Autor Tópico: Batida FM  (Lida 40359 vezes)

nelsonsoares

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 409
Re: Batida FM
« Responder #285 em: Janeiro 05, 2024, 01:12:19 pm »
Francamente, eu gosto muito da ideia de converter a Batida FM numa Comercial Rock, dos tempos nostálgicos.
Que a Bauer reflita sobre isso 🙏

Memorias da Radio

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 3075
Re: Batida FM
« Responder #286 em: Janeiro 05, 2024, 04:44:59 pm »
Mais um a favor da Batida FM virar Comercial Rádio Rock. Aliás, isso já tinha sido o passado de algumas das frequências da Batida FM, nomeadamente 103.0 Cantanhede, 97.7 Santarém e 101.1 [redigido], dado que essas já eram da Best Rock.

Mas acho que ao mesmo tempo ninguém quer uma Best Rock, quer-se, como dizer... algo mais clássico!

Era bom projeto para atingir 2-3% de acumulada de véspera. Mais que isso é impensável na rede atual de emissores, mas que era bem giro, era. E eu subia a Ana Isabel Arroja a diretora de programação da rádio rock, para ela mostrar o que vale, que não deve ser pouco nisto.

Como bónus: a Comercial ganhava uma espécie de "canal 2" para onde mandar certos conteúdos adicionais que não tivessem espaço horário ou não pudessem arriscar na antena principal e valorizava ainda mais a marca de base. É tudo bom.

A playlist, bem feita, dá para aproveitar muita música que deve estar parada a ganhar pó na base de dados deles não só da Best Rock, como da própria Star FM (neste 2o caso limitada a 1-3 músicas por hora pelos motivos óbvios). Há muito potencial.
« Última modificação: Janeiro 05, 2024, 04:52:56 pm por Memorias da Radio »

radiokilledtheMTVstar

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 3608
  • "Quintão e Costa, a dupla que o povo gosta!"
Re: Batida FM
« Responder #287 em: Janeiro 05, 2024, 05:01:44 pm »

Epá, metam animadores na Rádio Comercial Rock e que ocupem as frequências da Batida FM e, já agora, com o Diogo Beja ou a Ana Isabel Arroja à frente do projecto.

Aposto um dedinho que superava as audiências da moribunda Batida FM.

E ainda mais um, onde é que assino?
E já agora peçam uma ajudinha da Virgin como em Itália...

Equipa assim mais óbvia:

Arroja
António Freitas
Augusto Seabra
Carolina Torres com programa de autor
Diogo Beja com programa de autor
Jorge Botas
Rui Estevão

estvmkt

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2225
Re: Batida FM
« Responder #288 em: Janeiro 05, 2024, 05:18:51 pm »
Eu assino por baixo...
Se chegar a Viseu...

Boxx

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 937
Re: Batida FM
« Responder #289 em: Janeiro 05, 2024, 05:27:38 pm »
Mais um a favor da Batida FM virar Comercial Rádio Rock. Aliás, isso já tinha sido o passado de algumas das frequências da Batida FM, nomeadamente 103.0 Cantanhede, 97.7 Santarém e 101.1 [redigido], dado que essas já eram da Best Rock.

Mas acho que ao mesmo tempo ninguém quer uma Best Rock, quer-se, como dizer... algo mais clássico!

Era bom projeto para atingir 2-3% de acumulada de véspera. Mais que isso é impensável na rede atual de emissores, mas que era bem giro, era. E eu subia a Ana Isabel Arroja a diretora de programação da rádio rock, para ela mostrar o que vale, que não deve ser pouco nisto.

Como bónus: a Comercial ganhava uma espécie de "canal 2" para onde mandar certos conteúdos adicionais que não tivessem espaço horário ou não pudessem arriscar na antena principal e valorizava ainda mais a marca de base. É tudo bom.

