Autor Tópico: Smooth FM  (Lida 132520 vezes)

pdf

  • Visitante
Re: Smooth FM
« Responder #30 em: Setembro 05, 2016, 11:23:16 am »
Até nos tempos da Vinyl FM a frequência 103.9 MHz se ouvia de forma relativamente confortável desde a encosta norte da Serra d'Aire na A1 - Ourém - até às portagens dos Carvalhos.

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 872
Re: Smooth FM
« Responder #31 em: Setembro 05, 2016, 06:50:08 pm »
Caro “PDF”, de facto assim foi, depois da Rádio Capital, 103.9 emitiu a “Vinyl FM”, que não durou muito tempo, tendo a frequência ficado muda. Caso se verifique uma intervenção no emissor da “Vodafone”, de 103.0 para 103.9, um único emissor serve dois distritos (e as respetivas capitais), em vez de serem necessários dois emissores para a mesma finalidade. Otimizam-se recursos. Outro aspeto não de somenos importância é a potência atribuída, 2 kW, quando a maioria dos emissores “do mesmo patamar”, digamos assim, emitem com potências fraquíssimas, de 1kW ou até 0,5 kW. Caso se consiga a mesma abrangência de cobertura do emissor desativado e que utilizava 103.9, seria excelente, uma grande porção da região centro ficaria provida de sinal, mas não se esqueça que a localização do emissor da “Vodafone” não é mesma do antigo emissor, e localização conjugada com o fator altitude fazem toda a diferença. Se a alteração de frequência vier a ocorrer, uma certeza podemos ter, a cobertura radioelétrica fica significativamente otimizada, se se consegue a mesma eficácia em termos de abrangência de cobertura do antigo emissor, só é possível de constatar perante o facto consumado.

Convém esclarecer a captação de sinal de 89.5 verificada na região Oeste (distrito de Leira), descrita num post anterior. O “PDF” conhece bem este emissor, fica em linha de vista da sua residência, e importa referir que em condições normais de propagação atmosférica não se capta nada na região anteriormente aludida, simplesmente 89.5 não se faz ouvir. O que se passou naquele dia foi a conjugação de fatores atmosféricos e variações significativas de amplitude térmica que criaram uma “espécie” de amplificador de sinal. Passo a explicar, havia uma faixa estreita de nevoeiro junto ao mar, que se estendia pela costa, no seu interior a temperatura era de 18º C, fora dessa faixa a temperatura subia para 32º C e céu limpo. Percorrendo-se aquelas estradas, fora da Costa, via-se nuvens baixas e céu azul por cima (algo digno de se ver). Explico o observado da seguinte forma: a nebulosidade baixa possibilitou a propagação guiada de sinal e defletiu as ondas eletromagnéticas para terra. A natureza criou um amplificador de sinal.

Cordiais cumprimentos.

Asantosc12

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 694
Re: Smooth FM
« Responder #32 em: Setembro 05, 2016, 08:52:31 pm »
Eu moro na zona sul do Distrito de Leiria e posso afirmar que o sinal dos 92.8 chegam à parte Alta da cidade de Leiria,Maceira,Marinha Grande,São Pedro de Moel ate quase à Nazaré,perde-se o sinal total a 7/8 km. Aí deveria de entrar o emissor do Ribatejo, os 97.7 que se situa nos Casais de Maria Delfina com a potencia de 2 kW, o que é uma excelente potencia mas podia ser melhor utilizada.
O que podia acontecer era deslocar o emissor para pontos altos do Oeste como é o caso da Serra de Montejunto que tem uma altitude de 666m e onde estam instalados os emissores que servem a Região Oeste ou em outra instância a Serra dos Candeeiros,como já referi,tem uma excelente posição para os distritos de Santarém e Leiria.
Eu estive a pesquisar mais sobre o emissor que opera nos 97.7 e se não estou em erro situa-se numa planície com 6 elementos radiantes virados para o Litoral Oeste, o que acontece é que o sinal encontra uma obstrução, a Serra dos Candeeiros, que não deixa propagar nas melhores condições o sinal, consegue servir parte da EN1 e pouco mais.
Se o emissor fosse deslocado para os sítios onde anteriormente referi, os 97.7 seriam uma mais valia para a SmoothFM, primeiro conseguiam cobrir a zona que se propõem,ao seja o Ribatejo, em segundo lugar conseguiam cobrir as zonas inaudíveis que os 92.8 não chegam e ate reforçar o sinal,visto que o sinal dos emissores dessas serras chegam ate Leiria,terceiro conseguiam cobrir na perfeição a região Oeste mais uma zona onde podiam ganhar ouvintes e por último e pelo que li finalmente conseguiam ser escutados de Lisboa ao Porto,claro pela zona litoral,o que era só vantagens para a rádio e os ouvintes teriam uma outra escolha para uma viagem.
Claro que tudo isto é muito fácil de falar,mas os custos devem ser elevados,mas se a MCR quer ser lider, não pode esperar apenas resultados e melhorar o sinal da Rádio Comercial e devem também apostar em algo que o grupo R/COM não tem, acho eu que os Portugueses ficavam a ganhar.

