luís Carvalho

Administrador do "Fórum da Rádio"

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5460
  • Foi a Rádio que fez Abril!
Re: Pirata na região de Estarreja
« Responder #32 em: Dezembro 06, 2021, 02:41:22 am »
Algumas considerações:

1. Probabilidade de encerramento: a menos que haja uma denúncia, dificilmente a rádio deixará de emitir. Primeiramente, porque está longe de Lisboa, e a ANACOM não se vai chatear a vir cá acima. Ainda mais, a área de influência está numa área de transição entre a AMP e a CIM de Aveiro, e de transição entre urbano/rural, logo de jurisdição da PSP/GNR. Se pensarmos bem, a Voz do Neiva é pirata há quantos anos? Já há decisão transitada em julgado e continua a operar como dantes, sem que ninguém se chateie muito com isso.

2. Poder económico: uma estação que tem uma rede de anunciantes e de publicidade já bem estruturada (qual seria o intuito de ter um anúncio do Lidl gravado da Comercial?) acham mesmo que não tem o beneplácito do Sr. Presidente da Câmara Municipal de São João da Madeira e de Oliveira de Azeméis? Claramente que sim, e isso é meio caminho andado para ninguém chatear.  Doutro modo, anunciavam as duas frequências assim publicamente? Para além disso, quantas são as rádios locais que detêm dois emissores? Os custos com eletricidade ainda pesam. Estão a contratar locutores. Há aqui dinheiro envolvido e não será pouco. Pelo que descrevem, parece-me uma tentativa clara de colmatar um espaço no éter que ficou vazio com o fim da Rádio Regional Sanjoanense e conversão em retransmissor da Observador. Já agora, a antena é a mesma para ambas as frequências, 100.6 e 107.0? A emissão é a mesma?

3. A Rádio Verónica (a legítima holandesa) tem algo a haver com este projeto? Se olharmos para o logo, seria tentado a dizer que sim. Se não tiverem, é um problema adicional, para além de estarem a operar uma frequência ilegalmente, é uso abusivo de marca registada na UE, o que constitui um crime. Mas algo me diz que terá. A Rádio Verónica tem interesses em Portugal e Espanha, nomeadamente, pelo que apurei, é detentora dos direitos do The Voice nestes dois países, e pretendia expandir-se para a operação de média cá na península. Algo me diz que vem aí luta.

4. Afirmam em vários posts no FB que são a rádio mais ouvida de Portugal...  ;D ;D ; Comercial, põe-te a toques! Nota ainda que várias vezes anunciam que emitem em 106.0! Se for erro, ok! Se for mais um emissor, aí o caso muda de figura, porque é a frequência para a cidade da RR e as emissoras nacionais, em caso algum devem ser prejudicadas por projetos piratas.

5. Qual o impacto nas frequências vizinhas? Em 100.6, parece-me o maior potencial de estragos na Mundial FM em 100.5. Mas em 100.6 na Voz de Basto e na Nazaré FM não afetou a receção? Na A3 da Guarda acho pouco provável que haja dano. Nos 107.0, algum stress com a TSF do Sameiro, sendo certo que aí respondem maioritariamente os 107.4 e os 105.3?

Finalmente, os 101.9 e os 102.9 referidos pelo pdf ainda operam ou foram teste?
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

joao.rosa.10004

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 88
Re: Pirata na região de Estarreja
« Responder #33 em: Dezembro 06, 2021, 03:43:55 am »
Algumas considerações:

1. Probabilidade de encerramento: a menos que haja uma denúncia, dificilmente a rádio deixará de emitir. Primeiramente, porque está longe de Lisboa, e a ANACOM não se vai chatear a vir cá acima. Ainda mais, a área de influência está numa área de transição entre a AMP e a CIM de Aveiro, e de transição entre urbano/rural, logo de jurisdição da PSP/GNR. Se pensarmos bem, a Voz do Neiva é pirata há quantos anos? Já há decisão transitada em julgado e continua a operar como dantes, sem que ninguém se chateie muito com isso.