A playlist, bem feita, dá para aproveitar muita música que deve estar parada a ganhar pó na base de dados deles não só da Best Rock, como da própria Star FM (neste 2o caso limitada a 1-3 músicas por hora pelos motivos óbvios). Há muito potencial.

comprado!

O Bigode do Sala

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 798
Re: Batida FM
« Responder #290 em: Janeiro 05, 2024, 06:09:59 pm »

Epá, metam animadores na Rádio Comercial Rock e que ocupem as frequências da Batida FM e, já agora, com o Diogo Beja ou a Ana Isabel Arroja à frente do projecto.

Aposto um dedinho que superava as audiências da moribunda Batida FM.

E ainda mais um, onde é que assino?
E já agora peçam uma ajudinha da Virgin como em Itália...

Equipa assim mais óbvia:

Arroja
António Freitas
Augusto Seabra
Carolina Torres com programa de autor
Diogo Beja com programa de autor
Jorge Botas
Rui Estevão

Diogo Batáguas no humor
O Magalhães do Em Busca do Rock Perdido
Miguel Freitas...
Ana Lamy
E um nome jovem

Que equipa!
«O que acontece no Mundo é que toda a gente que nasce, nasce de alguma maneira poeta! Inventor de algo que não havia no Mundo antes de eles nascerem!
E inteiramente individual: cada um poeta que é!»

Agostinho da Silva

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 872
Re: Batida FM
« Responder #291 em: Janeiro 05, 2024, 07:58:29 pm »
“memóriasRádio”, atenda bem ao que escreveu:

Mais um a favor da Batida FM virar Comercial Rádio Rock. Aliás, isso já tinha sido o passado de algumas das frequências da Batida FM, nomeadamente 103.0 Cantanhede, 97.7 Santarém e 101.1 [redigido], dado que essas já eram da Best Rock.
(...)

Sugere que em 97.7 seja descontinuada a emissão da SMOOTH para que passe a emitir uma rádio Rock. Isso é uma falta de respeito e de consideração para com os ouvintes, uma atitude egoísta, retirar a emissão do ar. Testemunho que esta estação tem adesão por aqui, vários colegas de trabalho ouvem, assim como familiares e alguns espaços públicos também têm a SMOOTH como som ambiente. Por exemplo, ainda na semana passada encontrava-me numa farmácia e elogiei o bom-gosto pelo som que era disponibilizado aos utentes – emissão rádio da SMOOTH. Há mais espaços públicos com esta emissora.

Por outro lado, 96.6 Lisboa e 97.7 Santarém são frequências “agregadas” há décadas, o que 96.6 emite, 97.7 também emite, já é uma tradição. Não faz nenhum sentido retirar 97.7 desta rede.

Resumindo, enquanto ouvinte de rádio sou contra esse cenário para 97.7. Como ouvinte, 97.7 SMOOTH tem contribuído para aumentar o meu conhecimento e gosto pela música. Passam temas que nunca tinha ouvido e, tenho de reconhecer, são muito bons. Esta faceta intemporal, de conciliação do clássico com o atual, acho genial. Compaginável com mentalidades jovens, de horizontes amplos, em contraponto com mentalidades envelhecidas e retrógradas, de horizontes restritos, que apenas acham o atual é que é bom. Esse não deve ser o critério, um tema que tenha 8 dias ou 80 anos é bom por si. Ponto.
No entanto, também devo referir que o Rock faz parte das minhas preferências. Alguns dos melhores temas de sempre são Rock. Se associo a SMOOTH à inspiração, ao intelecto, à emoção, à ponderação, sons quentes e envolventes, uma rádio Rock de qualidade, associaria, à ação, à determinação, à ambição, ao concreto. Mas nunca uma rádio Rock à custa da SMOOTH, isso não! Encontrem outras soluções.

Parece-me que o admin Luís Carvalho fez uma observação sensata e correta. E passo a algumas considerações sobre o emissor de 97.7.