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 872
Re: Smooth FM
« Responder #33 em: Setembro 06, 2016, 06:19:19 pm »
Caro “Ascruz12 “, subscrevo as suas considerações.

O emissor de 92.8 situa-se na Serra de S. João,  a 1000 m de altitude, próximo da fronteira do concelho de Figueiró dos Vinhos com o da Lousã, cerca de 500 m separam o local do emissor e o concelho vizinho da Lousã. Por 500 m o emissor pertence ao distrito de Leiria, 500 metros à frente já estaria no distrito de Coimbra. Com 1 kW exibe uma área de cobertura considerável e faz-se ouvir onde nenhum outro emissor em cadeia se ouve. Se percorrer a estrada Atlântica, junto à costa, ouve a emissão de 92.8 com sinal estável desde a Nazaré até Aveiro (daí para norte, desconheço como se comporta), cobre o norte do Ribatejo e daí até à área de serviço de Santarém na A1. Cobre o interior do distrito de Castelo Branco e toda a zona do Pinhal Interior Sul e boa parte do Pinhal Interior Norte. Faz-se ouvir em quase todo o distrito de Coimbra e boa parte do distrito de Aveiro, nomeadamente o sul do distrito. Por exemplo, de Coimbra a Aveiro a intensidade de receção de sinal varia de 75 a 100%, se sair no nó sul da A1 para Aveiro, tem intensidade de receção máxima (100%, sinal muito bom) até à entrada de Aveiro, é a partir desse ponto que a intensidade de sinal começa a decair. Também se faz ouvir nas localidades e respetivas estradas que ligam a Seia, na base da Serra da Estrela. Resumindo, os distritos em que é possível sintonizar 92.8 são: Leira (em parte), Santarém (em parte), Castelo Branco (em parte), Coimbra (quase na totalidade, falha o concelho de Góis – o Trevim, pico da Serra da Lousã, faz-lhe sombra) e Aveiro (em parte). Se a potência desse emissor fosse incrementada para, por exemplo 2 kW, como acontece com outros emissores que estão nesse patamar, não haveria um incremento da área de cobertura, haveria sim uma melhoria na estabilidade do sinal dentro do perímetro de cobertura que já existe. Pensava-se nos ouvintes atuais. Na cidade de Leiria e Região Oeste será necessária outra solução.  Se uma eventual deslocalização do emissor de Santarém, 97.7, para uma cota mais alta num dos concelhos vizinhos resolve o problema, nomeadamente em Leiria, provavelmente a região Oeste ficaria servida, não faço ideia (deslocalizar 97.7 para a Serra de Montejunto não me parece que seja possível, como justificar a mudança de um emissor do Ribatejo para o distrito de Lisboa).

