Autor Tópico: Mega Hits  (Lida 206670 vezes)

modernices

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 371
Re: Mega Hits
« Responder #1965 em: Abril 01, 2024, 09:41:03 pm »
A Megahits no Porto ouve-se misturada com a rádio da Iurd. Aliás, a rádio da Iurd está em cima de várias rádios.

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5225
  • Foi a Rádio que fez Abril!
Re: Mega Hits
« Responder #1966 em: Abril 01, 2024, 09:52:10 pm »
A Megahits no Porto ouve-se misturada com a rádio da Iurd. Aliás, a rádio da Iurd está em cima de várias rádios.
Por acaso ainda não apanhei essa da RECORD. Em que zona do Porto foi? Em Gaia e Gondomar há sim, forte interferência da FESTIVAL/NOVA que estão a lançar sinal em 90.7. Mas a RECORD tem várias frequências que está a empastelar. Em qualquer caso, isso solucionar-se-ia com a Mega a emitir do Monte da Virgem.
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

modernices

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 371
Re: Mega Hits
« Responder #1967 em: Abril 01, 2024, 10:05:55 pm »
A Megahits no Porto ouve-se misturada com a rádio da Iurd. Aliás, a rádio da Iurd está em cima de várias rádios.
Por acaso ainda não apanhei essa da RECORD. Em que zona do Porto foi? Em Gaia e Gondomar há sim, forte interferência da FESTIVAL/NOVA que estão a lançar sinal em 90.7. Mas a RECORD tem várias frequências que está a empastelar. Em qualquer caso, isso solucionar-se-ia com a Mega a emitir do Monte da Virgem.

Junto ao rio. Mistura da Record com a Antena 3. Mas também apanhei a ouvir a Batida, a Record com Antena 1. E na busca automática parou em 97.3 uma amálgama de Record com a Rádio Renascença.
Tem razão, a Record parece um emissor soviético a empastelar os sinais na cidade do Porto.
« Última modificação: Abril 01, 2024, 10:10:10 pm por modernices »

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5225
  • Foi a Rádio que fez Abril!
Re: Mega Hits
« Responder #1968 em: Abril 01, 2024, 10:32:53 pm »
A Megahits no Porto ouve-se misturada com a rádio da Iurd. Aliás, a rádio da Iurd está em cima de várias rádios.
Por acaso ainda não apanhei essa da RECORD. Em que zona do Porto foi? Em Gaia e Gondomar há sim, forte interferência da FESTIVAL/NOVA que estão a lançar sinal em 90.7. Mas a RECORD tem várias frequências que está a empastelar. Em qualquer caso, isso solucionar-se-ia com a Mega a emitir do Monte da Virgem.

Junto ao rio. Mistura da Record com a Antena 3. Mas também apanhei a ouvir a Batida, a Record com Antena 1. E na busca automática parou em 97.3 uma amálgama de Record com a Rádio Renascença.
Tem razão, a Record parece um emissor soviético a empastelar os sinais na cidade do Porto.

Certíssimo..quando o FCP usava os 97.3 para a áudio descricão, bastava andar 50m para lá do Estádio que já se notava a RECORD a entrar. Loga facilmente RDS em 97.3 na A20, e em 94.3 no Bairro do Cedro em Gaia acontece exatamente o mesmo. Curiosamente, no caso de 97.3, quando a RECORD vai abaixo, deixa de se ouvir também a RR, mesmo que 93.7 se mantenham em funcionamento.
Como o pdf já explicou, aparentemente é normal na peoximidade aos grandes centros emissores, sendo certo que na semana passada testei em Lisboa muito perto de Monsanto e não apanhei nada (embora já tenha detetado em outubro do ano passado os emissores da R/Com a se sobreporem a Antena 1, RR e +OESTE de Montejunto). Já tiz buscas no Sameiro, também não detetei nada deste género.
Falta ainda outra clássica, os 102.2 da Lousã da Antena 3, anulados pela NOVA ERA.
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

Julio Carvalho

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 3745
Re: Mega Hits
« Responder #1969 em: Abril 12, 2024, 12:37:27 pm »
Já reparei que António Sala é a voz da apresentação do jingle da nova rubrica de humor do Snooze do humorista André Pinheiro...

ocentos15

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 205
Re: Mega Hits
« Responder #1970 em: Abril 12, 2024, 03:20:41 pm »
Maria Petronilo a fazer a sua estreia em programação regular (não apenas Sintra) agora das 13h às 16h. E portanto, Sintra está a retransmitir Lisboa.

