Autor Tópico: Antena 2  (Lida 47393 vezes)

Memorias da Radio

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 3002
Re: Antena 2
« Responder #60 em: Maio 24, 2021, 12:00:14 am »
Destaco também na Antena 1, o programa "Rosa dos Ventos" da autoria de Jorge Afonso com textos pelo meio. Estilo Jazz, Blues, Soul. Muito agradável de se ouvir nas noites de Sábado pelas 23h na rádio pública.

Então destaca no tópico devido, não é.  :P

Mas se está à mesma hora do Argonauta... cria um problema que, no passado, não era solucionável. Quem gostar de ambos os estilos e de ambos os programas como faz?

Asantosc12

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 690
Re: Antena 2
« Responder #61 em: Maio 24, 2021, 12:07:11 am »
Destaco também na Antena 1, o programa "Rosa dos Ventos" da autoria de Jorge Afonso com textos pelo meio. Estilo Jazz, Blues, Soul. Muito agradável de se ouvir nas noites de Sábado pelas 23h na rádio pública.

Então destaca no tópico devido, não é.  :P

Mas se está à mesma hora do Argonauta... cria um problema que, no passado, não era solucionável. Quem gostar de ambos os estilos e de ambos os programas como faz?

Sabendo que não se trata da Antena 2, não consegui deixei de partilhar com todos. O programa da Antena 2 está atualizado no Rtp Play, contrariamente ao da Antena 1. Se fosse ouvia o da Antena 1 em direto, porque depois teria oportunidade de ouvir o outro noutra altura. :D

tuscano

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1161
Re: Antena 2
« Responder #62 em: Maio 24, 2021, 02:46:12 pm »
Ontem à noite, em plena Eurovisão e dado que a nossa rádio pública, ao contrário da RNE, não transmitiu o certamente em nenhuma das suas estações, nem mesmo na Antena 3, tomei a liberdade de sintonizar a Antena 2 e ouvir o "Argonauta" de Jorge Carnaxide.

Pessoalmente não sei se os sons que preenchiam a antena são compostos pelo próprio ou alguém associado ao programa (uma dúvida que já existia com o Íntima Fração de Francisco Amaral), mas digo que o programa tem uma qualidade muitíssimo elevada. Uma colagem perfeita entre ambiência, coloração, sonoridades, e os textos lidos pelo próprio, criteriosamente ordenados e bem lidos, com uma expressividade natural e sem cair nem no teatral, nem no radialista.

Uma experiência que, às 23h de um Sábado pelas ruas do Porto, soube muito bem.

E este é o tipo de conteúdo que faz a rádio ser rádio e não uma empresa para fazer lucro a partir dos anunciantes a fingir que é rádio. O resto... é conversa.

Depois das 00h esteve um programa de jazz que a meu ver deveria passar para mais cedo. Mas isto, se a Antena 2 não fosse tão fixa na música clássica ao longo do dia... o que é uma pena.
A Antena 2 precisava de misturar o Erudito com o Jazz ao longo de todo o dia, ou seja uma playlist que abarca-se os 2 estilos e não como agora em que o jazz é relegado, por exemplo para as 20h, horário em que muito menos gente ouve rádio.

Asantosc12

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 690
Re: Antena 2
« Responder #63 em: Maio 25, 2021, 12:03:55 am »
Eu gostava de uma Antena 2 que sem esquecer a Música Clássica, por muito que eu não goste, fosse para o Vocal Jazz, Blues, Soul, Bossa Nova.

Podiam passar nomes como António Carlos Jobim, Nat King Cole, Van Morrison, Michael Bublé, Low Rouls, Lionel Richie, Gregory Porter, John Mayer, Antony Strong, Diana Krall, Elis Regina, Tony Bennett, BB King, Denise King, Bob Dylan, Bill Withers, Stacy Kent, Ray Charles, Norah Jones, Smokey Robinson, Wilson Pickett, Buddy Guy, Frank Sinatra, Eric Clapton, Dan Penn, Eric Lensink, Chicken Shack (...) entre muitos outros.

