Autor Tópico: Altice compra Média Capital  (Lida 5231 vezes)

PedroTavares

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 37
Altice compra Média Capital
« em: Julho 14, 2017, 01:35:45 pm »
Assunto do dia: a Altice (sob a MEO) anunciou compra da Média Capital. Qual será o impacto da nova "gerência" nas rádios? Quais são as vossas expetativas?
« Última modificação: Dezembro 27, 2023, 11:34:46 pm por AG »

guest6

  • Visitante
Re: Altice compra Média Capital
« Responder #1 em: Julho 14, 2017, 01:48:15 pm »
A expectativa é de mais uma história de "asneira". Esta empresa é daquelas de credibilidade MUITO  duvidosa...

Enviado do meu E2303 através de Tapatalk


ToLv

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 400
Re: Altice compra Média Capital
« Responder #2 em: Julho 14, 2017, 01:55:19 pm »
Uma palhaçada aquela conferência de imprensa... Não sei o que esperar, não tenho opinião.

364m

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 110
Re: Altice compra Média Capital
« Responder #3 em: Julho 14, 2017, 02:15:25 pm »
Primeiro que tudo há que esperar pela decisão da Concorrência portuguesa e (parece-me) também europeia. E à partida duas coisas são garantidas: vai levar muito tempo e vão ser imposto "remédios". No caso concreto da rádio, que é visto como um negócio menor, não haverá grandes mudanças, suponho eu.

AG

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2730
  • NSTALGIA
Re: Altice compra Média Capital
« Responder #4 em: Julho 14, 2017, 05:23:15 pm »
Não antevejo grandes alterações.
Pessoalmente gostava que aparecesse um projecto mais generalista na MCR.

AG

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2730
  • NSTALGIA
Re: Altice compra Média Capital
« Responder #5 em: Julho 14, 2017, 10:04:34 pm »
Uma nuance que não me lembrei há umas horas. A Vodafone FM, das duas uma, ou troca de frequências com a actual MEO Music (existindo ainda a situação de Coimbra, onde a MEO Music não opera) ou então, no limite, a própria operadora adquire à MCR as detentoras das frequências, fazendo esta última o mesmo em relação às da MEO Music.

estvmkt

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2225
Re: Altice compra Média Capital
« Responder #6 em: Julho 16, 2017, 10:02:12 am »
Sim é única situação que se coloca. A meu ver eu terminava era com esta fantochada das rádios de operadores e mudava a designação das mesmas. A Meo Music bem que podia ir parar a outros grupos. Tipo Rádio Nova Radar ou Nova Era. A Vodafone mudar somente o nome mantendo o conteúdo.

guest6

  • Visitante
Re: Altice compra Média Capital
« Responder #7 em: Julho 16, 2017, 09:06:48 pm »
Uma nuance que não me lembrei há umas horas. A Vodafone FM, das duas uma, ou troca de frequências com a actual MEO Music (existindo ainda a situação de Coimbra, onde a MEO Music não opera) ou então, no limite, a própria operadora adquire à MCR as detentoras das frequências, fazendo esta última o mesmo em relação às da MEO Music.

Apartir do momento que a Alice for dona da Média Capital simplesmente quando terminar o contrato com a Vodafone não o renova e fará o mesmo com o Montez em relação ás frequencias da MEOMUSIC. Os contratos existem e tem prazos.
A "troca" de frequencias e alvarás é coisa que não "existe" nem é viavel e legal.

Linxtuga

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 400
Re: Altice compra Média Capital
« Responder #8 em: Julho 16, 2017, 09:25:21 pm »
Uma nuance que não me lembrei há umas horas. A Vodafone FM, das duas uma, ou troca de frequências com a actual MEO Music (existindo ainda a situação de Coimbra, onde a MEO Music não opera) ou então, no limite, a própria operadora adquire à MCR as detentoras das frequências, fazendo esta última o mesmo em relação às da MEO Music.

Apartir do momento que a Alice for dona da Média Capital simplesmente quando terminar o contrato com a Vodafone não o renova e fará o mesmo com o Montez em relação ás frequencias da MEOMUSIC. Os contratos existem e tem prazos.
A "troca" de frequencias e alvarás é coisa que não "existe" nem é viavel e legal.