Podemos discutir alguns aspetos da lei da rádio, que fazem dela um registo fóssil, nada adaptada às necessidades dos ouvintes de rádio do presente, mas fica para outro momento, caso se justifique.

estvmkt

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2228
Re: Smooth FM
« Responder #34 em: Setembro 06, 2016, 11:15:47 pm »
Em Viseu é que os 92.8 são autêntica desilusão...
Só na zona de Tondela,Santa Comba Dão,por exemplo,o sinal fica melhorzito.
Eu confesso que gostava de ver algumas mudança no seio do grupo MCR e acho que a meu ver,os 101.0 de Vale de Cambra estão mesmo a mais na rede Cidade,ainda para mais com emissão local (apesar de ajudarem e muito na grande Porto).
A meu ver deveriam ir para a Vodafone Fm,pois faz mais falta uma rádio mais alternativa e direcionada para um público jovem do que a Smooth.
Além de que permitiria chegar alguma coisa à zona de Viseu e complementar com os 103.0.
De referir que a minha ideia anterior de colocar os 103.0 de Cantanhede na Smooth,seria e só,caso os 101.0 emitissem a Smooth.
A meu ver,os 101.0 servem de complemento aos 103.0 de Cantanhede e têm que estar em conjunto,na mesma rádio,porque 101.0+92.8 cria-se redundância em certas zonas...
Na grande Porto,o motivo de a M80 emitir em Valongo é porque nessa região (Valongo,Santo Tirso e por aí fora) os 90.0 não chegam muito bem. Por exemplo,em Valongo o sinal era quase nulo,segundo opiniões de pessoas que moravam nesta cidade. E em Santo Tirso ganhavam os 103.8 de Fafe que os 90.0,daí o emissor de Valongo,ser um complemento ao Monte da Virgem e estar afeto à 2ª rede mais importante do grupo.

Boxx

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 937
Re: Smooth FM
« Responder #35 em: Setembro 07, 2016, 11:29:20 pm »
92,8 tem uma cobertura fantástica: hoje fiz Lx-Porto pela A1 ao som da Smooth FM com apenas 3 emissores: 103 Lisboa - 92.8 centro e 89,5 Porto. É obra!

Luis Carvalho

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1413
  • Façam a TSF Grande Outra Vez!
Re: Smooth FM
« Responder #36 em: Setembro 08, 2016, 12:18:20 am »
Voltando ao tx dos 97,7 MHz: temo que seja inviável a deslocalização do mesmo para Montejunto, porquanto o concelho de Santarém não é contíguo ao de Alenquer ou Cadaval. As possíveis alternativas seriam, a meu ver, ou a Serra de Candeeiros, ou a Serra de Aire, dentro do concelho de Alcanena (não sei exactamente onde se insere o tx da Cidade (99,3), todavia se estiver dentro do concelho, até poderiam, em princípio, partilhar a torre.
Cumprimentos,
Luís Carvalho

Administrador do "Fórum da Rádio"

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 872
Re: Smooth FM
« Responder #37 em: Setembro 08, 2016, 06:52:24 pm »
Caro “Boxx”, permita-me que o corrija. Se fosse como referiu, 92.8 teria uma eficiência energética absolutamente fora de série, um pequeno emissor de 1 kW teria o mesmo efeito de um centro emissor de 10 kW ou mais, situação análoga à das lâmpadas LED para as incandescentes, que com uma pequena fração de potência têm os mesmos efeitos de iluminação de uma lâmpada incandescente. Mas não é assim.  O que fez foram pontos de situação espaçados, sem prestar grande atenção às frequências selecionadas pelo seu autorradio. De LX –Porto, sai de Lisboa em 96.6, a partir de Aveiras, o seu recetor muda para 97.7, depois da subida para a Serra de Aire, no concelho de Alcanena, o recetor seleciona 92.8, segue a A1, passa por Fátima, e a partir da área de serviço de Leiria perde o sinal de 92.8 - não existem frequências alternativas de sintonia, está numa zona de sombra. A sul do nó de Pombal, retoma a sintonia em 92.8, segue o percurso pela A1 com o seu recetor sintonizado em 92.8 até ao momento em que o RDS muda para 89.5, Porto. Em cerca de 30 km não tem sinal ou este apresenta-se muito degradado porque falta um emissor que assegure a cobertura radioelétrica em Leiria e Região Oeste – esta é a área crítica.

