Autor Tópico: Rádio Sudoeste  (Lida 37320 vezes)

364m

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 110
Re: Rádio Sudoeste
« Responder #60 em: Abril 21, 2018, 09:28:58 pm »
Citar

Não vai acontecer. Já existiu uma privada de música clássica. A Luna FM, em 106,2 MHz (actual Cidade). Um gigante flop.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk Pro

Luna FM, mais tarde Class FM. Já não consigo distinguir bem as duas, mas acho que era a última que era uma belíssima rádio, com uma ligação muito boa entre a música clássica e o jazz...
« Última modificação: Abril 22, 2018, 12:54:06 am por AG »

radiokilledtheMTVstar

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 3609
  • "Quintão e Costa, a dupla que o povo gosta!"
Re: Rádio Sudoeste
« Responder #61 em: Abril 22, 2018, 03:15:09 pm »
Faz sentido uma radio rock mainstream, com muitos oldies à mistura, tipo radio comercial rock (1998-2002). O éter está órfão de uma rádio tipo adult contemporany que misture oldies com musica nova.

Como faz a 105.4? Como fazia a Super FM? Como fazia a Best Rock?

Não me levem a mal, mas não me parece que seja um formato vencedor, apesar de haver a percepção de que há muitos fãs do género - se calhar não são suficientes para aguentar uma rádio.

Eu entendo quando dizem que não seria rock de nicho - mas ter 3 frequências no mesmo grupo a dar o mesmo género de música, indie ou não, parece-me um erro.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk Pro

Em Espanha e em Itália existem 2 rádios rock nacionais e no top 10 das mais ouvidas, não sei porque não poderia ser um formato vencedor em Portugal. Mesmo que o rock esteja a passar uma má fase seria uma aposta interessante, até visto que há uns tempos a 105.4 estava à frente da Antena 3 e rádios indie nas audiências em Lisboa...
« Última modificação: Abril 22, 2018, 03:19:20 pm por radiokilledtheMTVstar »

Atento

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5880
Re: Rádio Sudoeste
« Responder #62 em: Abril 22, 2018, 03:32:00 pm »
Faz sentido uma radio rock mainstream, com muitos oldies à mistura, tipo radio comercial rock (1998-2002). O éter está órfão de uma rádio tipo adult contemporany que misture oldies com musica nova.

Como faz a 105.4? Como fazia a Super FM? Como fazia a Best Rock?

Não me levem a mal, mas não me parece que seja um formato vencedor, apesar de haver a percepção de que há muitos fãs do género - se calhar não são suficientes para aguentar uma rádio.

Eu entendo quando dizem que não seria rock de nicho - mas ter 3 frequências no mesmo grupo a dar o mesmo género de música, indie ou não, parece-me um erro.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk Pro

Em Espanha e em Itália existem 2 rádios rock nacionais e no top 10 das mais ouvidas, não sei porque não poderia ser um formato vencedor em Portugal. Mesmo que o rock esteja a passar uma má fase seria uma aposta interessante, até visto que há uns tempos a 105.4 estava à frente da Antena 3 e rádios indie nas audiências em Lisboa...

Portugal é um país de ouvintes analfabetos.

A maioria vive em monocultura: de manhã está nas rádios cassete; à noite vagueia na telenovela em dose industrial...

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 872
Re: Rádio Sudoeste
« Responder #63 em: Abril 22, 2018, 03:58:25 pm »
Portugal é um país de ouvintes analfabetos.

A maioria vive em monocultura: de manhã está nas rádios cassete; à noite vagueia na telenovela em dose industrial...
A RTP-Rádios tem grandes responsabilidades que assim seja. Para que serve o serviço público, senão for para contrariar essa tendência? Em qualquer país civilizado o serviço público de rádio equilibra o setor e serve de referencial, contribuindo para impulsionar o meio. Por cá, ninguém dá por ele. Uma vergonha! Todos pagam, quase ninguém ouve.

Atento

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5880
Re: Rádio Sudoeste
« Responder #64 em: Abril 22, 2018, 04:40:31 pm »
Portugal é um país de ouvintes analfabetos.

A maioria vive em monocultura: de manhã está nas rádios cassete; à noite vagueia na telenovela em dose industrial...
A RTP-Rádios tem grandes responsabilidades que assim seja. Para que serve o serviço público, senão for para contrariar essa tendência? Em qualquer país civilizado o serviço público de rádio equilibra o setor e serve de referencial, contribuindo para impulsionar o meio. Por cá, ninguém dá por ele. Uma vergonha! Todos pagam, quase ninguém ouve.

Não é bem assim.

Se não ouvem é porque não querem.

Os três canais nacionais, apesar de alguns constrangimentos, não envergonham ninguém.

A ANTENA 1 não é inferior ao serviço apresentado pela RNE1, ou FRANCE INTER...

A ANTENA 2 não é inferior à BBC3, ou à RNE RÁDIO CLÁSSICA...

A ANTENA 3 em qualquer país europeu teria o triplo da audiências...