Se fosse diretor musical da Antena 2, era na base deste género que apostava. Acho que teria bem mais que os atuais 0,8%. Para mim era um gosto fazer isso, tendo em conta que tenho uma playlist no carro, com musicas escolhidas por mim a dedo, com estes e outros artistas que referi ;)

Boxx

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 925
Re: Antena 2
« Responder #64 em: Maio 25, 2021, 08:42:30 am »
Eu gostava de uma Antena 2 que sem esquecer a Música Clássica, por muito que eu não goste, fosse para o Vocal Jazz, Blues, Soul, Bossa Nova.

Podiam passar nomes como António Carlos Jobim, Nat King Cole, Van Morrison, Michael Bublé, Low Rouls, Lionel Richie, Gregory Porter, John Mayer, Antony Strong, Diana Krall, Elis Regina, Tony Bennett, BB King, Denise King, Bob Dylan, Bill Withers, Stacy Kent, Ray Charles, Norah Jones, Smokey Robinson, Wilson Pickett, Buddy Guy, Frank Sinatra, Eric Clapton, Dan Penn, Eric Lensink, Chicken Shack (...) entre muitos outros.

Se fosse diretor musical da Antena 2, era na base deste género que apostava. Acho que teria bem mais que os atuais 0,8%. Para mim era um gosto fazer isso, tendo em conta que tenho uma playlist no carro, com musicas escolhidas por mim a dedo, com estes e outros artistas que referi ;)

Isso transformaria a Antena 2 numa juke box repetitiva ao estilo Smooth FM.

estvmkt

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2194
Re: Antena 2
« Responder #65 em: Maio 25, 2021, 09:10:36 am »
Ter uma Smooth a nível nacional seria fantástico

Atento

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5793
Re: Antena 2
« Responder #66 em: Maio 25, 2021, 09:50:55 am »
Ter uma Smooth a nível nacional seria fantástico


Isso está fora de questão.

Asantosc12

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 690
Re: Antena 2
« Responder #67 em: Maio 25, 2021, 11:20:31 am »
Ter uma Smooth a nível nacional seria fantástico

Eu também acho, a Smooth FM com a parca rede de emissores em comparação com a Antena 2, tem a mesma ou mais audiência. Acho que é um produto que a rádio publica poderia oferecer, basta olhar para as estações públicas fora de Portugal. Não esquecendo também o estilo de música clássica, que é a imagem da estação. Acho que se poderia fazer coisas muito interessantes, passar Live Concerts, programas dedicados/explorar aos artistas que passam na rádio, convidar músicos portugueses a difundir o seu trabalho ou até ter uma hora/duas em que fossem eles o "host" do programa.

Acredito que pegassem neste estilo e nestas ideias, ultrapassavam a Antena 3 nas audiências.

tuscano

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1161
Re: Antena 2
« Responder #68 em: Maio 25, 2021, 06:38:08 pm »
Quando me referi a colocar jazz na playlist durante todo o dia misturado com a música erudita é para incluir todo o tipo de jazz, ou seja por exemplo, piano Jazz, Free Jazz, os portugueses  Ricardo Toscano e Bruno Pernadas, jazz de outras paragens que não só a América e Portugal, etc,  e não apenas o estilo da Smooth fm, isso seria muito redutor, para uma rádio como a Antena2.

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 861
Re: Antena 2
« Responder #69 em: Maio 26, 2021, 06:21:58 pm »
Ter uma Smooth a nível nacional seria fantástico
Isso está fora de questão.
Assim sendo, parte do princípio, “Atento”, que a tecnologia DAB+, disseminada na Europa, não vai chegar a Portugal. É isso?

Hoje existe uma quantidade bastante razoável de todo o tipo de recetores FM + DAB+ no mercado europeu, de vários fabricantes, a preços cada vez mais acessíveis. Para além das múltiplas vantagens face ao FM, que têm vindo a ser explanadas aqui neste fórum, existem funcionalidades úteis para os ouvintes/utilizadores, como esta pequena pérola: acerto automático de relógios pelos sinais DAB como nos rádio-despertadores e nos equipamentos dos automóveis…

Estamos na cauda da Europa em termos de tecnologia de difusão de sinais de rádio.

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 861
Re: Antena 2
« Responder #70 em: Maio 26, 2021, 07:52:08 pm »
Eu gostava de uma Antena 2 que sem esquecer a Música Clássica, por muito que eu não goste, fosse para o Vocal Jazz, Blues, Soul, Bossa Nova.