Segundo as suas palavras, esta rádio enquadra-se na "tipologia" das “rádios fantasma”, mas convenhamos esta é uma das simpáticas. Tratando-se de uma rádio de baixo orçamento não se espera muito mais em termos de dinâmicas programáticas, mas esta é a única que aposta neste tipo de conteúdos – explorados com outro alcance em programas temáticos da BBC Radio 2, a mais ouvida no Reino Unido, em que, musicalmente, o que ouve na “Smooth FM”  portuguesa é o mesmo que ouve nesses programas temáticos da “BBC R2” (*). Neste tipo de conteúdos, é o que temos ou nada.

(*) Na “BBC Rádio 2” a dinamização efetuada pelo locutor(es) é tão importante como os conteúdos musicais que vão para o ar. É o radialista que enquadra e cria a o ambiente para o tema musical que se segue, com um dinamismo que não tem paralelo em nenhuma rádio portuguesa. A “BBC R2”, de tipo generalista, é o melhor ao nível de rádio que ouvi até hoje.

Atento

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5880
Re: Smooth FM
« Responder #38 em: Setembro 08, 2016, 07:05:11 pm »
Caro “Boxx”, permita-me que o corrija. Se fosse como referiu, 92.8 teria uma eficiência energética absolutamente fora de série, um pequeno emissor de 1 kW teria o mesmo efeito de um centro emissor de 10 kW ou mais, situação análoga à das lâmpadas LED para as incandescentes, que com uma pequena fração de potência têm os mesmos efeitos de iluminação de uma lâmpada incandescente. Mas não é assim.  O que fez foram pontos de situação espaçados, sem prestar grande atenção às frequências selecionadas pelo seu autorradio. De LX –Porto, sai de Lisboa em 96.6, a partir de Aveiras, o seu recetor muda para 97.7, depois da subida para a Serra de Aire, no concelho de Alcanena, o recetor seleciona 92.8, segue a A1, passa por Fátima, e a partir da área de serviço de Leiria perde o sinal de 92.8 - não existem frequências alternativas de sintonia, está numa zona de sombra. A sul do nó de Pombal, retoma a sintonia em 92.8, segue o percurso pela A1 com o seu recetor sintonizado em 92.8 até ao momento em que o RDS muda para 89.5, Porto. Em cerca de 30 km não tem sinal ou este apresenta-se muito degradado porque falta um emissor que assegure a cobertura radioelétrica em Leiria e Região Oeste – esta é a área crítica.

Segundo as suas palavras, esta rádio enquadra-se na "tipologia" das “rádios fantasma”, mas convenhamos esta é uma das simpáticas. Tratando-se de uma rádio de baixo orçamento não se espera muito mais em termos de dinâmicas programáticas, mas esta é a única que aposta neste tipo de conteúdos – explorados com outro alcance em programas temáticos da BBC Radio 2, a mais ouvida no Reino Unido, em que, musicalmente, o que ouve na “Smooth FM”  portuguesa é o mesmo que ouve nesses programas temáticos da “BBC R2” (*). Neste tipo de conteúdos, é o que temos ou nada.

(*) Na “BBC Rádio 2” a dinamização efetuada pelo locutor(es) é tão importante como os conteúdos musicais que vão para o ar. É o radialista que enquadra e cria a o ambiente para o tema musical que se segue, com um dinamismo que não tem paralelo em nenhuma rádio portuguesa. A “BBC R2”, de tipo generalista, é o melhor ao nível de rádio que ouvi até hoje.

Certo. Estou de acordo com a sua explanação.

A antena3 devia seguir o modelo da BBC2, ou o modelo atual("alternativa pop"), mas com a dinâmica da bbc2. Na antena3 não há enquadramento, dinâmica. É tudo martelado. Perante isto concluímos que produtos radiofónicos como o da 3 para terem êxito dependem também muito dos animadores/locutores que estão à frente do microfone.

