Autor Tópico: Rádio Renascença  (Lida 464341 vezes)

guest22

  • Visitante
Re: Rádio Renascença
« Responder #30 em: Outubro 14, 2016, 08:20:14 pm »
Nem Antena 1, nem TSF estão a relatar o 1º Dezembro vs Benfica.

Ainda há pouco, apanhei a RR a passar Backstreet Boys. De facto, o grupo R/Com está irreconhecível.

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 855
Re: Rádio Renascença
« Responder #31 em: Outubro 14, 2016, 08:23:04 pm »
Nota muito, muito negativa para a RR, pelo facto de mandar literalmente todos os jogos da Taça de Portugal às urtigas.

Caro “Atento”, está pressionar a tecla errada. Se a equipa da Antena 1 tem os melhores do desporto, faz relatos fora de série, como se justifica uns raquíticos 3,9%(AAV). Se fosse como reitera em sucessivos textos de opinião, os números não seriam estes, seriam superiores. Há um destaque excessivo da temática futebol nos média, nomeadamente na televisão, imprensa e imprensa online, pelo que as pessoas tendem a desligar daquilo que consideram um exagero. Se a rádio alinha pelo mesmo diapasão, provavelmente os efeitos serão contraproducentes – os outos órgãos de comunicação social já o fazem e com algo que a rádio não tem: imagem…

Atento

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5735
Re: Rádio Renascença
« Responder #32 em: Outubro 14, 2016, 09:59:41 pm »
Nota muito, muito negativa para a RR, pelo facto de mandar literalmente todos os jogos da Taça de Portugal às urtigas.

Caro “Atento”, está pressionar a tecla errada. Se a equipa da Antena 1 tem os melhores do desporto, faz relatos fora de série, como se justifica uns raquíticos 3,9%(AAV). Se fosse como reitera em sucessivos textos de opinião, os números não seriam estes, seriam superiores. Há um destaque excessivo da temática futebol nos média, nomeadamente na televisão, imprensa e imprensa online, pelo que as pessoas tendem a desligar daquilo que consideram um exagero. Se a rádio alinha pelo mesmo diapasão, provavelmente os efeitos serão contraproducentes – os outos órgãos de comunicação social já o fazem e com algo que a rádio não tem: imagem…




Na verdade, não foi um grande resultado para a antena1 (3,9%). Foi o seu pior resultado dos últimos 10 anos, depois de ter tido um período de crescimento e consolidação da sua audiência.
A substituição no turno da manhã1 do editor das notícias Nuno Rodrigues pelo Miguel Soares não foi feliz. Foi de facto péssima. Os responsáveis saberão tirar as conclusões e irão, naturalmente, redefinir estratégias. Vamos aguardar.

Quando as coisas estão a funcionar, não se deve mexer na equipa...

Quanto ao desporto, a antena1 tem os melhores profissionais. Isso é indiscutível. No entanto, creio que o atual responsável pelo desporto não está talhado para o lugar. Está muito longe do profissionalismo exigente do Paulo Sérgio.

Com estes resultados ninguém poderá estar satisfeito.


Porém, recordo que a RR nos últimos 10 anos perdeu metade da audiência... Como justifica esse facto?

Exceptuando a Mega, a M80 e a antena2, todas as outras rádios desceram:
http://www.meiosepublicidade.pt/2016/10/bareme-radio-quebra-da-media-capital-radios-devolve-lideranca-ao-grupo-renascenca/
 

Foi uma pena a antena 1 ter descido acentuadamente nos dois últimos estudos de audiência...Caso contrário, teria a audiência consolidada e pronta para fazer o assalto ao terceiro lugar... Quando isso podia acontecer...houve a infeliz coincidência de baixar nas audiências como nunca nos últimos anos.

« Última modificação: Outubro 14, 2016, 10:30:23 pm por Atento »

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 855
Re: Rádio Renascença
« Responder #33 em: Outubro 14, 2016, 10:39:52 pm »

Na verdade, não foi um grande resultado para a antena1 (3,9%). Foi o seu pior resultado dos últimos 10 anos, depois de ter tido um período de crescimento e consolidação da sua audiência.
A substituição no turno da manhã1 do editor das notícias Nuno Rodrigues pelo Miguel Soares não foi feliz. Foi de facto péssima. Os responsáveis saberão tirar as conclusões e irão, naturalmente, redefinir estratégias. Vamos aguardar.