Não precisavam de sacrificar a Smooth FM. A rede da Batida FM já oferece uma cobertura interessante - e havendo os 103,0 MHz Cantanhede, para servir a região de Coimbra, o que faz sentido é deixarem a Smooth FM nos 92,8 MHz. Santarém é que é mais complicado, mas a prioridade deve ser a Smooth FM nos 97,7 MHz.

Podemos considerar 97.7 SMOOTH um emissor médio, ao nível de cobertura, bom, ao nível da fidelidade áudio. No entanto alguns aspetos devem ser melhorados:

i) No caso de propagações esporádicas é pressionado (inclusive dentro do concelho que serve) pelos 97.7 RNE CLÁSICA, Montánchez, Espanha e também pelos 97.7 COMRCIAL, Mte. da Virgem, ao ponto de as três emissões se misturarem.

ii) Não se ouve no Oeste. Em 80km, 97.7 assegura sinal em 50km, faltando apenas 30km para que se oiça até à faixa litoral. Motivo: relevo montanhoso faz obstáculo. O emissor está apenas a 160m de cota. Por exemplo, 92.6/99.5 OBSRVDOR, que beneficia de uma cota mais elevada, embora tenha apenas tenha metade da potência de 97.7 (1kW vs 2Kw), ouve-se de forma impecável em todo o trajeto aludido, ou seja, o sinal vence os obstáculos orográficos.

Assim, justifica-se uma intervenção no emissor tendo em vista a melhoria do funcionamento e otimização serviço. Primeiro, mudar a frequência para outra mais limpa (que não sofra pressão durante as esporádicas, embora se compreenda que o objetivo seja de bloquear os sinais de rádio provenientes de Espanha), segundo, aumentar a cota do emissor, deslocalizando-o para o norte do concelho de Santarém que já é uma zona da Serra de Mira D’Aire (zona de Alcanede – não confundir com Alcanena, concelho vizinho), de forma a que o sinal chegue até ao Oeste.

Isso implica investimento, mas tenho de reconhecer que a intervenção em 89.5 SMOOTH Porto é prioritária, face à situação calamitosa em que se encontra.

O Bigode do Sala

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 798
Re: Batida FM
« Responder #292 em: Janeiro 05, 2024, 10:38:17 pm »
“memóriasRádio”, atenda bem ao que escreveu:

Mais um a favor da Batida FM virar Comercial Rádio Rock. Aliás, isso já tinha sido o passado de algumas das frequências da Batida FM, nomeadamente 103.0 Cantanhede, 97.7 Santarém e 101.1 [redigido], dado que essas já eram da Best Rock.
(...)

Sugere que em 97.7 seja descontinuada a emissão da SMOOTH para que passe a emitir uma rádio Rock. Isso é uma falta de respeito e de consideração para com os ouvintes, uma atitude egoísta, retirar a emissão do ar. Testemunho que esta estação tem adesão por aqui, vários colegas de trabalho ouvem, assim como familiares e alguns espaços públicos também têm a SMOOTH como som ambiente. Por exemplo, ainda na semana passada encontrava-me numa farmácia e elogiei o bom-gosto pelo som que era disponibilizado aos utentes – emissão rádio da SMOOTH. Há mais espaços públicos com esta emissora.

Por outro lado, 96.6 Lisboa e 97.7 Santarém são frequências “agregadas” há décadas, o que 96.6 emite, 97.7 também emite, já é uma tradição. Não faz nenhum sentido retirar 97.7 desta rede.

Resumindo, enquanto ouvinte de rádio sou contra esse cenário para 97.7. Como ouvinte, 97.7 SMOOTH tem contribuído para aumentar o meu conhecimento e gosto pela música. Passam temas que nunca tinha ouvido e, tenho de reconhecer, são muito bons. Esta faceta intemporal, de conciliação do clássico com o atual, acho genial. Compaginável com mentalidades jovens, de horizontes amplos, em contraponto com mentalidades envelhecidas e retrógradas, de horizontes restritos, que apenas acham o atual é que é bom. Esse não deve ser o critério, um tema que tenha 8 dias ou 80 anos é bom por si. Ponto.
No entanto, também devo referir que o Rock faz parte das minhas preferências. Alguns dos melhores temas de sempre são Rock. Se associo a SMOOTH à inspiração, ao intelecto, à emoção, à ponderação, sons quentes e envolventes, uma rádio Rock de qualidade, associaria, à ação, à determinação, à ambição, ao concreto. Mas nunca uma rádio Rock à custa da SMOOTH, isso não! Encontrem outras soluções.