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 872
Re: Smooth FM
« Responder #39 em: Setembro 08, 2016, 08:05:18 pm »
Caro “Atento”, o modelo da “BBC Radio 2” vigora desde 1967. Gerações de radialistas e supervisores da estação passam o testemunho às gerações seguintes, nota-se isso. Há uma escola, com propósitos percetíveis para os destinatários, que vai-se adaptando aos tempos, aos novos públicos, e afinando o produto. Os objetivos da missão da estação são todos cumpridos (ver no website da BBC), e devem ser os mesmos desde há décadas a esta parte, a forma (o caminho) de os atingir é que deve ser progressivamente afinada. Na BBC Rádio 2, de certeza que há uma escola de locutores, e uma apertada seleção. Uma vincada interatividade com o público e com a sociedade civil, discurso fluido, espaço para os intervenientes de diversas áreas, nomeadamente, no mundo do espetáculo & 7.ª arte, etc caracterizam o produto. A locução é tão ou mais importante do que os conteúdos musicais, e decerto uma marca indelével da estação na sociedade inglesa. A BBC Radio 2, dirige-se a todos os públicos: filhos, pais e avós, congrega conteúdos para todos eles e, por incrível que pareça, consegue o equilíbrio, ou seja, todas as faixas etárias estão representadas e ouvem sem reservas sonoridades do presente, do passado, de diferentes géneros (incluindo o Hard Rock (!),  há um programa temático/autor dedicado ao género, com um apresentador que cativa e enquadra historicamente, influências, etc.  de todos os temas que vão para o ar). É uma radio absolutamente diversa, culturalmente relevante, moderna e que persegue os interesses culturais das esmagadora maioria dos ouvintes (cidadãos). Recomendo que oiça durante 15 dias (uma curto período não chega para percecionar o todo), verá que se começa a fazer parte da sua vida e rotinas diárias. Para mim, esta estação de rádio rebenta com a escala da qualidade, supera as expectativas prévias.

Transpor este modelo para Portugal envolve grandes desafios, porque os ouvintes portugueses estão tão formatados quanto as rádios que ouvem, e contentam-se com pouco. Por outro lado, não há escola deste modelo de rádio em Portugal, as pessoas simplesmente não estão habituadas a ouvi-la.

Asantosc12

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 694
Re: Smooth FM
« Responder #40 em: Setembro 08, 2016, 11:38:54 pm »
Caro Luis, o emissor da Cidade esta situado na Serra de Santo António juntamente com a Rádio Canção Nova ou ate a micro-cobertura da DomFuasFM, se a Cidade partilhasse a torre com a SmoothFM também era uma excelente ideia,acho eu que chegava bem ao Ribatejo e era audível na zona de Leiria onde os 92.8 são inaudíveis. Acho que a MCR devia de rever a atribuição das frequências de algumas rádios,claramente que os 92.8 não cobrem a totalidade da região centro,mas com as características do mesmo faz um excelente trabalho.

Boxx

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 937
Re: Smooth FM
« Responder #41 em: Setembro 08, 2016, 11:58:22 pm »
Caro “Boxx”, permita-me que o corrija. Se fosse como referiu, 92.8 teria uma eficiência energética absolutamente fora de série, um pequeno emissor de 1 kW teria o mesmo efeito de um centro emissor de 10 kW ou mais, situação análoga à das lâmpadas LED para as incandescentes, que com uma pequena fração de potência têm os mesmos efeitos de iluminação de uma lâmpada incandescente. Mas não é assim.  O que fez foram pontos de situação espaçados, sem prestar grande atenção às frequências selecionadas pelo seu autorradio. De LX –Porto, sai de Lisboa em 96.6, a partir de Aveiras, o seu recetor muda para 97.7, depois da subida para a Serra de Aire, no concelho de Alcanena, o recetor seleciona 92.8, segue a A1, passa por Fátima, e a partir da área de serviço de Leiria perde o sinal de 92.8 - não existem frequências alternativas de sintonia, está numa zona de sombra. A sul do nó de Pombal, retoma a sintonia em 92.8, segue o percurso pela A1 com o seu recetor sintonizado em 92.8 até ao momento em que o RDS muda para 89.5, Porto. Em cerca de 30 km não tem sinal ou este apresenta-se muito degradado porque falta um emissor que assegure a cobertura radioelétrica em Leiria e Região Oeste – esta é a área crítica.