Quando as coisas estão a funcionar, não se deve mexer na equipa...

Quanto ao desporto, a antena1 tem os melhores profissionais. Isso é indiscutível. No entanto, creio que o atual responsável pelo desporto não está talhado para o lugar. Está muito longe do profissionalismo exigente do Paulo Sérgio.

Com estes resultados ninguém poderá estar satisfeito.


Porém, recordo que a RR nos últimos 10 anos perdeu metade da audiência... Como justifica esse facto?

Exceptuando a Mega, a M80 e a antena2, todas as outras rádios desceram:
http://www.meiosepublicidade.pt/2016/10/bareme-radio-quebra-da-media-capital-radios-devolve-lideranca-ao-grupo-renascenca/
 

Foi uma pena a antena 1 ter descido acentuadamente nos dois últimos estudos de audiência...Caso contrário, teria a audiência consolidada e pronta para fazer o assalto ao terceiro lugar... Quando isso podia acontecer...houve a infeliz coincidência de baixar nas audiências como nunca nos últimos anos.

Parece-me deselegante tecer considerações sobre a RR (que aliás já foram amplamente discutidas neste e noutros fóruns, tendo reunido o consenso da maioria dos participantes) quando a mesma se encontra em vésperas de renovação na grelha de programas. Nesta fase são palavras de incentivo e de força que se devem transmitir.

Mas o caríssimo diz-se ligado à RTP e parece mais preocupado com a RR, quando as rádios públicas exibem resultados que são um desastre. A soma de resultados de 3 redes nacionais cifra-se nuns pífios  6.2%. Isto não é nada quando se considera o parque de emissores instalados de norte a sul, incluindo ilhas. A influência das estações públicas de radiodifusão é baixíssima e o afastamento do público acentua-se perante a inação dos responsáveis. A RTP produz rádios ultrapassadas, com pouco ou nenhum interesse para os cidadãos de hoje. Por analogia, ligar uma estação da RTP é como ligar um computador com o Windows 3.1, para não falar no MS-DOS. Ninguém usa.

Oiço as rádios da BBC, excelentes, e ouço as da RTP, medíocres, e questiono que modelo de serviço público é este que vigora em Portugale e que me envergonha. As rádios da RTP não dizem praticamente nada aos cidadãos, as pessoas não se identificam com modelos que acumulam pó, sem que ninguém se digne modificá-los. Para ouvir rádios públicas modernas  orientadas ao nosso modo de vida é sintonizar as rádio internacionais.

Atento

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5735
Re: Rádio Renascença
« Responder #34 em: Outubro 14, 2016, 11:15:03 pm »

Na verdade, não foi um grande resultado para a antena1 (3,9%). Foi o seu pior resultado dos últimos 10 anos, depois de ter tido um período de crescimento e consolidação da sua audiência.
A substituição no turno da manhã1 do editor das notícias Nuno Rodrigues pelo Miguel Soares não foi feliz. Foi de facto péssima. Os responsáveis saberão tirar as conclusões e irão, naturalmente, redefinir estratégias. Vamos aguardar.

Quando as coisas estão a funcionar, não se deve mexer na equipa...

Quanto ao desporto, a antena1 tem os melhores profissionais. Isso é indiscutível. No entanto, creio que o atual responsável pelo desporto não está talhado para o lugar. Está muito longe do profissionalismo exigente do Paulo Sérgio.

Com estes resultados ninguém poderá estar satisfeito.


Porém, recordo que a RR nos últimos 10 anos perdeu metade da audiência... Como justifica esse facto?

Exceptuando a Mega, a M80 e a antena2, todas as outras rádios desceram:
http://www.meiosepublicidade.pt/2016/10/bareme-radio-quebra-da-media-capital-radios-devolve-lideranca-ao-grupo-renascenca/
 

Foi uma pena a antena 1 ter descido acentuadamente nos dois últimos estudos de audiência...Caso contrário, teria a audiência consolidada e pronta para fazer o assalto ao terceiro lugar... Quando isso podia acontecer...houve a infeliz coincidência de baixar nas audiências como nunca nos últimos anos.