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5225
  • Foi a Rádio que fez Abril!
Re: Mega Hits
« Responder #1971 em: Maio 05, 2024, 02:46:30 am »
Maria Petronilo a fazer a sua estreia em programação regular (não apenas Sintra) agora das 13h às 16h. E portanto, Sintra está a retransmitir Lisboa.

Não foi não, a estreia foi no dia 14/03/2024 no Girls Night Out, quando as titulares foram ambas de férias. Aqui a prova, trransição do Drive-In para o GNO e o início do prórpio progrma. Aconteceu uma coisa curiosa, mesmo antes da Maria entrar no ar, começou a tocar a emissão da RFM. O áudio foi captado nos 90.6 e no local onde estava, o emissor do Muro, que já está a 0.2 em 90.4 não chega e não há nenhuma espúria da irmã mais velha do Mte da Virgem. Acredito que tenha sido uma espécie de praxe.  ;D ;D

https://audio.com/pdnf/audio/maria-petronilho-gno-1403

Entretanto, os festivais da Mega e até as Queimas estão a passar também na RFM e em alguns horários na RR. Deve ser a primeira vez que vejo tal a acontecer. Agora mesmo, o mesmo spot da Queima estava a passar ao mesmo tempo na RFM e na MEGAHITS. Por lá tem passado a promo com o Coimbra e com a Bento ao Festival RFM. Não percebo é porque é que tiram o nome das rádios, se afinal é tudo do mesmo dono.

Outra coisa meia estranha é ainda ouvir spots do Primavera com a voz da Palma, assim como o anúncio de frequências com o "Isto, é Megaaaa...".

Finalmente, a Mega é a rádio oficial de todas as "Queimas" das cidades onde tem emissores, incluindo Viseu onde só há a Católica e o Politécnico (a Rádio Monsantro teria sido tão interessante para a UBI) e também de Lisboa, depois do desastre que foi a SAL em que a RFM acabou a se ver metida, ao ser rádio oficial. Isto, se for bem trabalhado, pode ser interessante para as audiências, mas deviam ter emissões a partir de todas. Esta semana deviam dividir-se entre Porto e Braga. No Porto, que limparam à Cidade FM, terão emissão pelo menos hoje e amanhã. De programação estava previsto ser Fábio, Francisca e Maia, mas só estiveram os dois primeiros. Ouvi parte da emissão, para festivais e eventos são as duas melhores peças, ainda para mais agora com o Alex e a Palma na 3, a Mega fica um bocado desfalcada nesse pelouro, e considerando que o Diogo já assumiu publicamente que não gosta de ir nem de fazer emissão em festivais... Não percebi porque é que esteve o Conguito como host, assim como ontem no Drive In, na ausência do Pinheiro. As meninas não sabem subir e baixar vias? Tenho a certeza que sim, e ambas são titulares dos respetivos horários.
Nota menos positiva para terem acabado a emissão antes mesmo do início oficial da Queima. Sendo noite Mega, poderiam ter transmitido Bispo e Richie Campbell. O horário das 0h em diante é pouco apelativo, mas a RFM tem animação, por exemplo, não teria vindo mal ao mundo. Podiam ter começado mais tarde a partir do Porto, e prolongado até às 3h.
« Última modificação: Maio 05, 2024, 02:51:53 am por pdnf »
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

ouvinte

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 335
Re: Mega Hits
« Responder #1972 em: Maio 05, 2024, 12:53:33 pm »
Maria Petronilo a fazer a sua estreia em programação regular (não apenas Sintra) agora das 13h às 16h. E portanto, Sintra está a retransmitir Lisboa.