Parece-me que o admin Luís Carvalho fez uma observação sensata e correta. E passo a algumas considerações sobre o emissor de 97.7.

Não precisavam de sacrificar a Smooth FM. A rede da Batida FM já oferece uma cobertura interessante - e havendo os 103,0 MHz Cantanhede, para servir a região de Coimbra, o que faz sentido é deixarem a Smooth FM nos 92,8 MHz. Santarém é que é mais complicado, mas a prioridade deve ser a Smooth FM nos 97,7 MHz.

Podemos considerar 97.7 SMOOTH um emissor médio, ao nível de cobertura, bom, ao nível da fidelidade áudio. No entanto alguns aspetos devem ser melhorados:

i) No caso de propagações esporádicas é pressionado (inclusive dentro do concelho que serve) pelos 97.7 RNE CLÁSICA, Montánchez, Espanha e também pelos 97.7 COMRCIAL, Mte. da Virgem, ao ponto de as três emissões se misturarem.

ii) Não se ouve no Oeste. Em 80km, 97.7 assegura sinal em 50km, faltando apenas 30km para que se oiça até à faixa litoral. Motivo: relevo montanhoso faz obstáculo. O emissor está apenas a 160m de cota. Por exemplo, 92.6/99.5 OBSRVDOR, que beneficia de uma cota mais elevada, embora tenha apenas tenha metade da potência de 97.7 (1kW vs 2Kw), ouve-se de forma impecável em todo o trajeto aludido, ou seja, o sinal vence os obstáculos orográficos.

Assim, justifica-se uma intervenção no emissor tendo em vista a melhoria do funcionamento e otimização serviço. Primeiro, mudar a frequência para outra mais limpa (que não sofra pressão durante as esporádicas, embora se compreenda que o objetivo seja de bloquear os sinais de rádio provenientes de Espanha), segundo, aumentar a cota do emissor, deslocalizando-o para o norte do concelho de Santarém que já é uma zona da Serra de Mira D’Aire (zona de Alcanede – não confundir com Alcanena, concelho vizinho), de forma a que o sinal chegue até ao Oeste.

Isso implica investimento, mas tenho de reconhecer que a intervenção em 89.5 SMOOTH Porto é prioritária, face à situação calamitosa em que se encontra.

O caro João é o poeta deste fórum (estou obviamente a elogiar as suas palavras).

Numa atitude egoísta, como somos da mesma região, interessaria-me mais o regresso de uma rádio rock aos 97.7 MHz.
Contudo, não creio ser correcto sacrificar-se a Smooth FM. Não porque seja seu ouvinte assíduo, mas porque considero uma rádio única no meio nacional.
A Batida FM, quer de Coimbra , quer de Lisboa, não me chega ao Médio Tejo.
Mas também vivo numa cidade com uma autêntica jukebox que em nada se assemelha ao que foi outrora e que tenho sérias dúvidas que a ERC renove o seu alvará por 15 anos.
Talvez a solução pudesse ser o aproveitamento daquela frequência e puxá-la para o município limítrofe, onde tem áreas de maior altitude.
«O que acontece no Mundo é que toda a gente que nasce, nasce de alguma maneira poeta! Inventor de algo que não havia no Mundo antes de eles nascerem!
E inteiramente individual: cada um poeta que é!»