Podiam passar nomes como António Carlos Jobim, Nat King Cole, Van Morrison, Michael Bublé, Low Rouls, Lionel Richie, Gregory Porter, John Mayer, Antony Strong, Diana Krall, Elis Regina, Tony Bennett, BB King, Denise King, Bob Dylan, Bill Withers, Stacy Kent, Ray Charles, Norah Jones, Smokey Robinson, Wilson Pickett, Buddy Guy, Frank Sinatra, Eric Clapton, Dan Penn, Eric Lensink, Chicken Shack (...) entre muitos outros.

Se fosse diretor musical da Antena 2, era na base deste género que apostava. Acho que teria bem mais que os atuais 0,8%. Para mim era um gosto fazer isso, tendo em conta que tenho uma playlist no carro, com musicas escolhidas por mim a dedo, com estes e outros artistas que referi ;)
Alguma vez arranjou tempo e disponibilidade para ouvir, contextualizar, compreender e apreciar a perfeição e sincronismos da música clássica, com todas as nuances que a caracterizam? Sim, trata-se de um género musical mais complexo que os outros e que exige a envolvência e curiosidade do ouvinte. Este género musical é marca identitária do continente europeu e do período do renascimento. Tem mais de 200 anos, continua atual e vai ser assim no futuro, com a forte adesão de gerações jovens, pelo menos por essa Europa fora, com todo o rejuvenescimento de músicos e intérpretes, mas também de público. A música clássica surgiu num período de grande evolução da ciência, matemática, filosofia e artes nas academias europeias e sociedade em geral (hoje, estuda-se os matemáticos, físicos, pensadores desse tempo como contemporâneos, nas Universidades, e também como os percursores da sociedade/ pensamento científicos modernos) e tal impulsionou a identidade da Europa que conhecemos. Estes movimentos começaram nas cidades-estado italianas e preconizam a procura pela perfeição humana. A música clássica está ligada a todos estes movimentos, digamos, é simultaneamente, de uma precisão matemática, de uma envolvência filosófica e, até, metafísica.

Este género musical faz parte da oferta radiofónica de qualquer serviço público europeu e, concordo consigo, que a ‘Antena 2’ deve alargar a oferta de conteúdos para chamar outros públicos, que por essa via chegam até ao género clássico. A grelha deve ser mais arejada, menos institucional, e adequada aos públicos de hoje.

O que tenho constatado em outros operadores públicos da Europa é que há uma forte aposta em chamar públicos jovens para estes géneros e tenho visto e ouvido espetáculos de uma excelência absoluta, realizados por jovens adultos e com público jovem na assistência. Enfim, outra mentalidade.

Memorias da Radio

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 3002
Re: Antena 2
« Responder #71 em: Maio 27, 2021, 12:58:44 pm »
Reparei que a Antena 2 em emissão gravada não respeita a sua própria regra de deixar 2 segundos em silêncio, antes do locutor começar a falar. Ocorre em direto, mas não em gravados, quando passam música clássica. Curioso.

Asantosc12

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 690
Re: Antena 2
« Responder #72 em: Maio 27, 2021, 10:30:14 pm »
Alguma vez arranjou tempo e disponibilidade para ouvir, contextualizar, compreender e apreciar a perfeição e sincronismos da música clássica, com todas as nuances que a caracterizam? Sim, trata-se de um género musical mais complexo que os outros e que exige a envolvência e curiosidade do ouvinte. Este género musical é marca identitária do continente europeu e do período do renascimento. Tem mais de 200 anos, continua atual e vai ser assim no futuro, com a forte adesão de gerações jovens, pelo menos por essa Europa fora, com todo o rejuvenescimento de músicos e intérpretes, mas também de público. A música clássica surgiu num período de grande evolução da ciência, matemática, filosofia e artes nas academias europeias e sociedade em geral (hoje, estuda-se os matemáticos, físicos, pensadores desse tempo como contemporâneos, nas Universidades, e também como os percursores da sociedade/ pensamento científicos modernos) e tal impulsionou a identidade da Europa que conhecemos. Estes movimentos começaram nas cidades-estado italianas e preconizam a procura pela perfeição humana. A música clássica está ligada a todos estes movimentos, digamos, é simultaneamente, de uma precisão matemática, de uma envolvência filosófica e, até, metafísica.