Não foi não, a estreia foi no dia 14/03/2024 no Girls Night Out, quando as titulares foram ambas de férias. Aqui a prova, trransição do Drive-In para o GNO e o início do prórpio progrma. Aconteceu uma coisa curiosa, mesmo antes da Maria entrar no ar, começou a tocar a emissão da RFM. O áudio foi captado nos 90.6 e no local onde estava, o emissor do Muro, que já está a 0.2 em 90.4 não chega e não há nenhuma espúria da irmã mais velha do Mte da Virgem. Acredito que tenha sido uma espécie de praxe.  ;D ;D

https://audio.com/pdnf/audio/maria-petronilho-gno-1403

Entretanto, os festivais da Mega e até as Queimas estão a passar também na RFM e em alguns horários na RR. Deve ser a primeira vez que vejo tal a acontecer. Agora mesmo, o mesmo spot da Queima estava a passar ao mesmo tempo na RFM e na MEGAHITS. Por lá tem passado a promo com o Coimbra e com a Bento ao Festival RFM. Não percebo é porque é que tiram o nome das rádios, se afinal é tudo do mesmo dono.

Outra coisa meia estranha é ainda ouvir spots do Primavera com a voz da Palma, assim como o anúncio de frequências com o "Isto, é Megaaaa...".

Finalmente, a Mega é a rádio oficial de todas as "Queimas" das cidades onde tem emissores, incluindo Viseu onde só há a Católica e o Politécnico (a Rádio Monsantro teria sido tão interessante para a UBI) e também de Lisboa, depois do desastre que foi a SAL em que a RFM acabou a se ver metida, ao ser rádio oficial. Isto, se for bem trabalhado, pode ser interessante para as audiências, mas deviam ter emissões a partir de todas. Esta semana deviam dividir-se entre Porto e Braga. No Porto, que limparam à Cidade FM, terão emissão pelo menos hoje e amanhã. De programação estava previsto ser Fábio, Francisca e Maia, mas só estiveram os dois primeiros. Ouvi parte da emissão, para festivais e eventos são as duas melhores peças, ainda para mais agora com o Alex e a Palma na 3, a Mega fica um bocado desfalcada nesse pelouro, e considerando que o Diogo já assumiu publicamente que não gosta de ir nem de fazer emissão em festivais... Não percebi porque é que esteve o Conguito como host, assim como ontem no Drive In, na ausência do Pinheiro. As meninas não sabem subir e baixar vias? Tenho a certeza que sim, e ambas são titulares dos respetivos horários.
Nota menos positiva para terem acabado a emissão antes mesmo do início oficial da Queima. Sendo noite Mega, poderiam ter transmitido Bispo e Richie Campbell. O horário das 0h em diante é pouco apelativo, mas a RFM tem animação, por exemplo, não teria vindo mal ao mundo. Podiam ter começado mais tarde a partir do Porto, e prolongado até às 3h.

Do que ouvi parece-me que tecnicamente estão mal. A música deve sair do estúdio, sendo que eles devem fazer controlo remoto, e a voz vem por 4g/5g... super instável e com cortes.
A Bauer tem outros cuidados no que diz respeito a emissões a partir do exterior.
A transmissão de concertos nas condições que eles agora devem ter seria algo desastroso, imaginando que antes dos espetáculos a rede já estava super carregada / instável.



pdf

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 638
Re: Mega Hits
« Responder #1973 em: Maio 05, 2024, 01:34:12 pm »
Pelo que sei e pude ver no local (sem entrar, claro, as queimas já não são para a minha idade), as operadoras não montaram as afamadas estruturas festivaleiras "cell on wheels". Sem este reforço, normalmente uma torre temporária ou um equipamento móvel em carrinhas ou camiões (daí o nome), as rádios têm de partilhar a rede com toda a gente no recinto + a população do Porto e Matosinhos habitualmente servidas pelas antenas em questão.