E diria que está fora de questão os 100.8 de Lisboa e os 102.7 do Porto passarem a transmitir a Vodafone FM, porque dentro do grupo já há a SBSR, feita há pouco tempo (não dá para mudar, seria insano) e muito próxima em termos da música que passa e do próprio formato. Só se a Vodafone conceder uma rádio feita com bastante diferença face à atual é que penso que possa haver alguma - reduzida - probabilidade de acontecer, e nesse caso beneficiaria de um público que já lá está, nessas frequências, migrando o público que ouve nas atuais frequências para lá também.

Mas há aqui um detalhe importante: o Paredes de Coura não é feito pela Música no Coração. Isso baralha as contas ainda mais...
« Última modificação: Julho 16, 2017, 09:29:07 pm por Linxtuga »

guest6

  • Visitante
Re: Altice compra Média Capital
« Responder #9 em: Julho 16, 2017, 09:34:36 pm »
Uma nuance que não me lembrei há umas horas. A Vodafone FM, das duas uma, ou troca de frequências com a actual MEO Music (existindo ainda a situação de Coimbra, onde a MEO Music não opera) ou então, no limite, a própria operadora adquire à MCR as detentoras das frequências, fazendo esta última o mesmo em relação às da MEO Music.

Apartir do momento que a Alice for dona da Média Capital simplesmente quando terminar o contrato com a Vodafone não o renova e fará o mesmo com o Montez em relação ás frequencias da MEOMUSIC. Os contratos existem e tem prazos.
A "troca" de frequencias e alvarás é coisa que não "existe" nem é viavel e legal.

E diria que está fora de questão os 100.8 de Lisboa e os 102.7 do Porto passarem a transmitir a Vodafone FM, porque dentro do grupo já há a SBSR, feita há pouco tempo (não dá para mudar, seria insano) e muito próxima em termos da música que passa e do próprio formato. Só se a Vodafone conceder uma rádio feita com bastante diferença face à atual é que penso que possa haver alguma - reduzida - probabilidade de acontecer, e nesse caso beneficiaria de um público que já lá está, nessas frequências, migrando o público que ouve nas atuais frequências para lá também.

Mas há aqui um detalhe importante: o Paredes de Coura não é feito pela Música no Coração. Isso baralha as contas ainda mais...


De acordo. E resumindo: não vale a pena espécular sobre algo que tem ainda MUITA tinta para fazer correr, e as probabilidades do que por aqui escrevemos acontecer é quase a mesma de acertar no loto...  :D

Linxtuga

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 400
Re: Altice compra Média Capital
« Responder #10 em: Julho 17, 2017, 12:31:04 pm »
Uma nuance que não me lembrei há umas horas. A Vodafone FM, das duas uma, ou troca de frequências com a actual MEO Music (existindo ainda a situação de Coimbra, onde a MEO Music não opera) ou então, no limite, a própria operadora adquire à MCR as detentoras das frequências, fazendo esta última o mesmo em relação às da MEO Music.

Apartir do momento que a Alice for dona da Média Capital simplesmente quando terminar o contrato com a Vodafone não o renova e fará o mesmo com o Montez em relação ás frequencias da MEOMUSIC. Os contratos existem e tem prazos.
A "troca" de frequencias e alvarás é coisa que não "existe" nem é viavel e legal.

E diria que está fora de questão os 100.8 de Lisboa e os 102.7 do Porto passarem a transmitir a Vodafone FM, porque dentro do grupo já há a SBSR, feita há pouco tempo (não dá para mudar, seria insano) e muito próxima em termos da música que passa e do próprio formato. Só se a Vodafone conceder uma rádio feita com bastante diferença face à atual é que penso que possa haver alguma - reduzida - probabilidade de acontecer, e nesse caso beneficiaria de um público que já lá está, nessas frequências, migrando o público que ouve nas atuais frequências para lá também.

Mas há aqui um detalhe importante: o Paredes de Coura não é feito pela Música no Coração. Isso baralha as contas ainda mais...