Agostinho da Silva

Memorias da Radio

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 3075
Re: Batida FM
« Responder #293 em: Janeiro 05, 2024, 11:03:34 pm »
“memóriasRádio”, atenda bem ao que escreveu:

Mais um a favor da Batida FM virar Comercial Rádio Rock. Aliás, isso já tinha sido o passado de algumas das frequências da Batida FM, nomeadamente 103.0 Cantanhede, 97.7 Santarém e 101.1 [redigido], dado que essas já eram da Best Rock.
(...)

Sugere que em 97.7 seja descontinuada a emissão da SMOOTH para que passe a emitir uma rádio Rock. Isso é uma falta de respeito e de consideração para com os ouvintes, uma atitude egoísta, retirar a emissão do ar. Testemunho que esta estação tem adesão por aqui, vários colegas de trabalho ouvem, assim como familiares e alguns espaços públicos também têm a SMOOTH como som ambiente. Por exemplo, ainda na semana passada encontrava-me numa farmácia e elogiei o bom-gosto pelo som que era disponibilizado aos utentes – emissão rádio da SMOOTH. Há mais espaços públicos com esta emissora.

Caro joao_s, vou atalhar 28 linhas com uma porção muito menor: fez uma leitura incorreta do que escrevi.

O que escrevi foi que ser rádio Rock tinha sido o passado de 97.7 Santarém - e é verdade, esse emissor esteve alocado à Best Rock nos anos 2000, ficou depois associado ao RCP em Fevereiro de 2010, StarFM depois do final do projeto, e SmoothFM após isso. Sempre esteve alocado à chamada "4ª rede". Em nenhum momento me lê a sugerir que 97.7 Santarém deve passar para uma rádio rock, e a única coisa que aconteceu foi que por lapso me esqueci que 97.7 estava alocado à SmoothFM e pensara estar alocada à rede da Batida.

O que sempre coloquei em cima da mesa foi ficar associado à rede da Batida FM como estão praticamente todos os que estão aqui a trazer a hipótese, não ir comer emissores a rádios que já os têm no limite como a Smooth, e menos ainda face a projetos que fazem muito mais sentido para o Ribatejo (como este faz) pelo estilo de vida que levam, face ao de uma rádio rock que será necessariamente sempre mais direcionada para públicos mais urbanos ou de transição (mesmo uma classic rock como esta poderia perfeitamente ser).

103.0 Coimbra jamais comutaria com 97.7 Santarém, o ponto para essa frequência ser alocada não existe. Quanto muito haver mais 1 frequência para o Ribatejo com a Comercial Rádio Rock, prescindindo de alguma das da margem sul, porque a Bauer ou está no limite de alvarás ou está muito perto disso.
« Última modificação: Janeiro 05, 2024, 11:06:09 pm por Memorias da Radio »

estvmkt

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2225
Re: Batida FM
« Responder #294 em: Janeiro 05, 2024, 11:37:35 pm »
Gostava que em Viseu houvesse uma rádio rock...
O problema que poderia ser feito?
Smooth e uma rádio rock...
O que falta a Viseu...

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5458
  • Foi a Rádio que fez Abril!
Re: Batida FM
« Responder #295 em: Janeiro 06, 2024, 12:11:19 am »
Começando pelo fim, o que poderia ser feito era mudar-se a Lei da Rádio, permitindo a expansão de projetos utilizando frequências livres, que pelo país fora, praticamente com exceção da Área Metropolitana do Porto, não faltam. Enquanto se tiver de fazer morrer projetos para outros crescerem, isto não vai mudar. Veremos o que a nova Assembleia da República fará, mas via com bons olhos que se pudesse olhar para o mapa com olhos de ver, e em função disso, produzir legislação. As renovações dos alvarás estão a ocorrer, mas a ERC vai ter de ser bastante mais criteriosa e usar os seus poderes de fiscalização, num futuro próximo. Claro, tudo isto seria passado se apostássemos no DAB e deixássemos o FM para as locais.