Nestes casos, não há milagres. Lembro-me que a NOS morreu completamente no último Paredes de Coura - a MEO aguentou-se porque tinha uma cell on wheels junto à rotunda de entrada do festival, e a Vodafone... bem, a Vodafone dá nome ao festival e é óbvio que estava montada lá uma antena temporária. Com a NOS era impossível mandar uma simples mensagem ou abrir o WhatsApp, por exemplo.

O melhor nestas situações de exteriores, se possível, é pedir puxada de fibra temporária. As redes móveis falham (quase) sempre em situações limite.

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5225
  • Foi a Rádio que fez Abril!
Re: Mega Hits
« Responder #1974 em: Maio 05, 2024, 07:56:20 pm »
Pelo que sei e pude ver no local (sem entrar, claro, as queimas já não são para a minha idade), as operadoras não montaram as afamadas estruturas festivaleiras "cell on wheels". Sem este reforço, normalmente uma torre temporária ou um equipamento móvel em carrinhas ou camiões (daí o nome), as rádios têm de partilhar a rede com toda a gente no recinto + a população do Porto e Matosinhos habitualmente servidas pelas antenas em questão.

Nestes casos, não há milagres. Lembro-me que a NOS morreu completamente no último Paredes de Coura - a MEO aguentou-se porque tinha uma cell on wheels junto à rotunda de entrada do festival, e a Vodafone... bem, a Vodafone dá nome ao festival e é óbvio que estava montada lá uma antena temporária. Com a NOS era impossível mandar uma simples mensagem ou abrir o WhatsApp, por exemplo.

O melhor nestas situações de exteriores, se possível, é pedir puxada de fibra temporária. As redes móveis falham (quase) sempre em situações limite.

E não sei se eles trabalham com a Vodafone ou não, mas aqui por Gaia, nas últimas duas noites, a rede da Vodafone esteve um caos. Em nenhuma delas nada de TV e para aceder à net no PC estava com PA Móvel, a puxar a rede da MEO que uso no telefone. É que para abrir um simples site de um jornal, parecia que estava em 2003, a demorar 2 minutos a carregar. De facto,  notava-se o som deles,  por vezes, algo no fundo do poço, aparte de que quando a música ia a decibeis mais reduzidos, se ouvia as vozes deles por baixo a conversar, sem que fosse perceptível o que diziam (penso que a via não estaria a encerrar totalmente).
« Última modificação: Maio 05, 2024, 07:58:23 pm por pdnf »
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5225
  • Foi a Rádio que fez Abril!
Re: Mega Hits
« Responder #1975 em: Maio 06, 2024, 02:45:08 am »
Entretanto, seguindo a tendência dos últimos anos nas novas contratações, a produtora das manhãs da MegaHits é a estrela das redes sociais, Margarida Antunes, que basta por o nome no Google, se percebe que faz correr muita tinta nas revistas cor-de-rosa.

https://www.youtube.com/watch?v=A-MyInOWr58

Não tenho grandes dúvidas de que, numa próxima mudança de grelha, sobe a locutora. Para terem uma ideia, supera a Maia em termos de números nas redes sociais, e sabemos que isso conta muito.

Um destes dias hei de escrever aqui sobre a Mega umas percepções que tenho.  ;)
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.

pdf

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 638
Re: Mega Hits
« Responder #1976 em: Maio 06, 2024, 03:32:20 pm »
Pelo que sei e pude ver no local (sem entrar, claro, as queimas já não são para a minha idade), as operadoras não montaram as afamadas estruturas festivaleiras "cell on wheels". Sem este reforço, normalmente uma torre temporária ou um equipamento móvel em carrinhas ou camiões (daí o nome), as rádios têm de partilhar a rede com toda a gente no recinto + a população do Porto e Matosinhos habitualmente servidas pelas antenas em questão.