Já tentei por exemplo ouvir na Antena 2 e é o tipo de música que não me "entra" no ouvido tal como as Kizombas da RFM. O mais fácil era dizer que é uma cópia da Smooth FM aceitando-se, só com uma rede nacional de emissores, investimento em locutores por exemplo das 7 da manhã, até à meia-noite. Acho que a Antena 2 é uma rádio que poderia ser bem explorada, não perdendo a identidade, mas sim dar-lhe um "refresh". O serviço público só ficava a ganhar, basta olhar para a audiência da Smooth com a pequena rede de emissores. O Grupo RTP como aqui já foi debatido, não tira o melhor proveito das suas rádios e muitos portugueses não se identificam com um serviço que é deles.

pdf

  • Visitante
Re: Antena 2
« Responder #73 em: Maio 28, 2021, 05:18:34 pm »
Alguma vez arranjou tempo e disponibilidade para ouvir, contextualizar, compreender e apreciar a perfeição e sincronismos da música clássica, com todas as nuances que a caracterizam? Sim, trata-se de um género musical mais complexo que os outros e que exige a envolvência e curiosidade do ouvinte. Este género musical é marca identitária do continente europeu e do período do renascimento. Tem mais de 200 anos, continua atual e vai ser assim no futuro, com a forte adesão de gerações jovens, pelo menos por essa Europa fora, com todo o rejuvenescimento de músicos e intérpretes, mas também de público. A música clássica surgiu num período de grande evolução da ciência, matemática, filosofia e artes nas academias europeias e sociedade em geral (hoje, estuda-se os matemáticos, físicos, pensadores desse tempo como contemporâneos, nas Universidades, e também como os percursores da sociedade/ pensamento científicos modernos) e tal impulsionou a identidade da Europa que conhecemos. Estes movimentos começaram nas cidades-estado italianas e preconizam a procura pela perfeição humana. A música clássica está ligada a todos estes movimentos, digamos, é simultaneamente, de uma precisão matemática, de uma envolvência filosófica e, até, metafísica.

Já tentei por exemplo ouvir na Antena 2 e é o tipo de música que não me "entra" no ouvido tal como as Kizombas da RFM. O mais fácil era dizer que é uma cópia da Smooth FM aceitando-se, só com uma rede nacional de emissores, investimento em locutores por exemplo das 7 da manhã, até à meia-noite. Acho que a Antena 2 é uma rádio que poderia ser bem explorada, não perdendo a identidade, mas sim dar-lhe um "refresh". O serviço público só ficava a ganhar, basta olhar para a audiência da Smooth com a pequena rede de emissores. O Grupo RTP como aqui já foi debatido, não tira o melhor proveito das suas rádios e muitos portugueses não se identificam com um serviço que é deles.

Certo. Nenhuma das antenas neste momento está a cumprir os mínimos olímpicos.


Enviado do meu iPad usando o Tapatalk Pro

DXPedro

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 64
    • YouTube
Re: Antena 2
« Responder #74 em: Junho 23, 2021, 05:42:30 pm »
Ontem à noite, em plena Eurovisão e dado que a nossa rádio pública, ao contrário da RNE, não transmitiu o certamente em nenhuma das suas estações, nem mesmo na Antena 3, tomei a liberdade de sintonizar a Antena 2 e ouvir o "Argonauta" de Jorge Carnaxide.

Pessoalmente não sei se os sons que preenchiam a antena são compostos pelo próprio ou alguém associado ao programa (uma dúvida que já existia com o Íntima Fração de Francisco Amaral), mas digo que o programa tem uma qualidade muitíssimo elevada. Uma colagem perfeita entre ambiência, coloração, sonoridades, e os textos lidos pelo próprio, criteriosamente ordenados e bem lidos, com uma expressividade natural e sem cair nem no teatral, nem no radialista.

Uma experiência que, às 23h de um Sábado pelas ruas do Porto, soube muito bem.

E este é o tipo de conteúdo que faz a rádio ser rádio e não uma empresa para fazer lucro a partir dos anunciantes a fingir que é rádio. O resto... é conversa.

Depois das 00h esteve um programa de jazz que a meu ver deveria passar para mais cedo. Mas isto, se a Antena 2 não fosse tão fixa na música clássica ao longo do dia... o que é uma pena.

Tens de 2a a 6a às 20h um programa de jazz. ;)