Sobre o futuro da 5ª rede, atualmente Batida FM: se a ERC renovar estes alvarás, e a Bauer tiver vontade de fazer algo decente com eles, o meu receio é que, face ao sucesso que anteveria a tal projeto, é que a 5ª rede passasse a 4ª, ou tentasse canibalizar parte desta. Porque, nestas coisas, mandam os números, e a verdade é que a Smooth não abunda em publicidade. E quanto maior a cobertura, mais sabemos que a publicidade aumenta de preço.

Dito isto, 92.8 são absolutamente apetecíveis, disputam o título de melhor emissor local com os de Alcanena, e os 103.0 de Cantanhede não fazem, nem de longe as vezes deste emissor. Seja porque estão pressionados a Norte pela Antena 3 e pela Comercial de Vouzela, seja pela própria orografia. Aliás, não sei mesmo se até nem seria mais interessante deslocalizar para a torre da M80 na Cruz dos Morouços, mesmo contando com os refletores, considerando os problemas que Coimbra dá à M80 e à Observador da AMP. 92.8 vão muito além de Coimbra, apanham Aveiro, em que nos 103.0 ainda há uma predominância da Antena 3 de Braga, e uma boa parte do distrito de Leiria, e até do de Viseu e de Santarém, diga-se, até do do Porto, onde são úteis até em algumas zonas. Limitar a Smooth  a 103.0 seria um erro grosseiro, tira-la dos 97.7 Santarém, pior ainda.

No que respeita ao estado deste último emissor, a percepção que tenho é que os 101.7 da RECORD têm muito melhor capacidade de progressão, principalmente se se mantiver a questão da Comercial do Mte da Virgem estar a progredir muito para sul, para lá do que era expectável, e que no Verão chegamos aqui a abordar, e que eu próprio verifiquei in loco, na A1 e A17 até às portas da A8. Mas para sul, não é muito diferente, em Lisboa ouve-se a RECORD, a Smooth nem por isso.

Se é para travar a RNE CLAS, deixem lá entrar a espanhola, é um bom produto, e a Antena 2 até beneficia de ter concorrência, não é preciso usarem frequências tampão. Ou seja, ninguém aqui defende que a Smooth deva perder emissores, alerto, isso sim, que uma rádio que não passa do 1,5%, e que tem tido desinvestimento, isto é, perda de locução, pode não ser um ativo assim tão valioso para a estrutura da Bauer. Basta ver-se o desleixe a que chegou a situação de 89.5 Matosinhos, agora nos cuidados intermédios, mas que já esteve mesmo ligado às máquinas, demasiado tempo.

Para além disso, se tivesse de apostar, diria que o bife do lombo da audiência da Smooth vem de 96.6 e dos concelhos mais ricos da AML, o que não justificaria nunca, jamais em tempo algum que esta rádio perca a cobertura "lito-nacional" que ainda vai tendo.

Finalmente, a Bauer ainda tem margem para progredir um ou outro alvará... mas alugar, pode sempre. A lei impõe a questão da propriedade, não impede que outros operadores não detidos se associem ao projeto. Já sabem o que eu penso sobre isto...
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 872
Re: Batida FM
« Responder #296 em: Janeiro 06, 2024, 02:06:34 pm »
#memRádio, 97.7 Santarém também esteve alocado à M80, a par com 96.6 Lisboa. Este foi o balão de ensaio de um produto radiofónico que se veio a verificar com potencial, daí ter transitado para a RRS, com o sucesso comercial que se conhece. Neste caso, não houve qualquer problema do ponto de vista dos ouvintes, uma vez que a emissão transitou para os 96.4, o que beneficiou as condições de receção para uma área bem mais alargada. Ou seja, os ouvintes não ficaram privados desses conteúdos.

Quando difundiu a Best Rock, posso assegurar-lhe que os 97.7 tinham adesão de público, o que contradiz a sua perceção. Entretanto, o projeto foi descontinuado.