Nestes casos, não há milagres. Lembro-me que a NOS morreu completamente no último Paredes de Coura - a MEO aguentou-se porque tinha uma cell on wheels junto à rotunda de entrada do festival, e a Vodafone... bem, a Vodafone dá nome ao festival e é óbvio que estava montada lá uma antena temporária. Com a NOS era impossível mandar uma simples mensagem ou abrir o WhatsApp, por exemplo.

O melhor nestas situações de exteriores, se possível, é pedir puxada de fibra temporária. As redes móveis falham (quase) sempre em situações limite.

E não sei se eles trabalham com a Vodafone ou não, mas aqui por Gaia, nas últimas duas noites, a rede da Vodafone esteve um caos. Em nenhuma delas nada de TV e para aceder à net no PC estava com PA Móvel, a puxar a rede da MEO que uso no telefone. É que para abrir um simples site de um jornal, parecia que estava em 2003, a demorar 2 minutos a carregar. De facto,  notava-se o som deles,  por vezes, algo no fundo do poço, aparte de que quando a música ia a decibeis mais reduzidos, se ouvia as vozes deles por baixo a conversar, sem que fosse perceptível o que diziam (penso que a via não estaria a encerrar totalmente).

Não és a primeira pessoa a falar da lentidão da rede da Vodafone, aquela que em tempos considerei a melhor de Portugal - e de facto era boa - está a caminhar a passos largos (se é que já é) para o último lugar... fixa em FTTH ainda se vai aguentando, já a rede móvel está sempre a ficar atrás das outras duas, tanto em disponibilidade como em velocidade.

Tem piada porque mudei de operadora mesmo nas vésperas do célebre ataque informático à Vodafone aqui há uns anos (2022).

Memorias da Radio

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2965
Re: Mega Hits
« Responder #1977 em: Maio 09, 2024, 03:53:26 pm »
Entretanto, seguindo a tendência dos últimos anos nas novas contratações, a produtora das manhãs da MegaHits é a estrela das redes sociais, Margarida Antunes, que basta por o nome no Google, se percebe que faz correr muita tinta nas revistas cor-de-rosa.

https://www.youtube.com/watch?v=A-MyInOWr58

Não tenho grandes dúvidas de que, numa próxima mudança de grelha, sobe a locutora. Para terem uma ideia, supera a Maia em termos de números nas redes sociais, e sabemos que isso conta muito.

Um destes dias hei de escrever aqui sobre a Mega umas percepções que tenho.  ;)

"Estrela das redes sociais" mas sabemos bem porquê, não sabemos?

Inclusive é perfeitamente percetível quem é que a agencia, porque dois outros casos são quase rigorosamente iguais, se é que me faço entender.

Portanto, é uma Catarina Maia mas em vez de ser Cabelo Pantene... e por aqui me fico.

Isto sendo dito, nota-se que é acessível e simpática, até mesmo relativamente humilde, e nesse sentido ganha pontos, na minha opinião. Ou seja, para mim acaba por ser mais consensual do que a Catarina Maia algum dia foi.

No demais, não tem mínimos de voz para locutora, mas faz um trabalho que para o target até podemos considerar interessante, como produtora, justiça seja feita.
« Última modificação: Maio 09, 2024, 03:55:04 pm por Memorias da Radio »

ocentos15

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 205
Re: Mega Hits
« Responder #1978 em: Maio 10, 2024, 12:07:27 am »
Entretanto, seguindo a tendência dos últimos anos nas novas contratações, a produtora das manhãs da MegaHits é a estrela das redes sociais, Margarida Antunes, que basta por o nome no Google, se percebe que faz correr muita tinta nas revistas cor-de-rosa.

https://www.youtube.com/watch?v=A-MyInOWr58

Não tenho grandes dúvidas de que, numa próxima mudança de grelha, sobe a locutora. Para terem uma ideia, supera a Maia em termos de números nas redes sociais, e sabemos que isso conta muito.

Um destes dias hei de escrever aqui sobre a Mega umas percepções que tenho.  ;)

"Estrela das redes sociais" mas sabemos bem porquê, não sabemos?

Inclusive é perfeitamente percetível quem é que a agencia, porque dois outros casos são quase rigorosamente iguais, se é que me faço entender.