Temos de admitir: Portugal ainda é um país de gente rasca, inculta que adora a boçalidade e espreitar pelo buraco da fechadura...


Além disso, uma boa parte da elite é provinciana, rasca, controleira com uma rede transversal de amizades facilitadoras...

Depois temos casos de corrupção que minam a credibilidade da democracia...

(...)
« Última modificação: Abril 22, 2018, 04:57:43 pm por Atento »

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 872
Re: Rádio Sudoeste
« Responder #65 em: Abril 22, 2018, 06:19:30 pm »
Não é bem assim.

Se não ouvem é porque não querem.

Os três canais nacionais, apesar de alguns constrangimentos, não envergonham ninguém.

A ANTENA 1 não é inferior ao serviço apresentado pela RNE1, ou FRANCE INTER...

A ANTENA 2 não é inferior à BBC3, ou à RNE RÁDIO CLÁSSICA...

A ANTENA 3 em qualquer país europeu teria o triplo da audiências...

Temos de admitir: Portugal ainda é um país de gente rasca, inculta que adora a boçalidade e espreitar pelo buraco da fechadura...


Além disso, uma boa parte da elite é provinciana, rasca, controleira com uma rede transversal de amizades facilitadoras...

Depois temos casos de corrupção que minam a credibilidade da democracia...

(...)
Num ponto, o principal, estamos de acordo. Da necessidade da existência de serviços públicos, no caso concreto, de radiodifusão, de acesso universal, “gratuito” (pago com impostos) e eficientes, capazes de corresponder às expetativas. Neste ultimo ponto, a RTP-Rádios falha redondamente.

Depois, o caríssimo “Atento” dá-nos música, toca por aí uma melodia ilusória, como se nós não ouvíssemos as rádios públicas da Europa e constatássemos que o serviço público de radiodifusão português é um subproduto, claramente inferior aos congéneres. Atrasado, com estratégia difusa, sem criatividade e muito menos inovação, incapaz de atrair os melhores, cheio de compadrios e amiguismos, provinciano, enfim um espelho de todos aqueles pontos que enumerou para caracterizar uma parte da sociedade portuguesa (felizmente, não é o todo), encaixam na perfeição no serviço público de radiodifusão.

A RTP-Rádios suga as contribuições dos cidadãos e não lhes devolve serviços em condições.

Atento

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 5880
Re: Rádio Sudoeste
« Responder #66 em: Abril 22, 2018, 07:33:20 pm »
Não é bem assim.

Se não ouvem é porque não querem.

Os três canais nacionais, apesar de alguns constrangimentos, não envergonham ninguém.

A ANTENA 1 não é inferior ao serviço apresentado pela RNE1, ou FRANCE INTER...

A ANTENA 2 não é inferior à BBC3, ou à RNE RÁDIO CLÁSSICA...

A ANTENA 3 em qualquer país europeu teria o triplo da audiências...

Temos de admitir: Portugal ainda é um país de gente rasca, inculta que adora a boçalidade e espreitar pelo buraco da fechadura...


Além disso, uma boa parte da elite é provinciana, rasca, controleira com uma rede transversal de amizades facilitadoras...

Depois temos casos de corrupção que minam a credibilidade da democracia...

(...)
Num ponto, o principal, estamos de acordo. Da necessidade da existência de serviços públicos, no caso concreto, de radiodifusão, de acesso universal, “gratuito” (pago com impostos) e eficientes, capazes de corresponder às expetativas. Neste ultimo ponto, a RTP-Rádios falha redondamente.

Depois, o caríssimo “Atento” dá-nos música, toca por aí uma melodia ilusória, como se nós não ouvíssemos as rádios públicas da Europa e constatássemos que o serviço público de radiodifusão português é um subproduto, claramente inferior aos congéneres. Atrasado, com estratégia difusa, sem criatividade e muito menos inovação, incapaz de atrair os melhores, cheio de compadrios e amiguismos, provinciano, enfim um espelho de todos aqueles pontos que enumerou para caracterizar uma parte da sociedade portuguesa (felizmente, não é o todo), encaixam na perfeição no serviço público de radiodifusão.

A RTP-Rádios suga as contribuições dos cidadãos e não lhes devolve serviços em condições.

Começando pela ANTENA 1 para reiniciar as hostilidades:

1- alguma crítica fundamentada à informação?

2- alguma crítica fundamentada ao desporto?

3- alguma crítica fundamentada aos programas de debate, reportagem?

4- alguma crítica fundamentada à sua playlist?

Fico a aguardar pelas chamadas de atenção concretas e objetivas, referindo os programas em causa.

Julio Carvalho

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 3745
Re: Rádio Sudoeste
« Responder #67 em: Abril 22, 2018, 08:24:08 pm »
Também acho que de uma maneira geral o serviço público, quer de rádio ou de televisão, cumpre o seu papel. Nem sempre foi assim, mas neste momento sim. Isto sem conhecer o que se faz lá fora, por isso não tenho termo de comparação.