Parece-me deselegante tecer considerações sobre a RR (que aliás já foram amplamente discutidas neste e noutros fóruns, tendo reunido o consenso da maioria dos participantes) quando a mesma se encontra em vésperas de renovação na grelha de programas. Nesta fase são palavras de incentivo e de força que se devem transmitir.

Mas o caríssimo diz-se ligado à RTP e parece mais preocupado com a RR, quando as rádios públicas exibem resultados que são um desastre. A soma de resultados de 3 redes nacionais cifra-se nuns pífios  6.2%. Isto não é nada quando se considera o parque de emissores instalados de norte a sul, incluindo ilhas. A influência das estações públicas de radiodifusão é baixíssima e o afastamento do público acentua-se perante a inação dos responsáveis. A RTP produz rádios ultrapassadas, com pouco ou nenhum interesse para os cidadãos de hoje. Por analogia, ligar uma estação da RTP é como ligar um computador com o Windows 3.1, para não falar no MS-DOS. Ninguém usa.

Oiço as rádios da BBC, excelentes, e ouço as da RTP, medíocres, e questiono que modelo de serviço público é este que vigora em Portugale e que me envergonha. As rádios da RTP não dizem praticamente nada aos cidadãos, as pessoas não se identificam com modelos que acumulam pó, sem que ninguém se digne modificá-los. Para ouvir rádios públicas modernas  orientadas ao nosso modo de vida é sintonizar as rádio internacionais.

Não tem lido com atenção os meus escritos. Leia tudo o que escrevi.

Volto a perguntar: como justifica que a RR tenha perdido metade da sua audiência nos últimos 10 anos?

AG

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2636
  • NSTALGIA
Re: Rádio Renascença
« Responder #35 em: Outubro 15, 2016, 01:16:24 am »
Hoje em viagem de automóvel tive de pôr numa rádio local, 100,5 da Mundial FM e depois nos 98,8, que estavam a retransmitir a Golo FM. De Lisboa a Pombal, pela rádio não soube de nada do jogo. Inacreditável.
Mais a mais quando a RR estava a dar as musiquetas da treta do costume. As outras têm desculpa porque são mais dedicadas à informação e o OE é de facto um assunto com muita importância. Agora a Rádio Renascença, que já foi a melhor de longe na área do desporto, ter chegado a este ponto...

AG

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2636
  • NSTALGIA
Re: Rádio Renascença
« Responder #36 em: Outubro 15, 2016, 01:22:49 am »
E neste tópico é para falar da RR... Para falar da ex-RDP façam o favor de falar noutros tópicos, que até já existem.

Luis Carvalho

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1377
  • Façam a TSF Grande Outra Vez!
Re: Rádio Renascença
« Responder #37 em: Outubro 15, 2016, 01:28:11 am »

Na verdade, não foi um grande resultado para a antena1 (3,9%). Foi o seu pior resultado dos últimos 10 anos, depois de ter tido um período de crescimento e consolidação da sua audiência.
A substituição no turno da manhã1 do editor das notícias Nuno Rodrigues pelo Miguel Soares não foi feliz. Foi de facto péssima. Os responsáveis saberão tirar as conclusões e irão, naturalmente, redefinir estratégias. Vamos aguardar.

Quando as coisas estão a funcionar, não se deve mexer na equipa...

Quanto ao desporto, a antena1 tem os melhores profissionais. Isso é indiscutível. No entanto, creio que o atual responsável pelo desporto não está talhado para o lugar. Está muito longe do profissionalismo exigente do Paulo Sérgio.

Com estes resultados ninguém poderá estar satisfeito.


Porém, recordo que a RR nos últimos 10 anos perdeu metade da audiência... Como justifica esse facto?

Exceptuando a Mega, a M80 e a antena2, todas as outras rádios desceram:
http://www.meiosepublicidade.pt/2016/10/bareme-radio-quebra-da-media-capital-radios-devolve-lideranca-ao-grupo-renascenca/
 

Foi uma pena a antena 1 ter descido acentuadamente nos dois últimos estudos de audiência...Caso contrário, teria a audiência consolidada e pronta para fazer o assalto ao terceiro lugar... Quando isso podia acontecer...houve a infeliz coincidência de baixar nas audiências como nunca nos últimos anos.
Por analogia, ligar uma estação da RTP é como ligar um computador com o Windows 3.1, para não falar no MS-DOS. Ninguém usa.