Portanto, é uma Catarina Maia mas em vez de ser Cabelo Pantene... e por aqui me fico.

Isto sendo dito, nota-se que é acessível e simpática, até mesmo relativamente humilde, e nesse sentido ganha pontos, na minha opinião. Ou seja, para mim acaba por ser mais consensual do que a Catarina Maia algum dia foi.

No demais, não tem mínimos de voz para locutora, mas faz um trabalho que para o target até podemos considerar interessante, como produtora, justiça seja feita.

Concordo que possa ser uma mais valia na produção. Todavia aposto que não tardará a tornar-se animadora, tamanha a sede deste tipo de figuras em antena, por parte da direção, sabe Deus por que estratégia. Bem vemos que a Catarina Maia não pára naquele programa, a sua ausência até já foi tema de chacota entre os colegas, quando ficam apenas os dois em direto... O sentido de comprometimento da Catarina para com a Mega é muito parco. Ao que o meu olho alcança, parece-me que está a ser preparado terreno para a quota da influenciadora Zoomer ser preenchida por este novo talento.

pdnf

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5225
  • Foi a Rádio que fez Abril!
Re: Mega Hits
« Responder #1979 em: Maio 10, 2024, 01:48:11 am »
Girls Night Out prolongado, transmitiram o final do concerto do Dillaz a partir da Queima das Fitas, iniciou às 23:35, iniciaram a transmissão por volta das 0:10. Os artistas portugueses querem apoio da rádio, mas depois deixarem transmitir...está quieto. Surpreendido pela performance ao vivo, que neste estilo musical costuma ficar aquém daquilo que são os temas gravados. O som do palco está excelente, muito bom equilíbrio entre instrumentos, cantor e até o som do público. Em contraponto ao som do estúdio, então o microfone do Conguito está do pior. "Sempre que mete aquela [emissão no ar] só penso meu Deus Nossa Senhora."  ;D ;D
Já agora, para além do Fábio, da Prata e da fixolas da Moranga, que tem um jeito como pouc@s para este tipo de emissões, está lá a Petronilho, como repórter digital. Foi ótimo, iam entrar com o som mas o público estava a gritar uma dada palavra começada por M e taparam. De seguida o Dillaz gritou vocês são do car*lho" a que foi respondido com gritos do público de "Porto, Porto, esta m#rda é que é boa". Ainda meteram o jingle dos maiores hits, mas já não foi a tempo. A emissora associada da ARIC emitiu uma serie de asneiras de seguida.  ;D ;D
Diga-se que o Conguito, agora no fim, teve de por algum travão na euforia, as meninas estavam excitadíssimas, já estavam a querer usar da prerrogativa de poder falar de (bolinha vermelha) após as 24h. Não desgosto dessa adrenalina num festival, quando há sobriedade, como se notou que era o caso, apenas alegria. Globalmente, a emissão foi muito bem conduzida hoje, ouvi uma metade do painel.


"Estrela das redes sociais" mas sabemos bem porquê, não sabemos?

Inclusive é perfeitamente perceptível quem é que a agencia, porque dois outros casos são quase rigorosamente iguais, se é que me faço entender.

Portanto, é uma Catarina Maia mas em vez de ser Cabelo Pantene... e por aqui me fico.

Isto sendo dito, nota-se que é acessível e simpática, até mesmo relativamente humilde, e nesse sentido ganha pontos, na minha opinião. Ou seja, para mim acaba por ser mais consensual do que a Catarina Maia algum dia foi.

No demais, não tem mínimos de voz para locutora, mas faz um trabalho que para o target até podemos considerar interessante, como produtora, justiça seja feita.
Percetível porquê? Por ser irmã de uma concorrente do Big Brother? Ou por ser uma das cheerleaders do Hélder? Foi por ele que conheci a Magui. Não é a Couceiro, se fosse essa até percebia o perceptível, era um furo e tantos.