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 872
Re: Rádio Sudoeste
« Responder #68 em: Abril 22, 2018, 10:16:46 pm »
Começando pela ANTENA 1 para reiniciar as hostilidades:

1- alguma crítica fundamentada à informação?

2- alguma crítica fundamentada ao desporto?

3- alguma crítica fundamentada aos programas de debate, reportagem?

4- alguma crítica fundamentada à sua playlist?

Fico a aguardar pelas chamadas de atenção concretas e objetivas, referindo os programas em causa.
Bem, uma apreciação individual com o nível de detalhe que propõe exige que oiça a estação durante várias semanas consecutivas para que possa formar a tal opinião objetiva caso-a-caso. Isso implica que, em casa, deixe de ouvir a BBC e no carro a RR, ficando claramente a perder com a opção. No entanto, a Antena 1 fez parte das minhas opções de escuta no passado, tendo-se encontrado acessível na primeira memória de todos os aparelhos de rádio que disponho, mas deixei de ouvir pelo tédio que aquilo transmitia, soava a algo tão monocórdio, monocultural, tão ultrapassado, redutor, com um playlist chata, enfim, resumindo, a caruncho.

Julio Carvalho

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 3745
Re: Rádio Sudoeste
« Responder #69 em: Abril 22, 2018, 10:46:03 pm »
A Playlist, por exemplo, é bem melhor, mais variada e actual que a da Renascença.

Vai passando o que vai saindo, o que é dever de um serviço público.

Claro que, por exemplo a A1, podia ser mais animada. É realmente um pouco monocórdica e muito formatada.

Para mim, o painel mais animado é com mais liberdade e criatividade para o animador, é o espaço da excelente comunicadora Filomena Crespo.

Nesse aspecto, podiam seguir o modelo RR.

« Última modificação: Abril 22, 2018, 10:53:56 pm por R4 »

joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 872
Re: Rádio Sudoeste
« Responder #70 em: Abril 22, 2018, 10:52:11 pm »
A Playlist, por exemplo, é bem melhor, mais variada e actual que a da Renascença.

Vai passando o que vai saindo, o que é dever de um serviço público.
Pois,… Passarem uma pimbalhada do “zé da esquina” e a seguir um fado da Mariza não é propriamente o que se espera de um serviço público, isso é o caos… Estou a ouvir a BBC-Radio 2, magnifico, não é preciso mais.

Julio Carvalho

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 3745
Re: Rádio Sudoeste
« Responder #71 em: Abril 22, 2018, 10:58:48 pm »
Não é bem assim, apesar do critério ser largo.

Mais é muito mais creteriosa que a RR. Nunca me lembro de ouvir por lá Carreiras e afins.

Mas o principal canal da rádio pública, não pode ser elitista, tem que ter um certo pendor popular, sem excessivas exigências.




joao_s

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 872
Re: Rádio Sudoeste
« Responder #72 em: Abril 22, 2018, 11:04:20 pm »
O principal canal da BBC não é elitista, mas tem programas que se enquadram nesse perfil, é para todos. A grelha está devidamente organizada, categorizada e arrumada, de tal forma que quando prime o botão «ON» do seu aparelho de rádio sabe o que exatamente o que vai ouvir. Repito, 15 milhões e 500 mil ouvintes, a RTP-Rádios nem lhe chega sequer aos calcanhares, são produtos menores.

guest6

  • Visitante
Re: Rádio Sudoeste
« Responder #73 em: Abril 22, 2018, 11:33:22 pm »
Repito, 15 milhões e 500 mil ouvintes, a RTP-Rádios nem lhe chega sequer aos calcanhares, são produtos menores.

Há aqui algo que deixa ;no mínimo; a desejar... Portugal tem quantos habitantes? Ahhhhhhh... Repito: quantos habitantes?
Como pode alguma vez a Antena1 ter um valor desses de ouvintes? Se me falar em % de share, aí já aceito comparações, qualquer que seja o nº...!!!

E só mais uma coisa: achar a playlist da RR melhor que a da Antena1 é uma opinião que respeito, mas considero MUITO errada. Mas é a minha opinião. Pois considero que a playlist da RR é o GRANDE problema da mesma, e provavelmente aí reside a culpa da constante descida de audiências dessa rádio.

AG

  • Global Moderator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 2731
  • NSTALGIA
Re: Rádio Sudoeste
« Responder #74 em: Abril 22, 2018, 11:43:00 pm »
E só mais uma coisa: achar a playlist da RR melhor que a da Antena1 é uma opinião que respeito, mas considero MUITO errada. Mas é a minha opinião. Pois considero que a playlist da RR é o GRANDE problema da mesma, e provavelmente aí reside a culpa da constante descida de audiências dessa rádio.
É a minha opinião também, e o principal motivo pelo qual não ouço mais vezes a RR. É mesmo uma playlist inenarrável, a da Antena 1 é muito mais coerente, para além de apostar muito mais em música composta por portugueses. A estrangeira que passa em geral é minimamente aceitável. Não ouço Simple Minds nem The Housemartins na RR, por exemplo, na Antena 1 sim.