2. Poder económico: uma estação que tem uma rede de anunciantes e de publicidade já bem estruturada (qual seria o intuito de ter um anúncio do Lidl gravado da Comercial?) acham mesmo que não tem o beneplácito do Sr. Presidente da Câmara Municipal de São João da Madeira e de Oliveira de Azeméis? Claramente que sim, e isso é meio caminho andado para ninguém chatear.  Doutro modo, anunciavam as duas frequências assim publicamente? Para além disso, quantas são as rádios locais que detêm dois emissores? Os custos com eletricidade ainda pesam. Estão a contratar locutores. Há aqui dinheiro envolvido e não será pouco. Pelo que descrevem, parece-me uma tentativa clara de colmatar um espaço no éter que ficou vazio com o fim da Rádio Regional Sanjoanense e conversão em retransmissor da Observador. Já agora, a antena é a mesma para ambas as frequências, 100.6 e 107.0? A emissão é a mesma?

3. A Rádio Verónica (a legítima holandesa) tem algo a haver com este projeto? Se olharmos para o logo, seria tentado a dizer que sim. Se não tiverem, é um problema adicional, para além de estarem a operar uma frequência ilegalmente, é uso abusivo de marca registada na UE, o que constitui um crime. Mas algo me diz que terá. A Rádio Verónica tem interesses em Portugal e Espanha, nomeadamente, pelo que apurei, é detentora dos direitos do The Voice nestes dois países, e pretendia expandir-se para a operação de média cá na península. Algo me diz que vem aí luta.

4. Afirmam em vários posts no FB que são a rádio mais ouvida de Portugal...  ;D ;D ; Comercial, põe-te a toques! Nota ainda que várias vezes anunciam que emitem em 106.0! Se for erro, ok! Se for mais um emissor, aí o caso muda de figura, porque é a frequência para a cidade da RR e as emissoras nacionais, em caso algum devem ser prejudicadas por projetos piratas.

5. Qual o impacto nas frequências vizinhas? Em 100.6, parece-me o maior potencial de estragos na Mundial FM em 100.5. Mas em 100.6 na Voz de Basto e na Nazaré FM não afetou a receção? Na A3 da Guarda acho pouco provável que haja dano. Nos 107.0, algum stress com a TSF do Sameiro, sendo certo que aí respondem maioritariamente os 107.4 e os 105.3?

Finalmente, os 101.9 e os 102.9 referidos pelo pdf ainda operam ou foram teste?
As frequências 100.6 e 107.0 emitem programaçao distinta, pelo menos na altura que as escuto. Ambas anunciam-se como rádio verónica e transmitem os mesmos blocos publicitários.

A menos que alguma dessas frequências seja transmitida com antena direcional e a outra omnidirecional, diria que transmitem de pontos geográficos distintos, como já mencionei.

Os 100.5 não fazem mossa, muito menos as existentes nos 100.6 que nem na região chegam.

Os 107 também escutam-se relativamente bem na zona que já descrevi.

De fato, a voz que se escuta parece-me conhecida.. não sei se por fazer parte do "projeto" ou se por ter gravado os comerciais. Já alguém mencionou que a voz não lhe é estranha, também me parece.

Duvido que a Veronica "original" esteja metida nisto. É uma empresa credível lá fora. Era um tiro no escuro, no fundo participaria de uma ilegalidade. Ganharia o quê?

Nos 101,9 não há qualquer transmissão, pelo menos nos últimos dias. Nunca lá escutei nada de irregular.

Nos 102,9 transmite uma outra rádio, musica portuguesa na maior parte do tempo. Esta sim, deixa-me curioso pois escuto-a, circulando pela N1, desde o Pinheiro da Bemposta até algures na A25. Na Branca e Albergaria escuta-se muito bem, embora pareça que vem de algures mais a Oeste (Estarreja/Salreu).

E assim está o panorama no distrito de Aveiro!..

AG

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2733
  • NSTALGIA
Re: Pirata na região de Estarreja
« Responder #34 em: Dezembro 06, 2021, 10:41:07 am »
A voz parece-me ser (para não dizer que é) do António Santos que fez parte da Regional Sanjoanense.

Por acaso, gostava de ouvir a Veronica aqui em Portugal. É uma das rádios online que ouço regularmente, é uma boa rádio de oldies e iria fazer mossa na nossa M80.