Mais a sério, percebo a que te referes, não sou cego, mas estamos a falar de rádio, não de televisão. Embora, baste ver os primeiros 16 segundos da conversa com o Hélder, há 2 anos, que ficamos esclarecidos:
https://www.youtube.com/watch?v=A54lFs_BJtQ

Apesar das juras de amor à Nova Gente, de que o único amor que tem é a rádio:
"Eu não namoro desde 2022, eu sou estou a pensar na rádio, eu só quero rádio e não quero saber de mais nada".
https://www.novagente.pt/margarida-antunes-abre-o-jogo-apos-fim-do-namoro-com-cantor-nuno-ribeiro-nao-tenho-palavras
(Fim do momento Extremamente Desagradável, mas quis ver a biografia para não julgar  ;D).

A agência dela é a Pangera, não agencia mais nenhuma Meguinha: https://www.pangera.io/our-influencers.

E, por esse ponto de vista, para mim, há "outros talentos" maiores, na Mega e fora dela. Mas não gosto de ir por esse campo, porque objetifica, e isso é muito ingrato para todas as mulheres, aparte de extremamente desagradável, ninguém deve ser julgado por ser mais bonito ou menos bonito, até porque esse parâmetro é absolutamente subjetivo. Basta pensarmos quando sentimos borboletas na barriga, não é verdade?  ;D ;D

Agora, são opções da Direção da estação, admito que ter 200 e tal mil no insta, mas perto de meio milhão no tik tok, tragam audiência. O ponto é sempre o mesmo, teres pessoas que estão a fazer um caminho, mas porque são seguidas por 1000 pessoas, já não são tão boas. Isso irrita-me profundamente. A Mega tem duas meninas (ou tinha, que eu agora também não lá ando) que não investem muito nas redes, a Matilde e a Madalena. A esta última já a ouvi dizer que não faz muita questão, pese embora todos os conselhos, até dos pais de crescer nelas, tem o Luís que criou Instagram porque foi "obrigado", o Diogo que lhes dá um uso muito mais profissional, na Cidade a Leonor tem o mesmo tipo de presença muito reduzida e discreta. São menos locutores por causa disso? Nem pouco mais ao menos. A Madalena, por exemplo, tem uma voz e tantos, em publicidades é excecional. O único lado mau é para os próprios, que tiram menos rendimento, mas cada um sabe de si.

Dito isto, não comparo a Margarida com a Maia. Primeiramente, a voz da Maia, sem dúvida, está uns furos acima, e isso é objetivo. Ambas têm formação em Comunicação Social. A Maia sei que não precisa disso para nada, mas vou-lhe deixar um conselho de amigo: termina o curso, Catarina. Não vales menos como profissional por causa disso, mas estamos em Portugal, o ser Drª ainda conta para alguma coisa.

É sabido e publico que tive muitas reservas em relação à Maia, as quais escrevi aqui à medida que ela foi subindo, isto por causa de ela vir da moda. Na realidade, as reservas não eram tanto com a Maia em si mesmo, mas com a forma de escolha dos novos locutores. Pessoalmente, revelou-se uma surpresa muito boa, aparte que depois de ter ouvido uma ou duas entrevistas que ela deu, fiquei com a melhor das impressões dela, parece-me, relamente uma mulher muito humana e boa onda, sem aquela sensação de grandeza desmedida. E que até seria justificada, este é o outro ponto porque não comparo a Antunes e a Maia. Mal ou bem, da geração que está entre os 20 e os 25, há quatro "hit girls" em Portugal, cuja notoriedade já extravassa as dimensões do nosso país: Catarina Maia, Margarida Couceiro, Luisa Barosa Oliveira e Francisca Cerqueira Gomes (em 4, 3 portuenses...eheheh!). A Catarina todo o mérito que tem conseguiu-o sem ser familiar de ninguém conheido e sem ter a vida pessoal e sentimental escancarada nos jornais. Fê-lo pelo trabalho (como modelo e depois como comunicadora), e há que reconhecer e saber dar o devido valor a isso.