Segundo as suas palavras, esta rádio enquadra-se na "tipologia" das “rádios fantasma”, mas convenhamos esta é uma das simpáticas. Tratando-se de uma rádio de baixo orçamento não se espera muito mais em termos de dinâmicas programáticas, mas esta é a única que aposta neste tipo de conteúdos – explorados com outro alcance em programas temáticos da BBC Radio 2, a mais ouvida no Reino Unido, em que, musicalmente, o que ouve na “Smooth FM”  portuguesa é o mesmo que ouve nesses programas temáticos da “BBC R2” (*). Neste tipo de conteúdos, é o que temos ou nada.

(*) Na “BBC Rádio 2” a dinamização efetuada pelo locutor(es) é tão importante como os conteúdos musicais que vão para o ar. É o radialista que enquadra e cria a o ambiente para o tema musical que se segue, com um dinamismo que não tem paralelo em nenhuma rádio portuguesa. A “BBC R2”, de tipo generalista, é o melhor ao nível de rádio que ouvi até hoje.
Obrigado pela clarificação.

Asantosc12

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 694
Re: Smooth FM
« Responder #42 em: Setembro 20, 2016, 11:51:54 pm »
Encontrei fotos do emissor da SmoothFM que opera nos 92.8,fotos que encontrei na internet do joao_s que já deu o seu comentário aqui no forum,ainda podem ver a distancia que separa o tx da smooth ao Trevim. Esta na área fotos.

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 872
Re: Smooth FM
« Responder #43 em: Setembro 23, 2016, 08:24:44 pm »
O emissor de 92.8FM situa-se na mesma área geográfica do Trevim e Sto. António da Neve. Partilha uma altitude semelhante com os centros emissores da região centro, cerca de 1000 m. Apesar das potências de emissão dos centros emissores serem de ordem de grandeza completamente diferente, o comportamento do sinal de 92.8FM é idêntico a estes para diâmetros na ordem de uma ou duas dezenas de quilómetros relativamente à fonte emissora. Para diâmetros maiores nota-se que o comportamento de 92.8FM fica mais instável do que o dos centros emissores (maiores oscilações de intensidade do sinal captado), sendo notório que a potência irradiada faz a diferença. Quando existe sinal de 92.8FM na cidade de Leiria e Região Oeste este é demasiado instável, pelo que falta um emissor que sirva a zona e quando conjugado com 92.8FM e 97.7FM permitiria dotar uma fatia significativa da região centro com sinal estável da “SmoothFM”.

As fotografias por si mencionadas foram obtidas pelo método “focar e disparar”, no entanto é possível captar fotografia criativa, quando os fatores naturais se conjugam, tais como nuvens baixas e pôr-do-sol. Em certas alturas do ano, a serra da Lousã forma uma barreira que impede que as nuvens baixas progridam para este, de tal forma que para oeste apenas se vê um manto de nuvens. A visibilidade no cume das montanhas  é total, na direção oeste só se vê nuvens e na hora do pôr-do-sol, com um emissor enquadrado na fotografia, certamente que se conseguiria um bom resultado final…

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 872
Re: Smooth FM
« Responder #44 em: Fevereiro 09, 2017, 09:12:08 pm »
A frequência da ‘Smooth FM’ para a região centro, 92.8 FM, está sem emissão. Os serviços RDS-PS e RDS-RT estão ativos. Relativamente ao estado do tempo, chove e faz algum vento, embora nada de especial para a época do ano. Talvez um reset remoto resolva a situação (do codec, ou outro).

Bem, basta carregar num botão do controlo remoto para ouvir a ‘BBC Radio 2’, e esta funciona e muito bem. No ar o programa de ‘Jo Wiley’, roda “The Clash - Rock The Casbah”.