Memorias da Radio

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 3075
Re: Pirata na região de Estarreja
« Responder #35 em: Dezembro 06, 2021, 11:52:18 am »
Algumas considerações:

?

1. A Voz do Neiva ainda outro dia fechou um contrato público... Bom ponto o da Anacom, se bem que isso nunca impediu de eles andarem a fazê-lo nos anos 80; mas acho que dificilmente colhe a argumentação de ser "zona de transição" porque está bem delimitado o que é AMP e o que é região de Aveiro nessa divisão, fora que acho que até é irrelevante. Mais importante será a divisão PSP/GNR dificultar o que seja no terreno. Relembrar também que isto não é uma pirata no centro do Porto, logo mais difícil de ser relevante. E reforço: desde que haja cuidado a escolher frequências e responsabilidade, não vejo porque não continuar.

2. Para não dizer pior, toda essa frase do Lidl e da gravação e do beneplácito de presidentes da câmara é de uma ingenuidade que não tenho palavras. As coisas não funcionam assim pura e simplesmente. O beneplácito vale zero quando a atuação, a ser feita, é do poder central em Lisboa; em Espanha é que é do poder local e aí sim é que há diferença.

Dinheiro há algum, mas é uma local, não se ache que é nada de magnata.

O fim da RRS, sei-o eu, foi sempre encarado com bastante desgosto por várias figuras sanjoanenses e mesmo feirenses, não só da rádio mas fora dela. Porque era vista como uma local decente, a Informédia Rádio é comparativamente menos amada e é às vezes quase uma "figura de um homem só", mas eu entendo bem porquê e basta ouvirem a antena da estação que entendem logo.

A antena não é a mesma e a emissão é diferente, num canal mais dance, noutra mais clássica/calma.

3. A Rádio Verónica tem zero que ver com isto e toda a (nada plausível) dissertação sobre potenciais questões da Veronica cai em saco roto com esse simples conceito.

4. Errado uma vez mais, a frequência da RR na zona varia entre 93.7, 106.0 e 102.5, não há uma frequência, há três (ok, passa mais tempo nas duas últimas que na primeira).

5. A frequência da Mundial FM nem sequer passa da Bairrada em condições... a captação estável termina em Águeda. A Nazaré FM não se capta fora do eixo Nazaré - Marinha Grande. A Voz de Basto não chega nem remotamente a esta zona, aliás, em Espinho já é quase nula. As questões de interferências não se colocam, o legislador sabia o que andava a fazer. As frequências de Braga não chegam quase nenhuma a Aveiro, e o inverso também é verdade, a zona de fronteira máxima andando pela Trofa/Famalicão por questões de relevo de terreno, elevada distância e múltiplos centros urbanos pela frente entre os quais o Porto.

TSF não sofre problemas em 106.9, aliás, acontece mais o inverso que é afetar a dita pirata, mas de qualquer maneira está já longíssimo da sua área de ação e a avaliar pela excelente atenção que tem sido dada à área técnica duvido que dali saia o que quer que seja na TSF.

Precisas mesmo de ir dar uma volta por Aveiro para perceberes em condições a dinâmica, de fora parece mas não é assim tão simples...

A voz parece-me ser (para não dizer que é) do António Santos que fez parte da Regional Sanjoanense.

Por acaso, gostava de ouvir a Veronica aqui em Portugal. É uma das rádios online que ouço regularmente, é uma boa rádio de oldies e iria fazer mossa na nossa M80.

Também penso que seja dele, não tenho a certeza, mas penso que sim.

Mas meterem o sinal horário da Regional Sanjoanense... *facepalm*
« Última modificação: Dezembro 06, 2021, 11:56:28 am por Memorias da Radio »

joao.rosa.10004

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 88
Re: Pirata na região de Estarreja
« Responder #36 em: Dezembro 06, 2021, 11:54:32 am »
O António Santos não está na RCF??

Memorias da Radio

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 3075
Re: Pirata na região de Estarreja
« Responder #37 em: Dezembro 06, 2021, 11:59:07 am »

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5460
  • Foi a Rádio que fez Abril!
Re: Pirata na região de Estarreja
« Responder #38 em: Dezembro 06, 2021, 02:10:37 pm »
Algumas considerações:

?