Concordo que possa ser uma mais valia na produção. Todavia aposto que não tardará a tornar-se animadora, tamanha a sede deste tipo de figuras em antena, por parte da direção, sabe Deus por que estratégia. Bem vemos que a Catarina Maia não pára naquele programa, a sua ausência até já foi tema de chacota entre os colegas, quando ficam apenas os dois em direto... O sentido de comprometimento da Catarina para com a Mega é muito parco. Ao que o meu olho alcança, parece-me que está a ser preparado terreno para a quota da influenciadora Zoomer ser preenchida por este novo talento.
Pois, esse era um dos pontos da minha reflexão. O Drive In caiu... a pique. Pode ser coincidência, mas já não me lembro de ouvir a Maia. Se ela estivesse realmente a full time, poderia ter feito bem a vez da Ana Pinheiro. Naquela formulação, a segunda voz dela faz toda a diferença, até porque se nota que quando ela está há muito mais química. O Luís como host... não vou eu dizer, escutem o Cala-te Boca com a Maria Seixas Correia, faço minhas as palavras dela. Assim, se parodiarem, já não é a mim. Irrita-me, profundamente, uma certa condescendência que ele tem com a Madalena, que por vezes chega a roçar o desagradável, em coisas tão simples, quanto não saber quem é o treinador do Benfica. Ninguém tem de gostar de futebol. Em termos de estrutura de programa, mataram o menu do dia, que era o sal daquele programa, aparte de Catarina Palma, o que já de si é uma diferença de água para vinho. O programa perdeu duas mulheres que faziam rádio há 10 anos, essa diferença evidentemente que se nota, até em termos técnicos.

1/2 Offtopic: Faz-me um bocado de confusão ouvir a Palma contar que há uns 6/7 anos para fazer uma peça de teatro o Nélson a tenha forçado a ter metido uma licença sem vencimento, já não sei se de um mês ou dois e a depois compensar com horas de produção (desculpem-me, já ouvi isto há algum tempo, obviamente não memorizei detalhes, mas é algo do género). Parece que não falamos da mesma estação. Eu sei que a gen Z e os Millenials são muito diferentes na forma de ver a vida e por isso quem gere RH's tem de ter posturas com eles que não tinha connosco, mas ainda assim.


Sinceramente, sem redes sociais, e sem ter ouvido mais que 30 minutos destas novas manhãs da Mega, não consigo dar uma opinião formada sore as qualidades da Antunes como produtora. Não faço ideia se os guiões estão bons ou maus. Acredito que em termos de redes sociais tenha alavancado, sendo certo, contudo, que olhando para o Youtube, a força motirz da estação nos últimos tempos é o GNO, que está mesmo no ponto, a Francisca ter subido a host, foi uma excelente decisão. A Matilde encaixou ali muitíssimo bem. Estiveram muito bem na forma como trataram as celebrações do 25/04, assim como as eleições legislativas, numa rádio com o perfil da Mega, algumas entrevistas foram realmente muito boas, nomeadamente a com a Cucha Carvalheiro. Raramente algum conteúdo me faz ficar parado no carro a terminar de ouvir, mais a mais em plena hora de jantar. A
Depois têm ainda a rúbrica da quarta-feira mais a puxar ao social, mas que foi tão bem conseguida... que conseguiu gerar publicidade, inclusivamente em antena, e nas demias estaões do grupo. Isto é dinheiro em caixa, também é uma métrica que deve ser tida em conta. A única crítica, são os falsos diretos e os whatsapps que se notam que saem da imaginação da Matilde. Se não fosse isso, era um 19, assim, levam um 16.   ;D

Zoomer? O que é isso?  ???
« Última modificação: Maio 10, 2024, 01:57:53 am por pdnf »
Rádio é:
Ir ao fim da Rua, a ligar Portugal, aconteça o que acontecer.
Mais música nova para sentir (e decidir).
Estar no carro, em casa, em todo o lado, só se quiseres.
Saber que se a vida tem uma música, ela passa-a.
É a arte que toca, mais do que música...PESSOAS. Ah, and all that "unique" soul.