De acordo. E resumindo: não vale a pena espécular sobre algo que tem ainda MUITA tinta para fazer correr, e as probabilidades do que por aqui escrevemos acontecer é quase a mesma de acertar no loto...  :D

Sem dúvida, sem dúvida... Quem acertar nisto que jogue no Totoloto, há muitos caminhos disponíveis para um mesmo fim. Só se sabe o ponto de partida, neste momento. Teremos de aguardar!

Atento

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5880
Re: Altice compra Média Capital
« Responder #11 em: Julho 17, 2017, 01:50:54 pm »
Ainda bem que a Média Capital foi comprada pela Altice. Como disse o AG espero que apresentem e invistam numa radio de palavra. Faz falta. Mas que seja algo ambicioso, estrutural e estruturante. O ideal seria comprar a TSF e terminar com a M80, fundido, digamos, os dois projetos, mas dando substancial relevância à palavra.

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 872
Re: Altice compra Média Capital
« Responder #12 em: Julho 17, 2017, 08:11:17 pm »
Ainda bem que a Média Capital foi comprada pela Altice. Como disse o AG espero que apresentem e invistam numa radio de palavra. Faz falta. Mas que seja algo ambicioso, estrutural e estruturante. O ideal seria comprar a TSF e terminar com a M80, fundido, digamos, os dois projetos, mas dando substancial relevância à palavra.

De alguma forma a RR faz algo de parecido, ie, concilia a espaços informativos com a música a metro, seguindo a regra de 20% de temas novos, 80% dos temas estafados ao longo das últimas décadas, acompanhados de uma moderação avulsa, sem uma linha condutora de raiz. A anos-luz de uma “BBC Radio 2” que utiliza essa regra, mas a qualidade e relevância do produto é incomparavelmente superior.

Suponho que o participante “AG” se refere a um projeto na linha da primeira versão do <R CLUB P>, que foi para o ar, salvo erro, em 2003, e abruptamente descontinuado, para dar lugar a uma rádio informativa e de atualidades múltiplas, com palavra quase a 100%. Se for algo de perecido com essa versão 1, concordo 100%. Um produto com aquelas características tem muito para explorar e aproxima-se das rádios de referência internacionais, das quais não há modelos semelhantes em Portugal.

Quanto a Altice, sendo um grupo privado multinacional, o que pretendem, suponho, é otimizar os lucros, mesmo que isso implique navegar à vista. Portanto, isso poderá não implicar mudanças de fundo no portefólio de rádios do grupo. A ver vamos se existem outros valores e se não replicam formatos de rádios francesas em Portugal. Prognósticos, “só depois do jogo”. Até pode acontecer que um grupo controlado por estrangeiros consiga o que a prata da casa não consegue fazer.

A fusão da rede da M80 com a da TSF coloca problemas de vária ordem. O que fazer com os inúmeros emissores (locais) que passam a ser redundantes, remanescentes?

estvmkt

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2225
Re: Altice compra Média Capital
« Responder #13 em: Julho 17, 2017, 08:44:03 pm »
Emissores locais ajudam nalgumas zonas... Viseu por exemplo onde a TSF mal se ouve nalgumas zonas...

guest6

  • Visitante
Re: Altice compra Média Capital
« Responder #14 em: Julho 17, 2017, 10:49:56 pm »
Ainda bem que a Média Capital foi comprada pela Altice. Como disse o AG espero que apresentem e invistam numa radio de palavra. Faz falta. Mas que seja algo ambicioso, estrutural e estruturante. O ideal seria comprar a TSF e terminar com a M80, fundido, digamos, os dois projetos, mas dando substancial relevância à palavra.

Esqueçam que isso; em FM nos proximos anos, não acontece de cereteza, e por uma razão simples, falta o mais importante: €€.
A TSF teve que reduzir os custos operacionais, e MUITO, pois não tinha capacidade de sustentação eocnomica e mesmo assim ainda é muito cara.
Hoje mal há invesmento publicitário, e não só, para manter um projeto destes em Portugal. Quanto mais dois...!!!