1. A Voz do Neiva ainda outro dia fechou um contrato público... Bom ponto o da Anacom, se bem que isso nunca impediu de eles andarem a fazê-lo nos anos 80; mas acho que dificilmente colhe a argumentação de ser "zona de transição" porque está bem delimitado o que é AMP e o que é região de Aveiro nessa divisão, fora que acho que até é irrelevante. Mais importante será a divisão PSP/GNR dificultar o que seja no terreno. Relembrar também que isto não é uma pirata no centro do Porto, logo mais difícil de ser relevante. E reforço: desde que haja cuidado a escolher frequências e responsabilidade, não vejo porque não continuar.

2. Para não dizer pior, toda essa frase do Lidl e da gravação e do beneplácito de presidentes da câmara é de uma ingenuidade que não tenho palavras. As coisas não funcionam assim pura e simplesmente. O beneplácito vale zero quando a atuação, a ser feita, é do poder central em Lisboa; em Espanha é que é do poder local e aí sim é que há diferença.

Dinheiro há algum, mas é uma local, não se ache que é nada de magnata.

O fim da RRS, sei-o eu, foi sempre encarado com bastante desgosto por várias figuras sanjoanenses e mesmo feirenses, não só da rádio mas fora dela. Porque era vista como uma local decente, a Informédia Rádio é comparativamente menos amada e é às vezes quase uma "figura de um homem só", mas eu entendo bem porquê e basta ouvirem a antena da estação que entendem logo.

A antena não é a mesma e a emissão é diferente, num canal mais dance, noutra mais clássica/calma.

3. A Rádio Verónica tem zero que ver com isto e toda a (nada plausível) dissertação sobre potenciais questões da Veronica cai em saco roto com esse simples conceito.

4. Errado uma vez mais, a frequência da RR na zona varia entre 93.7, 106.0 e 102.5, não há uma frequência, há três (ok, passa mais tempo nas duas últimas que na primeira).

5. A frequência da Mundial FM nem sequer passa da Bairrada em condições... a captação estável termina em Águeda. A Nazaré FM não se capta fora do eixo Nazaré - Marinha Grande. A Voz de Basto não chega nem remotamente a esta zona, aliás, em Espinho já é quase nula. As questões de interferências não se colocam, o legislador sabia o que andava a fazer. As frequências de Braga não chegam quase nenhuma a Aveiro, e o inverso também é verdade, a zona de fronteira máxima andando pela Trofa/Famalicão por questões de relevo de terreno, elevada distância e múltiplos centros urbanos pela frente entre os quais o Porto.

TSF não sofre problemas em 106.9, aliás, acontece mais o inverso que é afetar a dita pirata, mas de qualquer maneira está já longíssimo da sua área de ação e a avaliar pela excelente atenção que tem sido dada à área técnica duvido que dali saia o que quer que seja na TSF.

Precisas mesmo de ir dar uma volta por Aveiro para perceberes em condições a dinâmica, de fora parece mas não é assim tão simples...

A voz parece-me ser (para não dizer que é) do António Santos que fez parte da Regional Sanjoanense.

Por acaso, gostava de ouvir a Veronica aqui em Portugal. É uma das rádios online que ouço regularmente, é uma boa rádio de oldies e iria fazer mossa na nossa M80.

Também penso que seja dele, não tenho a certeza, mas penso que sim.

Mas meterem o sinal horário da Regional Sanjoanense... *facepalm*

1. É normal que a RVN feche contratos públicos. Enquanto não for fechada pela ANACOM e desde que não tenha dívidas ao fisco e à Segurança Social, ninguém vai chatear. Não há qualquer instituto jurídico que impeça a celebração de contratos. A bola está toda do lado da ANACOM. É um facto que a rádio emite na parte interior sul da AMP, que é completamente esquecida para lá de Espinho, e que se faz escutar já na CIM de Aveiro. Mais uma vez, se fosse em Matosinhos ou em Valongo, já para nem falar do Porto, acredita que as coisas pintavam de outra forma.