Permita-me o off-topic, a propósito da analogia :

https://pplware.sapo.pt/informacao/falha-no-windows-3-1-coloca-aeroporto-frances-de-joelhos/

E já agora:

https://pplware.sapo.pt/informacao/eua-misseis-nucleares-controlados-computadores-1970/

Por incrível que pareça, quando falamos de sistemas críticos em que uma falha pode ser catastrófica, como na área da aviação, mas também em certos procedimentos na indústria, etc,  a prioridade é a estabilidade e segurança do sistema. Se um sistema informático opera de forma estável durante anos, tendo sido certificado para tal, segue-se a máxima de uma RFM: em equipa que ganha não se mexe. Pode crer que ainda há uns tantos sistemas obsoletos em operação simplesmente porque a sua actualização é muito complexa e exige inúmeros testes e certificações de modo a garantir que o equipamento funciona de forma segura e imune a erros perigosos.
« Última modificação: Outubro 15, 2016, 01:37:10 am por Luis Carvalho »
Cumprimentos,
Luís Carvalho

Administrador do "Fórum da Rádio"

Atento

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5735
Re: Rádio Renascença
« Responder #38 em: Outubro 15, 2016, 10:58:37 am »
Hoje em viagem de automóvel tive de pôr numa rádio local, 100,5 da Mundial FM e depois nos 98,8, que estavam a retransmitir a Golo FM. De Lisboa a Pombal, pela rádio não soube de nada do jogo. Inacreditável.
Mais a mais quando a RR estava a dar as musiquetas da treta do costume. As outras têm desculpa porque são mais dedicadas à informação e o OE é de facto um assunto com muita importância. Agora a Rádio Renascença, que já foi a melhor de longe na área do desporto, ter chegado a este ponto...


Tem razão. O desporto é fundamental numa rádio com mais palavra. Se a RR se limitar a mudanças aqui e ali e desprezar o desporto, pode ter quase a certeza que a subida nas audiências será momentânea, ou mesmo inexistente.

Nas rádios de palavra têm que estar os melhores comunicadores. Gente que saiba comunicar e tenha credibilidade para o fazer. É assim que acontece em todo lado...menos em Portugal

estvmkt

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2187
Re: Rádio Renascença
« Responder #39 em: Outubro 15, 2016, 05:20:34 pm »
O desporto da RR já teve melhores dias,mas a Antena 1 se tem caído deve-se à playlist que tem apresentado ultimamente.

RádioActivo

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 5
Re: Rádio Renascença
« Responder #40 em: Outubro 15, 2016, 05:38:56 pm »
Ai Renascença dos bons anos 80 e princípios dos anos 90, onde estás tu? No tempo em que havia coisas para dizer no ar, que faziam sentido e não papagaios adestrados a anunciar nomes das músicas e as horas. Para onde foi o espírito da rádio?

Danl

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 323
Re: Rádio Renascença
« Responder #41 em: Outubro 16, 2016, 01:03:16 am »
Ai Renascença dos bons anos 80 e princípios dos anos 90, onde estás tu? No tempo em que havia coisas para dizer no ar, que faziam sentido e não papagaios adestrados a anunciar nomes das músicas e as horas. Para onde foi o espírito da rádio?

E eu faço esta pergunta, por onde anda o António Sala?

Salvo um ou outro programa de informação, e desporto, pouco, a Renascença é uma rádio praticamente amorfa! E com bons profissionais, curiosamente.

Atento

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5735
Re: Rádio Renascença
« Responder #42 em: Outubro 16, 2016, 01:38:50 am »
O desporto da RR já teve melhores dias,mas a Antena 1 se tem caído deve-se à playlist que tem apresentado ultimamente.