O que está aqui em causa é retirarem uma estação de rádio do ar num emissor, mantendo-se a mesma em operação nos outros, por um qualquer capricho volátil (o público fica sem alternativas). Isso é uma traição para o auditório, uma punhalada pelas costas que causa danos à imagem e reputação do operador. Não é correto, não se faz. Portanto, emissão da SMOOTH deve continuar em 97.7 e este alinhado com 96.6.

#BS (que raio de nickname foi escolher), uma radio Rock pode vingar nos primeiros tempos, para, depois, afundar. Os dados são conhecidos, as tentativas anteriores resultaram em flops comerciais. Uma rádio temática Rock, 24h/dia é demasiado, satura o auditório, para mais num género que não está na moda. É preferível um projeto que faça a dosagem deste estilo musical com outros. Tendo adjetivado anteriormente os aspetos mais positivos do género Rock, agora adjetivo os menos positivos: impulsividade, imprudência, alienação. Rock, sim, mas numa dosagem equilibrada.

Não sou poeta, a minha área é das ciências exatas. Esqueça 97.7 para uma rádio Rock, apresente outras hipóteses.

estvmkt

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2225
Re: Batida FM
« Responder #297 em: Janeiro 06, 2024, 03:57:55 pm »
No meu ver,e prefiro ser realista...não vai deve haver grandes mudanças...
Algo me diz que a Bauer vai abdicar destas frequências.
Tirando Cantanhede e eventualmente Maia,as de Lisboa dispensam se. E poderia muito bem uma Nova Era ou uma Nova ir la parar. Cantanhede um eventual reforço da Smooth e a da sejamos francos,podia servir para uma Radar ou Marginal.
Não vejo a Bauer em investir.
Parece mais em desinvestir...


Memorias da Radio

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 3075
Re: Batida FM
« Responder #298 em: Janeiro 10, 2024, 01:55:08 am »
No que emite de Valongo pior só a Batida FM, que além de parecer operar com menor potência que normal e não ter RDS, tem um comportamento fraco de grosso modo Francelos para sul. Na A20 é muito sólida, como todas as de Valongo, mas vamos para a A29 e começa a ser complicado. Bem sei que o emissor está direcionado para a Maia mas o caso é caricato: antigamente chegavam Batida e M80 de Aveiro, depois passou só a chegar a Batida até Cortegaça, e agora não chega nenhuma em condições.

O engraçado é que chego ao Porto e o sinal é basicamente perfeito ou quase.

Também para a playlist que tem, altamente repetitiva, não se perde muito...



pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5458
  • Foi a Rádio que fez Abril!
Re: Batida FM
« Responder #299 em: Janeiro 10, 2024, 01:52:53 pm »
No que emite de Valongo pior só a Batida FM, que além de parecer operar com menor potência que normal e não ter RDS, tem um comportamento fraco de grosso modo Francelos para sul. Na A20 é muito sólida, como todas as de Valongo, mas vamos para a A29 e começa a ser complicado. Bem sei que o emissor está direcionado para a Maia mas o caso é caricato: antigamente chegavam Batida e M80 de Aveiro, depois passou só a chegar a Batida até Cortegaça, e agora não chega nenhuma em condições.

O engraçado é que chego ao Porto e o sinal é basicamente perfeito ou quase.

Também para a playlist que tem, altamente repetitiva, não se perde muito...
Exatamente, aliás, M80 em Perosinho, é um caos sem existir propagação que traga ventos de Monsanto, Montejunto ou Batalha. Porque Aveiro era quem safava, agora não chega a ser superior ao Monte da Virgem, altamente interferido pela Mega de Coimbra. A Batida a partir do sul de Gaia, é praticamente para esquecer, tal como o outro emissor da Maia, a Rádio Maria. Se a ERC levar avante a intenção de que as rádios se tenham de ouvir no munícipio do alvaráe nos demais das NUT's III as frequências da Maia e Matosinhos têm de ser as primeiras a ser "solucionadas" na AMP.
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.