2. Como disse, claro que se fosse no Porto, Lisboa ou Coimbra a situação cantava de maneira muito diferente. Particularmente na Invicta que apanha com sinais de norte e de sul e que, portanto, fica com o espectro muito saturado, talvez até mais que Lisboa. Mas atenção a uma coisa: os autarcas, particularmente em tempos atípicos como os que estamos a viver e com eleições e listas à porta, têm muito mais influência do que o que julgamos. Por vezes, mais do que ter o poder de facto, e esse concordamos, está todo ele em Lisboa, importa a influência que se tem de facto sobre quem tem o traseiro alapado no Ministério. Particularmente nestes municípios mais pequenos, onde a comunicação social local pode ser muito útil aos autarcas. Continuo sem compreender qualquer racional económico para emitir um anúncio não pago do Lidl. É esse anúncio que vai trazer credibilidade?

3. Se a rádio Verónica não tem envolvência nisto, está a ser cometido um crime maior que o da emissão em frequência não legalmente atribuída. O uso de sinais distintivos do comércio (logotipo e marca) perjudica os legítimos detentores. E isto vale para o espaço europeu. Como desconfiava no INPI não existe qualquer pedido de registo, o que até é normal, dado estar ilegal. Acho, todavia, extemporâneo excluir a envolvência da Verónica, olhando para como começou em toda a Europa onde opera. Pelo que li, até com a RAI teve problemas de andar a emitir em cima de frequências deles, e a "luta" acabou por fazer vencer para o lado da pirata. A ver vamos, mas vou tentar averiguar.

4. Estive em São João da Madeira em julho e andei com a RR no carro, sempre em 106.0. Só à saída de SJ junto à Arrifana, ao entrar na A32 é que começou a sofrer umas entradas da Antena Minha e trocou para 93.7, mas voltando logo aos 106.0, quase até ao nó do Olival, o que até me espantou. A TSF não é problemática, como referes até pelos problemas que tem o emissor do Sameiro, mas também porque tem muito melhores frequências na região. Quanto aos 100.6, atenção que na zona da Murtosa, no Verão apanhei duas vezes a SER, consultados os meus registos.
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

ouvinte

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 382
Re: Pirata na região de Estarreja
« Responder #39 em: Dezembro 06, 2021, 02:36:51 pm »
Acabou-se o mistério, o próprio ainda se exibe como gerente administrativo da “coisa”


Memorias da Radio

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 3075
Re: Pirata na região de Estarreja
« Responder #40 em: Dezembro 06, 2021, 03:46:58 pm »
E curiosamente não menciona lá a questão do Rádio Clube da Feira.

Minha nossa senhora.

Luis Carvalho

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1413
  • Façam a TSF Grande Outra Vez!
Re: Pirata na região de Estarreja
« Responder #41 em: Dezembro 06, 2021, 06:23:34 pm »
"Rádio Verónica Portugal. A sua melhor companhia de sempre. A pirata mais ouvida de São João da Madeira. Rádio Verónica, duas frequências ilegais para si: cem ponto seis, cento e sete ponto zero".(ironia)
Cumprimentos,
Luís Carvalho

Administrador do "Fórum da Rádio"

ouvinte

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 382
Re: Pirata na região de Estarreja
« Responder #42 em: Dezembro 06, 2021, 07:12:12 pm »
António Santos é um nome bastante comum, eu não sei mas o da Rádio Clube da Feira pode não ser l da Veronica.
Não sei.

AG

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2733
  • NSTALGIA
Re: Pirata na região de Estarreja
« Responder #43 em: Dezembro 06, 2021, 07:29:50 pm »
António Santos é um nome bastante comum, eu não sei mas o da Rádio Clube da Feira pode não ser l da Veronica.
Não sei.
Só conheço um, o da antiga Rádio Regional Sanjoanense, e é a voz dele.

ruicleto

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 695
Re: Pirata na região de Estarreja
« Responder #44 em: Dezembro 06, 2021, 08:50:33 pm »
A bem da qualidade e dignidade do nosso éter, e de quem paga as licenças devidas para emissão, julgo que uma autoridade nacional deverá intervir nesta situação ou noutras análogas, pois ou se está legal ou não, não havendo meio termo. Isto não é, nem poderá ser, a "República das Bananas"...