Podemos admitir também essa hipótese, assim como outras apresentadas aqui no fórum. Eu destaco a mudança na edição das notícias da manhã entre as 07:00 e as 10:00. Miguel Soares, ainda que seja um bom jornalista, não tem a qualidade do Nuno Rodrigues, o qual tinha uma excelente simbiose com o António Macedo. Além disso, Nuno Rodrigues é mais imune a interferências de vária índole. Com Miguel Soares, havia noticiários bem conseguidos e isentos (na maior parte dos casos), mas, de quando em vez, brindava-nos com personagens ligadas a grupelhos da extrema esquerda (não me refiro ao PCP, mas a franjas mais radicais das orlas bloquistas).
Acresce a isto um desinvestimento na tarde desportiva (deixar de acompanhar os jogos da segunda liga), que, consequentemente foi perdendo ouvintes (a empresa tem os estudos que demonstram isso). O atual responsável está longe de ter o profissionalismo exigente e a coerência do Paulo Sérgio.
O atual diretor de informação da antena1 (João Paulo Baltasar - um desempregado da TSF), ainda que tenha mantido, no essencial, aquilo que os seus antecessores fizeram (João Barreiros e Fausto Coutinho), não consegue trazer nada de novo, limitando-se a gerir a situação...Borrou completamente a pintura ao mexer no turno da manhã e das 16-20. Nuno Rodrigues e Daniel Belo, neste momento, são o melhor que a rádio pública tem na edição das notícias. Ora o senhor Baltazar simplesmente ignorou esse facto. Agora corre atrás do prejuízo...

E a RR?

Por volta de 2005, pensou que pôr música a metro resolveria todos os seus problemas.  Não resolveu nenhum e ainda acrescentou vários. Espero que a nova programação dê uma verdadeira sacudidela na mediocridade que se instalou e que alastrou a todas as secções. Na minha opinião, a mudança só vai dar frutos se houver uma forte aposta no desporto e em comunicadores. Se tudo for feito de forma martelada, o sucesso não ocorrerá...
« Última modificação: Outubro 16, 2016, 04:34:52 pm por Atento »

radiosul

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 66
Re: Rádio Renascença
« Responder #43 em: Outubro 16, 2016, 04:11:19 pm »
Novidades sobre a nova programação da RR a partir de amanhã fechadas a 7 chaves. Mas algo, pouco, já divulgado:
5:00 - 6:30 Renato Duarte e Miriam Gonçalves
6:30 - Carla Rocha
13:00 - 17:00 - Paulino Coelho
e mais?  e será mesmo mais palavra e menos música??

Atento

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5735
Re: Rádio Renascença
« Responder #44 em: Outubro 16, 2016, 04:50:55 pm »
Novidades sobre a nova programação da RR a partir de amanhã fechadas a 7 chaves. Mas algo, pouco, já divulgado:
5:00 - 6:30 Renato Duarte e Miriam Gonçalves
6:30 - Carla Rocha
13:00 - 17:00 - Paulino Coelho
e mais?  e será mesmo mais palavra e menos música??

1- À partida, tendo em conta o que foi dito, o programa apresentado pela Carla Rocha terá mais palavra;


2- O espaço apresentado por Paulino Coelho deverá ser de música a metro, com pequenas informações de trânsito, temperaturas e outros registos de pequena reportagem;

3- O período conduzido por Renato Duarte e Miriam Gonçalves deverá ser uma réplica do Olá Manhã fim de semana;

4- Agora vou especular sem qualquer informação privilegiada:

4.1- 17:00-19:00 - Informação, comentário, debate, desporto (Bola Branca) + Rosário;

4.2- 19:00-22:30 - música a metro, tal como tem acontecido até aqui;

4.3- 22:30 - 23:00 - Bola Branca;

4.4- 23:00 - 00:00 - Edição da Noite;

4.5- 00:00-03:00 - Um espaço semelhante àquele que Óscar Daniel conduzia antes de ingressar nas manhãs;

4.6- 03:00-05:00 - música a metro...

A finalizar, considero que as rádios tendencialmente de palavra em Portugal têm que conseguir atrair comunicadores que tenham uma imagem pública visível e mediática, tal como acontece em Espanha ou em Portugal nas manhãs das rádios musicais Comercial e RFM:

http://www.elmundo.es/papel/historias/2016/10/16/57ff61c4ca4741c7708b4694.html